quarta-feira, 29 de junho de 2011

Tags: ,

Denúncia: NASA Está Escondendo Aproximação de Evento Espacial Apocalíptico

Texto interessantíssimo, tendo em vista os recentes acontecimentos. Explosões solares, ventanias aqui no Brasil, explosões de vulcão no Chile, está tudo ocorrendo... Não pudemos verificar a autênticidade do texto, se existe o cientista russo mesmo (por que sempre tudo acontece na Rússia??? Rsrsrs) mas acho que o texto bate com o que muitos de nós pensamos, tem algo estranho ocorrendo e não irão nos contar até ser tarde demais. O que podemos fazer para nos preparar? Enquanto nada de concreto ocorre, nos concentremos no preparo espiritual.
Grande Abraço

Fonte: http://recognizereality.com/

A NASA e a Agência Espacial Européia têm avisado o mundo há dois anos sobre catástrofes iminentes que podem ocorre durante o final de 2011 até 2012.
Chamando de “evento tempestade super solar único na vida” NASA avisa que flares (NT: flares são os clarões provocados pelas explosões solares, são labaredas) solares matadores podem bater na Terra derrubando a infra-estrutura tecnológica do Hemisfério Norte e chutando tudo de volta ao nível do final de 1800.


A Rússia também expressou preocupação. E agora o eminente astrofísico, Alex Demetriev que o que está ocorrendo é pior – muito pior – do que a NASA e a AEE tem admitido.

O Mundo é indefeso contra a nuvem alienígena desconhecida
Cientistas apavorados na NASA descobriram em 14 de Julho, 2010 que nosso sistema está passando através de uma nuvem de energia interestelar. Esta nuvem de gás altamente energizada, eletrificada está perturbando e prejudicando o sol. Em conjunção com o campo magnético da Terra que está enfraquecido e se movimentando, o mundo está se tornando indefeso contra massivos flares solares e radiações intensas.


A NASA, a AEE e a Academia Nacional de Ciências tem emitido um aviso de tempestade solar sem precedentes para 2012. Mas o que a NASA o e governo federal estão escondendo, de acordo com Demetriev, é que o sol – e tudo no nosso sistema solar – mergulhou em uma desconhecida e alienígena nuvem de fóton... um cinturão de perigo que pode ocasionar gigantescas explosões solares, anomalias magnéticas, atrair mas massas de cometas e desestabilizar as orbitas de alguns asteróides.

O sistema solar inteiro está em risco


Dr. Demetriev revelou que tanto a sonda Voyager 1 quanto a Voyager 2 reportaram que todo o sistema solar está em risco. Pior, Merav Opher, um héliofísico investigador convidado da NASA vindo da Universidade George Mason disse que esta nuvem de energia interestelar é instável e turbulenta.
O cientista Russo alega ainda que esta nuvem de energia está excitando as atmosferas de nossos planetas e especialmente nosso sol. Enquanto esta nuvem de energia interestelar continua a excitar/carregar o sol, ela torna o sol mais ativo, resultando em grandes ejeções do sol.

Flares supermassivos mortais afetam o clima
A linha de fundo é maior e mais freqüente tempestades solares e ejeçoes de massa coronal (CMEs) resultando no efeito Carrington, nomeado em homenagem ao cientista do século XIX Richard Carrington. O efeito Carrington prediz que gerações de flares super-massivos afetam a Terra de maneira muito desagradável.
Esta nuvem interestelar de energia elétrica também é absorvida pela Terra, e cientistas descobriram que isto resulta em mais terremotos, tudo isso enquanto afeta dramaticamente o clima.

Catástrofe Global
Demetriev alerta para preparar para o pior. “Catástrofe global! Não em dezenas de anos a partir de agora, mas em alguns anos.”



O que esperar? A possibilidade mais forte de perda de alta tecnologia, aumento em super-tempestades, uma Era do Gelo invadindo, mais freqüentes e massivos terremotos e atividades vulcânicas, tsunamis e a Terra exposta à banhos mortais de radioatividade.



Em pouco, os vendedores do medo de 2012 podem não estar longe da verdade a final. Se Alexey Demetriev, os eventos ocorrendo em 2012 será um curto espaço de tempo para o Dia do Juízo Final...
Fonte: Vamos Pensar 2012