terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Tags: , ,

Cientistas propõem teste para sabermos se nosso universo é uma Matrix


Será que nosso universo é uma mera ilusão projetada por um supercomputador em uma realidade na qual não temos acesso? Não sabemos. Não há nada que desminta essa teoria, mas também não há nada que a comprove, embora existam algumas poucas evidências.

E os cientistas estão levando muito a sério essa ideia, e propuseram um teste que pode dizer se vivemos ou não em um universo virtual. Provar ou desmentir a ideia de que nosso universo seja uma realidade ilusória como em Matrix parece ser mais simples do provar a teoria de que nosso universo é um gigantesco holograma.

O objetivo dos pesquisadores é detectar prováveis erros de programação deixados pelos deuses-desenvolvedores do nosso universo. Esses erros devem gerar “falhas na Matrix”, e que podemos detectar por todos os cantos do universo.
A ideia de simular um universo não soa mais tão fictícia como antigamente. O poder dos computadores vem evoluindo cada vez, e simulações cada vez mais realistas de vários aspectos da vida estão surgindo.
Geralmente, simulações computadorizadas criam matrizes tridimensionais de células (ou átomos, na teoria da Matrix), que interagem até formar algo. Mas será que todos nós não estamos vivendo dentro de uma simulação?
A equipe liderada por Silas Beane acredita que se estamos vivendo em uma matriz gerada através de um computador, os raios cósmicos (partículas carregadas que vagam pelo universo) estão viajando ao longo das linhas que conectam vários elementos na matriz.
Então, a trajetória desses raios deve seguir uma estrutura geométrica precisa. Os raios cósmicos não devem vir de todos os ângulos possíveis.
De acordo com os pesquisadores, essa seria uma dos possíveis erros, e que pode ser detectado. Através da observação dos limites de energia dos raios cósmicos, eles notaram que as células da matriz não devem ser menores do que 10-12 femtômetros para que um erro se tornasse visível.
Basta então construirmos detectores de raios cósmicos muito potentes para medir além da energia, o ângulo de chegada de cada uma de suas partículas.
Mas pode haver formas mais simples de detectarmos algumas “falhas na Matrix”. De acordo como filósofo Nick Bostrom, da Universidade de Oxford, os deuses-programadores podem ter nos deixado sinais de que vivemos em uma mera ilusão, como mensagens. Indo mais além, o filósofo propõe que pode haver alguma forma de nos teletransportar para a realidade além do nosso universo.

Aparentemente, ainda estamos um pouco longe de responder uma pergunta que tem intrigado a humanidade por séculos. Será que vivemos em uma Matrix? Você acredita nessa possibilidade, leitor? Não deixe de comentar!