quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Tags: , ,

Conheça os mosquitos espiões da Cia

Uma cidadã americana que adora caçar animais está divulgando as fotos em suas redes sociais. A consequência é que ela está chegando na fama, mas que tipo de fama? Pelo visto a fama negativa, milhares de pessoas criticam a atitude errônea da jovem.
Seria isto um mosquito? Não. É um inseto espião para áreas urbanas, supostamente já em produção pelo governo americano.  É aquela história de “queria ser uma mosca” virando realidade! O que se diz por aí é que esse pequeno ser robótico pode ser controlado remotamente e é equipado com câmera e microfone. Mas calma! Sua produção ainda não foi confirmada oficialmente.
Segundo consta em notícias publicadas pela internet, esse inofensivo “mosquito” pode pousar em você e, assim como o inseto real, sugar o seu sangue, mas com a finalidade de tirar uma amostra do seu DNA ou deixar um pequeno chip de rastreamento de nanotecnologia em sua pele. Você provavelmente não irá notá-lo. Aí que mora o perigo, caros leitores. Uma “arma” como essa pode ser muito perigosa nas mãos de malfeitores.
Esses objetos voadores, em forma de pequenos mosquitos, são microveículos aéreos que contêm microcâmeras, microfones e outros sensores. São capazes de tirar fotos, produzir vídeos e coletar outras informações científicas e biológicas de pessoas e de lugares que os seres humanos, mesmo os militares, não conseguem alcançar. Desta forma, os pequenos robôs voadores também podem ser usados ​​como espiões e armas contra os inimigos.
Apesar dos rumores de sua criação, nenhuma agência governamental admitiu o desenvolvimento desses microdrones espiões, embora algumas organizações oficiais e privadas tenham admitido que vinham tentando criá-los. A verdade é que não podemos confiar muito nas afirmações de grandes potências, pois eles jamais admitiriam ou revelariam abertamente uma pesquisa como essa.
Fica então o alerta: corra para as colinas! Sua vida pode estar sendo monitorada por esses pequenos espiões. Confira no vídeo mais informações sobre os microrrobôs disfarçados: