quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Tags: ,

TEORIA CIENTÍFICA EXPLICA COMO OVNIS CHEGAM À TERRA

Um dos mais contundentes argumentos contra a possibilidade dos discos voadores pode estar caindo por terra. Um artigo publicado na revista “New Scientist” afirma que existem no universo verdadeiros atalhos espaciais que possibilitam viagens intergalácticas acima da velocidade da luz. Dessa forma, os chamados discos voadores podem muito bem chegar até nós provenientes de outros pontos do universo. Novos cálculos baseados na famosa “Teoria da Relatividade”, de Einstein, apontam para a possibilidade da existência dos chamados “buracos de minhoca” (“Wormholes”), verdadeiros portais ligando pontos distantes do cosmos.
A idéia desses portais não é nova. Em 1915 o teórico alemão Ludwig Flamm encontrou indicações da existência desses fenômenos nas equações de Einstein. Partindo da idéia de que é possível curvar o espaço, ele avaliou a possibilidade de curvaturas feitas em distantes regiões se tocarem, criando um atalho cósmico.
Agora, Serguei Krasnikov, um especialidade em relatividade de um observatório russo, concebeu um novo “buraco de minhoca” que pode criar seu próprio suprimento de matéria em quantidade suficiente para fazê-lo um portal grande o bastante para a passagem de uma nave e mantê-lo aberto. Isso permite que sejam atravessados sem que discos voadores sejam esmagados durante a passagem.
Buracos de minhoca poderiam vencer o espaço-tempo,
possibilitando assim, que naves viagem grandes distâncias em pouquíssimo tempo
Krasnikov informa que a tecnologia humana atual não permite a construção dos “buracos de minhoca”, adiantando que vários desses portais devem ter sido deixados durante a criação do universo. O cientista crê que eles podem ser detectados de várias maneiras. “Podemos sentir seu campo gravitacional, ver através dele estrelas que de outra maneira podem estar em posições bem diferentes no universo”, comentou.