terça-feira, 21 de agosto de 2012

Tags: ,

Hitler fugiu para a Argentina







Hitler não morreu em 1945

Durante décadas, embora o corpo completo de Adolf Hitler não ter sido preservado, um pedaço de crânio com um furo provocado por disparo de pistola foi a prova cabal da morte do ditador. A Universidade de Connecticut já havia levantado a possibilidade do osso pertencer a uma mulher, graças às suas características anatômicas. Porém, apenas recentemente os cientistas conseguiram provar a suposição recorrendo a um teste de DNA.

A primeira hipótese sobre a sua verdadeira origem foi atribuída à Eva Brown, mulher do Führer, mas nunca houve menção sobre ela ter sido baleada. A teoria foi rejeitada.

A morte de Hitler foi divulgada no dia 1º de maio de 1945. Karl Dönitz (1891-1980), grande almirante alemão, declarou via rádio que o líder havia caído em batalha contra os soviéticos. Anos mais tarde, Dönitz revelou que recebeu as instruções por um radiograma, não estava presente ou chegou a ver o cadáver.
Fonte:http://www1.folha.uol.com

A FUGA DE HITLER PARA A ARGENTINA   

Quando Presidente TRUMAN perguntou a JOSEPH STALIN durante a Conferência de POTSDAM em 1945 se HITLER estaria morto, STALIN replicou secamente, 'Não.' O alto oficial de Exército de STALIN, Marechal GREGORY ZHUKOV, cujas tropas foram as que ocuparam Berlim, afirmou plenamente depois de uma longa investigação em 1945: "Não encontramos nenhum corpo que possa ser de HITLER." 

O chefe do Conselho Americano de Julgamento em NUREMBERG, THOMAS J. DODD, disse: "Ninguém pode dizer que ele morreu". O Major General FLOYD PARKS, que era o comandante americano do setor de Berlim, afirmou para a publicação que tinha estado presente quando o Marechal ZHUKOV descreveu sua entrada em Berlim, e ZHUKOV afirmou que ele acreditava que HITLER podia ter escapado. Lt. Gen. BEDELL SMITH, que era o Chefe da Equipe do Gen. EISENHOWER na invasão européia e mais tarde Diretor da CIA, afirmou publicamente em 12 de outubro de 1945, "Nenhum ser humano pode dizer conclusivamente que HITLER está morto." 

O Cel. W.J. HEIMLICH, ex Chefe da Inteligência Americana, em Berlim, afirmou para a publicação que ele estava encarregado de determinar o que tinha acontecido a HITLER e depois de uma longa investigação seu relatório foi: " não há qualquer evidência que sustente a teoria do suicídio de HITLER." E também afirmou, " Com base nas presentes evidências, não haveria uma só companhia de seguros americana que pagasse o seguro de vida de ADOLPH HITLER." 




O juiz de NUREMBERG MICHAEL MUSSMANNO disse em seu livro "Ten Days to Die," " A Rússia pode aceitar grande parte da culpa [que em extensão até hoje existe] de que HITLER não morreu em maio de 1945." Entretanto, MUSSMANNO afirmou que havia entrevistado o garçon pessoal de HITLER, seu camareiro, seu motorista, suas duas secretárias, pilotos, principais generais, etc., e todos afirmaram perfeitamente que HITLER cometeu suicídio. Ele disse que eles não podiam Ter ido adiante com esta história e feito-a de tal forma que concordasse com cada detalhe sem se contradizerem em algum ponto. E assim, eles devias estar falando a verdade e ele estava absolutamente convencido de que de fato HITLER suicidou. A história inicialmente parece convincente, até que você entenda que eles possam Ter memorizado de antemão esta história e eram todos pessoas que adoravam HITLER. Será que testemunhas do nosso cotidiano sempre concordam nos mínimos detalhes? 

O ex Secretário de Estado JIMMY BYRNES em seu livro "FRANKLY SPEAKING" [como citou em abril de 1948 "The Cross and The Flag"]: "Quando em POTSDAM na Conferência dos QUATRO GRANDES, STALIN deixou sua cadeira, levantou-se e deu um clique em seu copo de bebida de maneira gentil. Eu disse a ele, '' Marechal STALIN, qual é a sua teoria sobre a morte de HITLER?' STALIN respondeu: "Ele não morreu. Ele fugiu ou para a Espanha ou para a Argentina.'" 

Eu ainda tenho a matéria de setembro de , 1948, de uma revista chamada "THE PLAIN TRUTH" com o seguinte artigo principal: "Está HITLER vivo ou morto?," cujo sub título é : "Aqui estão as conclusões sumarizadas de uma exaustiva investigação que durou três anos - juntamente com suas razões para acreditar que HITLER pode estar vivo e secretamente planejando a maior farsa da história." 

Um outro artigo de novembro de 1949, diz "Os Nazistas foram para o subterrâneo, 16 de maio de 1943!" e detalha um encontro na residência de KRUPP VON BOHLEN-HALBACH, o líder da I.G. FARBEN, etc., na qual eles planejaram "Para a SEGUNDA GUERRA MUNDIAL." Um outro artigo de agosto de 1952, intitulado "HITLER não morreu," cujo sub título é " a farsa do suicídio de ADOLPH HITLER em seu bunker de Berlim é exposta como a maior farsa da história! A evidência positiva veio a luz que de fato HITLER não morreu - aqui está a nova evidência de que HITLER está vivo, dirigindo seu subterrâneo nazista hoje! "