segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Tags: , ,

A origem da Sexta feira 13

Muita gente não sabe qual o verdadeiro significado dessa data (Sexta feira 13),então ai vai,até o azar que a elite teve em um dia quer compartilhar com o gado.


Priorado de Sion queria a riqueza dos templários, que se acreditava corretamente pertencente aos templários e o Priorado provavelmente usou o rei merovíngio da França, Filipe, o Belo, em uma tentativa de fazer isto.

A purgação dos Templários

Primeiro Filipe removeu dois Papas até que encontrou um que obedecia suas ordens. Ele mandou um de seu vilões agredir e maltratar o Papa Bonifácio VIII, que morreu logo depois. Então, envenenou o segundo Papa, Benedito XI. Isto concedeu-lhe instalar a sua própria escolha, o Arcebispo de Bordeax, que se tornou o Papa Clemente V. Ele mudou o Papado para Avignon e provocou um racha na Igreja Romana por 68 anos, enquanto os Papas rivais residiam na França e em Roma. Tendo estabelecido seu próprio Papa pessoal, Filipe voltou sua mente para
os Cavaleiros Templários. Cobiçava a riqueza deles, odiava seu poder e era um marionete do Priorado de Sion. Os templários perderam muito de sua influência com a Igreja depois de 1291, quando os Sarracenos derrotaram os cruzados cristãos e os ejetaram da Terra Santa. Filipe, em aliança com seu Papa marionete, armou para destruir os templários. Em 1306 prenderam todos os judeus da França, baniram-os do país e tomaram todas as suas propriedades. Ele então planejou uma operação similar e secretamente preparou para que todos os templários da França fossem presos na madrugada de sexta-feira, 13 de outubro de 1307. Sexta-feira 13 julga-se de má sorte desde então. Muitos templários foram capturados, inclusive o Grande Mestre deles, Jacques de Molay, e submetidos à torturas inimagináveis da Inquisição. Mas existem claras evidências que muitos templários sabiam do plano e escaparam.

Documentos detalhando os rituais e regras deles foram removidos, ou destruídos, antes das batidas policiais e quando os cofres foram abertos na sede dos templários em Paris, a vasta fortuna que Filipe tanto ambicionava tinha sumido. Ele e seu Papa pressionaram outros monarcas para prender os templários, mas isto não era fácil. Na região alemã, posteriormente francesa, de Lorena, o duque apoiou os templários e em outras partes da Alemanha os templários não podiam ser levados a julgamento. Outros mudaram seus nomes de Caveleiros Templários e continuaram como antes em um outro disfarce. Alguns juntaram-se à Ordem de São João de Jerusalém (Malta), ou a Ordem Teutônica. As linhagens aristocráticas de Lorena são algumas das mais „puras‟ dos acasalamentos reptilianos; uma delas é atualmente uma das maiores jogadoras na rede de ritual satânico global. Enquanto oficialmente estas três ordens não eram conectadas e não gostavam uma da outra, eram, em seus níveis superiores, a mesma organização.