sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Black Fraude, Black Farsa, Black Friday!

Se você resolveu deixar pra comprar aquele produto que tanto queria pra Black Friday… É possível que estejas frustrado (a), né? Sabe o nome real disso? Má gestão da expectativa do consumidor.

Mas vamos lá, a Black Friday é ruim? Não, ela não é. Ruim, ou péssima, é a Black Friday no Brasil – antes entenda o que é a Black Friday original. Isso mesmo, ela é o cume do marketing de maquiagem.

O consumidor é iludido pelas empresas onde se cria uma falsa expectativa de consumo. A Black Friday brasileira não é, nem de longe, comparada à gringa. Talvez uma semelhança próxima acontece em Janeiro, onde as lojas querem se livrar do estoque que sobrou do período natalino e promovem aquelas promoções de fazer fila fora da loja física, e se torna um ataque zumbi quando as portas se abrem (corra!).

Pois bem, mas há descontos na BF? Há, claro que há! Só que o erro é cometido bem antes dela, ele vem através do “EmailMarketing” e tem seu pipoco quando querem fazer a mesma coisa que a cultura americana faz. Já é intrínseco do brasileiro querer falar mal do País e quando somos feitos de trouxas na cara dura… Aí já é demais. E pra jogar a última pá de terra em cima do caixão, as empresas ainda deixam as sacanagens visíveis.

Maldita hora que o cidadão teve a ideia de trazer pra cá e com o mesmo nome, essa Black Friday. Se fosse qualquer outro nome não seria esse caos. Não seria porque não ficaríamos catando o preço do produto que desejamos antes e comparar com o que aparece na BF, só pra provar que a empresa está mentindo. Se fosse, sei lá, a “Green Week” daria menos problema.

Os erros são tão descarados e grotescos, que dá raiva. Abaixo trouxe alguns exemplos das bizarrices. Confira:

- Opa, uma promoção. Vamos ver quando era antes… Não, pera, WHAT?


Black Friday - 1


- Procurando aquela bike rocheda da Caloi… E, WTF?!


blackfailday1-submarino2013


Isso eu vi de perto. Eles anunciavam a oferta e não durava 6s. Até chegaram a fazer um post sobre tal explicando o motivo de acabar tão rápido. É possível? É! Mas é muuuuuuuuuuuuuuuuuuuito difícil que isso tenha acontecido, e em TODOS produtos que anunciavam.


KABUM_1


- CrêEmDeusPai, e eu pensava que o PS4 que era caro.

tumblr_inline_mx1m8bQh0a1st39e8


- Comassim?

tumblr_mx1emrYXCm1t4pnofo1_1280


- Adoro sair na vantagem, ué, R$0,10 é desconto também.


tumblr_mx1wn9eRqt1t4pnofo1_1280


- A pessoa compra em setembro pelo mesmo valor que está na Black Friday.




- Mas é claro que vou comprar o que tem a tarja do “Black Friday”… Não, pera, mas que @#$%& é essa?
tumblr_mx3bw0wTq11t4pnofo1_1280

Isso aconteceu comigo. Sim, o print é de minha autoria. Não tem desculpa de tabela de peso, é sacanagem mesmo.
Print do dia 29/11/2013

walmart



print feito no dia 01/12/2013

walmart2


- Vish! Prevejo dores de cabeça pra mim.

tumblr_mx1eiv8lrd1t4pnofo1_1280



E o pior, O PIOR, eu disse: O P-I-O-R, é que:

Apesar das 8,5 mil reclamações, a Black Friday Brasil 2013, realizada na última sexta-feira (29), movimentou R$ 424 milhões no e-commerce brasileiro. O montante é 95% superior ao registrado na mesma data do ano passado, quando as lojas faturaram cerca de R$ 217 milhões. A previsão do Busca Descontos, que organiza o evento, era de uma movimentação de R$ 340 milhões. Os dados são da ClearSale, que oferece soluções para lojas virtuais.
 “O Black Friday mais uma vez superou nossas expectativas e estabeleceu o recorde de vendas na história do comércio eletrônico”, disse Pedro Eugenio, presidente do Busca Descontos.”

Apenas.

Fonte : http://www.digai.com.br/

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Novo dispositivo para Xbox chupa sangue do jogador quando atingindo

Dois publicitários canadenses estão arrecadando dinheiro para um acessório de jogo que suga fluidos vitais do braço dos jogadores, em uma tentativa de convencer mais pessoas a doar sangue.
Os fabricantes esperam ser capazes de levar a máquina, chamada por eles de “Blood Sport”, para eventos multiplayer, onde os jogadores competirão para ver quem consegue perder menos sangue. O sangue coletado como resultado seria então doado para utilização em medicina.
A página oficial do projeto no site de crowdfunding KickStarter pode ser acessada em <http://goo.gl/EjSKn2>. 

O Blood Sport já tinha 39 financiadores quando nesta segunda-feira o projeto foi cancelado por motivo não informado. O "Blood Sport" funciona abrindo o controlador e ligando a entrada que normalmente provocaria o acionamento de seu “Rumble Pack” — motor excêntrico que vibra quando o jogador é baleado — e conectado-a ao que seus criadores chamam de “sistema de coleta de sangue”.Isso é feito através de uma placa de circuito que informa o sistema quando deve sugar o sangue, bem como quando desligar a sucção antes que os jogadores percam excesso de sangue. Os participantes também têm de assinar um termo de responsabilidade, isentando a empresa de culpa em caso de lesão.Apesar de inicialmente testado com o Xbox, o sistema pode funcionar com qualquer console que tenha controladores de vibração.A empresa espera lançar o projeto em março de 2015, para coincidir com o lançamento do tão alardeado jogo de tiro Battlefield Hardline.


 A empresa espera recrutar jogadores e celebridades para participar do lançamento, e encorajou apoiadores a tweetar celebridades como Snoop Dogg e Seth Rogen, propondo-lhes que participem “para ver se eles encaram o Blood Sport”.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Quem inventou o casamento?

Ao longo da história da humanidade, o significado do casamento vem mudando, de acordo com as ideias e conclusões tomadas pela sociedade. A ideia de se juntar a outra pessoa, estabelecendo assim uma relação de compromisso, surgiu, historicamente falando, na Europa, no início do ano 1000. Mas, naquela época, o matrimônio não era nada parecido com o que vemos na sociedade atual.Antigamente, a mulher não podia opinar em nada do que seria feito na cerimônia – que acontecia em ambiente familiar, ou seja, um evento bem simples – e muito menos em quem seria o seu noivo. 
Então, a instituição do casamento funcionava mais como uma troca de favores entre as famílias do noivo e da noiva, já que a família do homem deveria oferecer um dote em troca da mão da mulher com quem iria se casar.“Na Antiguidade, as uniões entre homens e mulheres eram essencialmente políticas e sociais, e decididas pelos pais. Assim, as mães escolhiam as esposas dos filhos, ou os maridos das filhas, sempre nos mesmos grupos clássicos, a fim de salvaguardar essa paz. Eram o que nós chamamos de ‘casamentos arranjados’”, afirma a doutora em Sociologia Andressa Silvério Terra França, que é professora de Ciência Política da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar) e da disciplina de Antropologia e Sociologia, da Universidade de Sorocaba (Uniso).Quase impossível imaginar uma coisa dessas aqui no Brasil, não é? Mas isso acontece ainda em alguns países, como na Índia, por exemplo.
Passando algumas centenas de anos à frente, algumas características do casamento que permanecem até hoje surgiram na Idade Média, quando o matrimônio aos moldes do cristianismo passou a ser empregado na sociedade. Alguns dos costumes pregados até hoje são sobre a questão de que o casamento deve ser mantido “na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza” e sobre o sentido de pureza que essa instituição carrega.Mas, o que difere o casamento daquela época com a atual seria de que na Idade Média não se acreditava que o amor seria o que deveria reger um casamento, e sim os interesses familiares.Somente ao final da Idade Média, no século XII, que o amor começou a ser considerado como o papel primordial para se escolher um parceiro ou parceira para o resto da vida, com muita influência do que dizia a Igreja Católica sobre o casamento. “O casamento por ‘amor’ ou ‘laços de afinidade’, era considerado altamente subversivo, sinônimo de morte e de ruína política das famílias. Hoje a realidade é outra, tanto é que o amor é visto como o que rege o casamento – e isso aconteceu por influência da doutrina cristã entre os séculos V e XV”, revela a professora. 

Esse movimento teve força, também, a partir do Renascimento, quando os pensadores começaram a demonstrar que os sentimentos deveriam prevalecer aos interesses.Nada melhor que um sentimento tão bonito e engrandecedor como o amor para nos fazer ficar com alguém para o resto da vida, não é mesmo?Mas, o ponto alto para essa mudança social foi quando, no século XIX, a rainha Vitória, da Inglaterra, escolheu sozinha o próprio marido e adotou elementos na cerimônia que caracterizam os casamentos de hoje, como a utilização da Marcha Nupcial para a entrada da noiva.A partir daí, as mulheres começaram a ter mais poder em suas decisões, principalmente na época da Revolução Industrial, quando elas saíram de suas casas para trabalhar, tendo mais autonomia. Hoje em dia, são as mulheres que planejam, praticamente, todo o casamento, desde a cerimônia até a festa.




, , ,

A verdade sobre os Discos voadores























Desde o princípio o homem tem olhado para o céu com surpresa e ansiedade.
Lá no fundo, sempre suspeitamos que nossas vidas e destinos estivessem ligados aos céus.
Livros sagrados, lendas, folclore e história de culturas bastante distintas contêm alusões a pessoas que desceram dos céus. Os antigos povos do Egito, Japão, China- todos contam coisas sobre o tempo em que os deuses andavam na Terra. Antigos manuscritos em sânscrito descrevem as Vimanas, carruagens celestes em forma de colméia. Os índios da tribo Hopi, do Arizona, acreditam terem sido trazidos das terás do sul pelo povo de Kachina, que viajava numa nave luminosa transportada pelo ar. Há uma lenda entre os Paiutes da Califórnia, de que a terra deles foi uma vez a casa dos Hav-Musuvs, guerreiros que viajavam pelo ar em prateadas “canoas voadoras”.
Talvez a informação mais antiga de “visitantes extraterrenos” tenha sido a recentemente descoberta numa montanha, na província Hunan, na China. Entalhes em granito, datados do ano 45000 a.c, representam figuras com grandes torsos, enquanto acima delas, como se fosse no céu, figuras similares são mostradas sobre objetos voadores de forma cilíndrica, as cavernas parecem conter um catálogo completo de modelos contemporâneos de Ufos, Altamira, na província de Santander, Espanha, é uma das mais excitantes galerias de arte magdaleniana. É uma enorme sala, no formato de um S com mais de duzentos metros de comprimento. Lá você pode ver grupos e grupos de símbolos em forma de disco pintadas em todas as posições possíveis no teto da caverna, mas a mais convincente de todas as cavernas que aparecem desenhos de Ufos é a de Niaux, lá existem dois discos; um deles,com linhas pontilhadas marcando a trajetória, pode ser muito bem o primeiro desenho registrado de uma nave espacial voando! Não menos espantoso, perto de Ussat, há um objeto extraordinariamente parecido com o módulo Lunar: completado com escadas e antenas, mantém-se por um suporte de quatro pernas e, embaixo, como para dar proporção a uma figura humana em pé.
A primeira investigação oficial que se tem noticia sobre Ufos conta Jaques Vallee sobre um general japonês na data de 1235, sete séculos antes de nossa época, e o general Yotsume estava acompanhando com sua tropa. Subitamente notou-se um curioso fenômeno: Misteriosas fontes de luzes foram vistas oscilar e girar a sudoeste, descrevendo círculos em plano vertical até de manha cedo. Na época em que os historiador romano Lívio comunicou sobre “navios-fantasma” no céu e que uma cruz flamejante apareceu para aconselhar a armada de Constantino, os militares prestaram muita atenção aos escudos circulares, tochas flamejantes, meteoros brilhantes, discos prateados e outros Ufos em seus céus. Mesmo Cristóvão Colombo parece ter visto um ufo quando no convés da Santa Maria,por volta das 10 horas da noite, em 11 de outubro de 1492. Colombo pensou ter visto “uma luz brilhante a grande distância”. Rapidamente chamou Pedro Gutierres, cavalheiro do rei, que também viu a luz. Ela desapareceu pouco depois, a luz vista pela primeira vez uatro horas antes de se avistar terra jamais foi explicada. Em 20 de agosto de 1880, o Sr M. A Trecul da academia francesa, informou ter visto um objeto em forma de charuto branco dourado piscando com as extremidades pontiagudas. Para aumentar seu espanto Trecul também notou um objeto circular menor desprender-se da nave-mãe.
A primeira fotografia, de que temos conhecimento de um objeto voador não-identificado foi tirada em12 de agosto de 1883,por José Bonilla, um astrônomo mexicano do observatório de Zacatecas. Ele estava observando o Sol quando foi surpreendido pela aparição de uma esquadra de objetos estranhos. Bonilla contou quase cento e cinqüenta dos estranhos objetos, as fotografias que tirou mostram uma série de objetos com forma de charuto e fusiforme, que obviamente eram sólidos, mas não corpos celestes.
Giordano Bruno, filósofo e cientista italiano do século XVI, escreveu:
“Há incontáveis constelações, sóis e planetas.Vemos apenas os sóis porque são luminosos; os planetas permanecem invisíveis, porque são pequenos e escuros. Há também, incontáveis Terras girando ao redor de seus sóis, nem piores nem menos habitadas que o nosso globo.”
Giordano Bruno foi amarrado a um poste e queimado, em 1600, pela audácia de suas idéias. A doutrina da Idade Média proibia ao homem ligar-se aos Anjos. E ainda, a nova astronomia ajusta-se as rígidas normas religiosas.
Paracelsus, na sua obra do século XVI, Why These Beings Appear To Us, deu uma justificativa condescente:
“Tudo que Deus cria manifesta-se ao Homem, mais cedo ou mais tarde. . .Assim, seres aparecem a nós, para não ficarem entre nós ou se unirem a nós, mas para que sejamos capazes de entende-los. Para dizer a verdade, essas aparições são raras. Mas porque deveria ser de outra maneira? Não é suficiente que um de nós veja um Anjo, para que todos nós acreditemos em outros Anjos?”



UFOLOGIA E ASTROPOLÍTICA 

Na movimentada história da Ufologia, livros foram marcando e balizando os grandes momentos, as crises, as mudanças de rotas... Foi assim em 1950. Em 1953. Em 1955. Em 1963... Este extraordinário livro de Ralph Blum, Toda a Verdade Sobre os Discos Voadores, vem a tona em 1974. Prof. Flávio A. Pereira (outubro de 1976) 
Estaremos, a esta altura do século, ás portas do terceiro milênio, habilitados a – aceitar a idéia de que “eles” chegaram aqui antes de nós termos chegado até “eles”?! 
Com que objetivos freqüentam o espaço terrestre? Observam bases militares. Pra que? Que dizer de sua Astropolítica? 
Prof. Flávio A.Pereira (Outubro de 1976)
Presidente do Instituto Brasileiro de Astronáutica e Ciências Espaciais (IBACE)
Reitor da ESCOLA Superior de Ciências;
Presidente da Comissão Brasileira de Pesquisa Confidencial de Objetos Aéreos Não Identificados;
Presidente de Honra da Associação Brasileira de Pesquisas Exológicas; MEMBRO brasileiro do Aerial Phenomena Research Organization (APRO), Arizona, EUA. 
Vamos ver alguns dos relatos contidos neste livro.
8.000.000.000 –sistemas planetários habitáveis
A suposição de que a raça humana é o único repositório de inteligência no universo, ou que a Terra é o único corpo no qual a vida se desenvolveu, deve ser colocada no mesmo plano que a visão geocêntrica do sistema solar a as crenças da Sociedade da Terra Plana. A estimativa cientifica em vigor é que aproximadamente oito bilhões – isto é: 8.000.000.000 – dos sistemas planetários presumivelmente habitáveis vivem apenas em nossa galáxia! O falecido Dr. James E. MacDonald uma vez ressaltou que enquanto ainda não tivermos nenhuma idéia inusitada de como chegar até Tau Ceti, o estado e o ritmo de nossa tecnologia deveria ser pelo menos interromper aqueles que insistem em que os habitantes de Tau Ceti são incapazes de chegar até aqui. E o astrônomo Fred Hoyle sugeriu a possibilidade da existência de “uma grande rede de comunicações interplanetárias” , mas somos como um pioneiro no sertão, que ainda não tem telefone. Julgando pela história de exploração do nosso próprio planeta, a noção de rotas de comércio interestelar parece bastante razoável. No seu livro The Interrupted Journey (Dial Press, Nova Iorque, 1966), John G . Fuller relata detalhadamente o caso Barney e Betty Hill, O COMEÇO "...Uma outra figura tinha uma face maligna... Ele parecia um nazista alemão. ELE é um nazista... Os olhos dele... seus olhos! Nunca tinha visto olhos como aquele" A citação acima foi feita sob hipnose regressiva por um dois primeiros abduzidos a se tornarem publicamente conhecidos, BARNEY HILL, que - juntamente com sua esposa BETTY - afirmou ter sido abduzido por entidades de PELE cinza e levado para uma nave espacial que aparentemente era originada do sistema estelar de ZETA II RETICULI.

Os abdutores cinza alienígenas estavam obviamente trabalhando com um oficial militar humano que tinha toda a aparência de um completo nazista, e que foi encontrado por BARNEY. Embora este incidente tenha ocorrido mais de 15 anos depois da Europa ''supostamente'' ter sido desnazificada. Esta citação pode ser encontrada na enciclopédia paranormal "MYSTERIES OF THE MIND, TIME & SPACE", pag. 1379.

Durante a conversa lhe foi mostrado um mapa estelar do que lhe foi dito serem as estradas para o comercio e os caminhos de exploração, entre certas estrelas em algum lugar no universo. Não foi um astrônomo, mas sim Marjorie Fish quem aceitou o enorme desafio de isolar o modelo estelar especifico, do desenho da Sr. Hill, dentre as centenas de bilhões em nossa galáxia. Marjorie Fish concluiu que o mapa de estrelas havia sido calcado na perspectiva da base da nave. Começando pela suposição de que o nosso sol apareceria no mapa – provavelmente com limite traçado – e que as estrelas básicas eram dois círculos grandes, com linhas que irradiavam deles, Marjorie Fish construiu com esmero, três modelos dimensionais, de dentro de aproximadamente sessenta anos luz do sol, numa tentativa de combinar o modelo estelar especifico ao desenho da Sra. Hill.Finalmente em 1969, nove estrelas apareceram num dispositivo angular muito bem definido para ser coincidência e, rapidamente foi capaz de identificar a maioria da estrelas. Mas só em 1972, depois de seis anos de trabalho intensivo, Marjorie Fish foi capaz de localizar o triangulo de estrelas do plano de fundo, que completava a identificação do desenho de Bethi Hill.
A razão foi que até o atualizado Catálogo das Estrelas Próximas, Gliese, estivesse disponível, no outono de 1969, as ultimas três estrelas (identificadas pelo Gliese com os números 86.1, 95 e 97) possivelmente não poderiam ter sido determinadas. Assim, em 1964, quando Betty fez seu desenho, a estrela 86.1, não estava registrada em nenhum catálogo de estrelas da Terra e as outras duas estrelas, embora catalogadas, apareciam em posições paralaxes incorretas. Como o Dr. Hynek me disse “nenhum astrônomo na Terra, entre 1961 e 1964, poderia ter sabido que o triangulo de estrelas do plano de fundo, existia na sua presente posição geométrica”. 
Do mapa completo de Marjorie Fish parece que apenas viajantes vindo em direção ao nosso sistema solar(Sol), da Constelação Reticulun, poderiam ter marcado a posição daquelas três estrelas. Se o chefe da tripulação tivesse realmente dito a Betty Hill que as linhas sólidas que conduziam para o que foi provado ser Zeta1 e 2 da Constelação Reticulun, diretamente para o Sol, fossem estradas de comércio, poderíamos muito bem ser parte de alguma forma de operação unilateral de comércio! A par de razoáveis considerações sobre o comércio, como poderíamos explicar a enorme distancia de mais envolvida? Uma viajem unilateral de Zeta 1, da constelação de Reticulun até White Mountains, em New Hamphshire, fica a uma distancia de mais de trinta anos luz. Isto é aproximadamente 176 340 000 000 000 milhas ou como Carl Sagan diria:
“extremamente longe”. Todavia, a distância não é um problema, se considerarmos as teorias de Einstein sobre a dilatação do tempo. Se aumentar a velocidade o tempo diminui. Assim, quanto mais perto você de aproximar da velocidade da luz, mais devagar seu relógio funcionará, comparado com os relógios deixados na Terra. No Artigo “Descoberta a Base Planetária do UFO”, Stanton Friedman e B.Ann Slate, escreveram: “O que isto implica é que a tripulação da Constelação de Reticulun não teria que vir mais rápido do que a velocidade da luz para visitar nosso sistema solar e retornar enfrentando a perspectiva de residência num asilo de velhos. Usando o elemento tempo mudança de Einstein, uma viagem unilateral a 80% da velocidade da luz, numa velocidade constante, levaria vinte e dois anos. A 99% daquela velocidade levaria cinco anos e dois meses, mas a 99.9% dessa velocidade, a viagem poderia ser feita em apenas vinte meses!”

CASO 42 – O CONTATO Nas primeiras horas da manhã do dia 3 de dezembro de 1967, o patrulheiro Herbert Shirmer, de Ashland, Nebraska, escreveu o seguinte relatório no livro de ocorrências “vi um objeto voador na conexão das rodovias 6 e 63. A comissão Condon descobriu e submeteu o policial a regressão no tempo através de hipnose com Loring G. Willians, um hipnotizador profissional, o patrulheiro Herbert Shirmer falou sob estado hipnótico que foi seqüestrado pelos tripulantes do objeto voador e os descreveu como tendo um metro e quarenta de altura e estavam usando uniformes cinzas colados ao corpo, botas e luvas. Do lado esquerdo do corpo têm um emblema: uma serpente com asas. Suas roupas vão até ao redor da cabeça como um capacete de piloto, a pele de seus rostos são brancos acinzentados, o nariz é achatado, a boca é apenas uma fenda, suas cabeças são finas e mais compridas do que uma cabeça humana, os olhos, levemente oblíquos, embora não fossem como o dos orientais, não piscavam e tinham pupilas dilatadas e apertadas como uma lente de câmera ajustando-se. Os tripulantes da falaram a ele que essa era uma nave de observação, eles se comunicavam através de aparelhos e disseram que estudam nossas línguas da Terra através de uma espécie de maquina, eles tem computadores que podem falar qualquer língua. De onde eles são? Deu uma galáxia próxima. Eles têm bases no planeta Vênus e em outros planetas de nossa galáxia. Eles têm bases na Terra para seus discos? Sim eles têm bases definitivas nos Estados Unidos. Há uma base localizada abaixo do oceano, na costa da Flórida, há uma base na região polar só não disse se era no pólo norte ou no pólo sul. Há outra base na costa da Argentina.
Essas bases são debaixo da terra ou debaixo dos oceanos. Como opera a nave deles? A nave é operada através de reversão eletromagnética. Existe alguma defesa contra UFOS? Eles me contaram que suas naves têm sido atingidas no ar através de radar que interfere em seus equipamentos. Os discos chegam aqui carregados pelas naves-mãe e são libertadas nas bases da terra. O chefe da tripulação mostrou a parte externa da nave onde dois tripulantes estão andando de um lado para o outro com uma postura militar, na tela apareciam três discos com formas diferentes voando em formação em oposição a um grupo de estrelas incluindo a constelação de Ursa Maior. Conta-se a Shirmer que essas são “naves de guerra” voando e um espaço externo. A imagem é de grande profundidade e realismo, a nave mãe é focalizada: têm o formato de um charuto, é muito comprida, esta muito longe da Terra. Eles sabem que estão sendo vistos com freqüência e estão tentando confundir a mente do público.
Ao relatar o Caso 42, o Relatório Condon emprega quase que as mesmas palavras usadas pelo Dr Hynek, depois de ter entrevistado Charlie Hickson em Pascagoula, depois do caso de Barney e Betty Hill, Shirmer é o melhor casodocumentado de sua espécie, o Dr Sprinkle enunciou a opinião de que o patrulheiro acreditava na realidade dos acontecimentos que descreveu, e disse que a mente de Shirmer era uma chave para o futuro. Esta matéria esta no livro Beyond Earth: Man’s Contact With UFOs. Copyright 1974 By Ralf Blun
CARL SAGAN "O MESTRE DOS DESPISTAMENTOS"
Hoje, não há nenhuma evidência clara, eu diria, que nos obrigasse a acreditar que exista vida em outro lugar, muito menos vida inteligente. Há uma tremenda quantidade de lugares. Há uma tremenda quantidade de tempo. E as partículas que compõe a vida estão espalhadas pelo universo. Há, também, uma espécie de tradição de Copérmico: quão extraordinário seria se estivéssemos vivendo no único planeta habitado... as possibilidades contra isso são imensas. O sol é uma, de talvez duzentos bilhões de estrelas, que compõe a Via Láctea... E nossa galáxia é uma entre bilhões de outras galáxias; então temos uma quantidade enorme de números. Para começar, ajudaria, se homens do nível de Carl Sagan não afirmassem numa transmissão de âmbito nacional, que todo o universo deve ser reprimido pelas limitações do nosso conhecimento cientifico. A implicação não expressa é: Porque ainda não podemos alcançar a constelação de Centauro, ninguém no universo é suficientemente adiantado para chegar aqui. Em 1968, durante uma audiência da Comissão de Ciência e Astronáutica do Congresso, Sagan Disse:
“Agora, uma coisa está clara: se existem outras civilizações técnicas, tomando-se ao acaso uma delas, é provável que esteja bem mais adiantada do que a nossa civilização técnica. Por exemplo. Não é provável que exista qualquer outra civilização, nas galáxias, que seja assim tão retrógrada no seu conhecimento técnico cientifico. A terra pode ter sido visitada várias vezes por diversas civilizações das galáxias durante a sua existência geológica. Não esta fora de questão que produtos dessas visitas ainda existam ou mesmo que alguma espécie de base seja mantida (possivelmente automática) dentro do sistema solar para dar continuidade a viagens sucessivas. Bem, se são inteligências, então sabem alguma coisa, a respeito do mundo físico, que não sabemos e, também, sabem alguma coisa sobre o mundo psíquico que não sabemos - e estão usando tudo isso”.
REFERÊNCIAS: 
TRECHO DO LIVRO Beyond Earth: Man’s Contact With UFOs. 
Copyright 1974 By Ralf Blun
, , , , , , ,

Os Extraterrestres na Biblia






ADÃO E EVA NÃO FORAM OS PRIMEIROS

Considerando-se a grande polêmica que existe em torno do tema "Extra Terrestres" e dos questionamentos em torno de sua exisência, estou lançando esse tópico, que será um estudo detalhado sobre a presença de seres Extra Terrestres no planeta terra, desde o princípio dos tempos. Esse estudo é totalmente baseado nas escrituras da bíblia e portanto, poderá ser acompanhado por todos aqueles que se interessem pelo assunto. 
Podemos afirmar, que na verdade, quando da vinda de Adão e Eva para a terra, o planeta ja era habitado por uma raça de terráqueos e que a partir daí, teve início a mescla das raças Extra Terrestre e terráquea, dando orígem então ao SER HUMANO.

Tudo isso, será esclarecido mediante simples leitura dos vários livros que compõem a bíblia, que, mesmo tendo sido manipulada ao longo dos séculos, ainda assim, tem a essência das informações preservada. Podemos afirmar que os extra terrestres estiveram, estão e sempre estarão entre nós, como será constatado nesse estudo. Porém, eles jamais se apresentarão em grandes aparições com shows aéreos em suas naves, até porque ja fizeram isso no passado, quando em vez de serem compreendidos, passaram a ser adorados como anjos e como o próprio Deus. Para a terra, foram criados dois grandes projetos, cujo objetivo, foi a adaptação das estruturas físicas para que pudessem receber as centelhas divinas (almas) criadas à Imagem e Semelhança do Infinito Espírito, para que pudessem entrar no grande laboratório terra e experimentar-se como criadoras e assim, dar expressão de si mesmas perante o universo e perante o próprio Infinito Espírito, retornando depois, totalmente conscientes ao plano da unicidade divina. 

Com essas explicações, iniciemos então a nossa viagem:

Apenas a título de esclarecimento, mencionamos aqui o capítulo 4, versículo 1 do livro de Gênesis que diz:
4.1 E conheceu Adão a Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz a Caim, e disse: Alcancei do SENHOR um homem. 

Note-se que o termo "conhecer" significa "ter relações sexuais".

Já no livro de Gênesis, em seu capítulo 4, versículos 9 a 14 temos a primeira comprovação de que Adão e Eva não foram os primeiros e que, naquela época a terra ja era habitada. Vejamos o texto:

4.9 E disse o SENHOR a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; sou eu guardador do meu irmão? 

4.10 E disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra. 
4.11 E agora maldito és tu desde a terra, que abriu a sua boca para receber da tua mão o sangue do teu irmão. 

4.12 Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e vagabundo serás na terra. 
4.13 Então disse Caim ao SENHOR: É maior a minha maldade que a que possa ser perdoada. 
4.14 Eis que hoje me lanças da face da terra, e da tua face me esconderei; e serei fugitivo e vagabundo na terra, e será que todo aquele que me achar, me matará. 

Em especial, no versículo 14, vemos a preocupação de Caim, ao ser expulso do lugar onde habitava e, tornando-se um peregrino errante sobre a terra, alguém poderia fazer-lhe mal, preocupação que obviamente seria infundada se de fato fossem eles os primeiros habiantes do planeta. 
Prece claro que ao se retirar de um determinado local e passar a andar pela terra ele temia ser morto por seres da raça terráquea.

Vejamos agora a prova contundente da existência das duas raças e a comprovação de que a raça terráquea era composta de seres sem alma.

Em Gênesis, Capítulo 6 temos o seguinte relato que comprova que as mulheres terráqueas eram fecundadas por Seres Extra Terrestres e que eram chamados de FILHOS DE DEUS, porque eram vistos descendo do céu em suas naves chamadas de Glória de Deus:
6.1 – Como se foram multiplicando os “HOMENS” sobre a terra e lhes nasceram filhas, 
6.2 - Vendo os “FILHOS DE DEUS” que as filhas dos Homens eram belas, escolheram esposas entre elas.
6.3 – Então disse o SENHOR: O meu espírito não agirá para sempre no homem porque “TODO ELE É CARNE” e os seus dias serão 120 anos.

Em um próximo tópico veremos que os “FILHOS DE DEUS”, os “ANJOS” e os “EXTRA TERRESTRES” são a mesma coisa. Os Anjos eram criaturas tão semelhantes aos homens, que em muitas passagens bíblicas, eles são confundidos com os homens. Eles não eram formas espirituais como as pessoas aprenderam a crer. Eles tinham corpo físico, andavam entre os homens, se misturavam com eles, comiam (inclusive carne), bebiam, dormiam etc.

Portanto, é preciso refletir sobre essa questão para que possamos nos libertar do conceito de que somos maus, presos ao “pecado original ancestral” e que essa é uma das razões para estarmos numa jornada de dor e sofrimento aqui na terra. Seria interessante que todos lessem esses textos diretamente nos evangelhos para comprovação da veracidade dos textos que transcrevi nesse tópico. 


A PRIMEIRA ABDUÇÃO PELOS EXTRA TERRESTRES

Em Gênesis, capítulo 5, versículos 21 a 24, temos o relato da primeira abdução feita pelos Extra Terrestres. Vejam o texto:
5-21: Enoque viveu sessenta e cinco anos e gerou a Matusalém
5-22: Andou Enoque com Deus e, depois que gerou a Matusalém, viveu trezentos anos; e teve filhos e filhas.
5-23: Todos os dias de Enoque foram trezentos e sessenta e cinco anos
5-24: Andou Enoque com Deus e não morreu, porque Deus o tomou para sí.

Algumas bíblias também dizem: Andou Enoque com Deus e já não era, porque Deus o tomou para sí.
O versículo 24 deixa muito clara a abdução de Enoque.

No capitulo 4, versiculo 26 temos talvez o registro da época em que os Extra Terrestres começaram efetivamente a interagir de forma clara e aberta com os habitantes da Terra. Diz o texto:
4-26: A Sete nasceu-lhe também um filho, ao qual pôs o nome de Enos; daí se começou a invocar o nome do Senhor.

Quero aqui, fazer uma consideração a respeito dos textos dos Evangelhos. Ao le-los, não podemos esquecer que eles usam linguagem de época (portanto, linguagem de milhares de anos atrás). Não podemos efetuar a leitura da bíblia com base em nossos conhecimentos e tecnologias atuais porque isso não corresponde à verdade da época. É como se fossemos assistir a um filme de época onde os autores precisam fazer todo um trabalho de pesquisa e caracterização para representar fielmente os fatos na forma como foram vistos e vividos.
Essa informação é fundamental para a compreensão de tudo o que vamos ver nos róximos temas que iremos abordar. 

AS NAVES EXTRA TERRESTRES ENTRE NÓS

No ítem anterior eu me referí à linguagem de época utilizada para descrever os fatos. Vamos agora observar os primeiros registros bíblicos da presença de naves extra terrestres aparecendo no meio do povo e os primeiros pactos dos extra terrestres com os homens, feitos na pessoa de Abraão. Em Gênesis, capitulo15, versículos 17 e 18 estão esses registros da seguinte forma:
15-17: E sucedeu que, posto o sol, houve densas trevas; e eis um fogareiro fumegante e uma tocha de fogo que passou entre aqueles pedaços.
15-18: Naquele mesmo dia, fez o SENHOR aliança com Abraão dizendo: à tua decendência dei esta terra, desde o rio do Egito até ao grande rio Eufrates.

Numa época em que aviões, luzes e turbinas não faziam parte do vocábulário humano algo que descesse do céu com sons e luzes, de formato arredondado poderia ser chamado de fogareiro e tocha fumegante. Perceba que nesse mesmo dia, houve o pacto com Abraão. 


A PRIMEIRA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL


Em Gênesis, capítulo 17, versículos 15 a 19, há o registro da primeira inseminação artificial efetuada pelos extra terrestres em uma terráquea, que foi Sara a mulher de Abraão. Diz o texto:
17-15: Disse também Deus a Abraão: A Sarai, tua mlher, já não lhe chamarásSarai, porém Sara.
17-16: Abençoa-la-ei e dela te darei um filho; sim, eu a abençoarei e ela se tornará nações; reis de povos procederão dela.

17-17: Então, se prostrou Abraão, rosto em terra e se riu, e disse consigo: A um homem de cem anos há de nascer um filho? Dará à luz Sara com seus noventa anos?
17-18: Disse Abraão a "Deus" (Extra Terrestre): Tomara que viva Ismael diante de tí.
17-19: "Deus" (Extra Terrestre) lhe respondeu: De fato, Sara, tua mulher te dará um flho, e lhe chamará Isaque; estabelecerei com ele a minha aliança.

Abraão com cem e Sara com noventa anos. Porém devido ao seu caráter reto e seu poder de comando sobre o povo, foram eles escolhidos para gerar um ser especial misto de sêmem extra terrestre com óvulo de uma terráquea, para que fizessem seu pacto com os humanos. 


OS ANJOS QUE COMIAM CARNE

Todas as pessoas foram insistentemente treinadas para acreditar que anjos são seres unicamente espirituais, que aparecem misticamente para pessoas especiais em forma de nuvem ou em sonho.

Vejamos o que diz textualmente a bíblia, em Gênesis, capítulo 18

18-1: Apareceu o SENHOR a Abraão nos carvalhais de Manre, estando ele assentado à porta dasua tenda, no maior calor do dia. 
18-2: Levantou ele os olhos, olhou, e eis três homens em pé junto a ele. E vendo-os, correu da porta da tenda ao seu encontro e inclinou-se à terra, 
18-3: E disse: Meu Senhor, se agora tenho achado graça aos teus olhos, rogo-te que não passes de teu servo. 

18-4: Trarei já um pouco de água, lavai os vossos pés, e recostai-vos debaixo desta árvore; 
18-5: E trarei um bocado de pão, refazei as vossas forças; depois passareis adiante, porquanto por isso chegastes até vosso servo. E disseram: Assim faze como disseste. 
(Alguém já viu em algum outro lugar a história registrada de um Anjo lavando os pés, descansando debaixo de uma arvore e se alimentando físicamente?)
18-6: E Abraão apressou-se em ir ter com Sara à tenda, e disse-lhe: Amassa depressa três medidas de flor de farinha, e faze pão assado ao borralho. 
18-7: E correu Abraão ao gado, e tomou um novilho tenro e bom, e deu-a ao seu criado, que se apressou em prepará-la. 

18-8: E tomou manteiga e leite, e o novilho que tinha mandado preparar, e pôs tudo diante deles, e ele estava em pé junto a eles debaixo da árvore; e comeram.
(É muito clara essa descrição não é? Creio que não resta dúvida que os Anjos eram na verdade Extra Terrestres, com corpo físico, que comiam e bebiam e eram tão parecidos com os humanos que inclusive se misturavam entre eles) 

A BELEZA E O PODER DOS EXTRATERRESTRES

Em Gênesis, no capítulo 19, pelos relatos do episodio ocorrido entre os anjos e os homens de Sodoma, podemos deduzir que os super astronautas ou anjos eram muito delicados e bonitos. Vejamos:

19.1 E VIERAM os dois anjos a Sodoma à tarde, e estava Ló assentado à porta de Sodoma; e vendo-os Ló, levantou-se ao seu encontro e inclinou-se com o rosto à terra; 
19.2 E disse: Eis agora, meus senhores, entrai, peço-vos, em casa de vosso servo, e passai nela a noite, e lavai os vossos pés; e de madrugada vos levantareis e ireis vosso caminho. E eles disseram: Não, antes na rua passaremos a noite. 
19.3 E porfiou com eles muito, e vieram com ele, e entraram em sua casa; e fez-lhes banquete, e cozeu bolos sem levedura, e comeram. 
19.4 E antes que se deitassem, cercaram a casa, os homens daquela cidade, os homens de Sodoma, desde o moço até ao velho; todo o povo de todos os bairros. 
19.5 E chamaram a Ló, e disseram-lhe: Onde estão os homens que a ti vieram nesta noite? Traze-os fora a nós, para que os “conheçamos”. 

OBS: O termo “conhecer” empregado aqui, tem o significado de “abusar sexualmente”. Na verdade, os homens de Sodoma queriam fazer sexo com os Extra Terrestres, certamente devido à sua perfeição e beleza física. A pr´pria atitude de Ló em seguida, confirma essa afirmação. Vejamos: 
19.6 Então saiu Ló a eles à porta, e fechou a porta atrás de si, 
19.7 E disse: Meus irmãos, rogo-vos que não façais esse mal; 
19.8 Eis aqui, tenho duas filhas ainda virgens; fora vo-las trarei, e fareis delas como bem entender; somente nada façais a estes homens, porque por isso vieram à sombra do meu telhado. 

Em além, da beleza, podemos também comprovar aqui o imenso poder dos astronautas super humanos.
O povo, querendo os anjos, disse a Ló:

19.9 Eles, porém, disseram: Sai daí. Disseram mais: Como estrangeiro este indivíduo veio aqui habitar, e quereria ser juiz em tudo? Agora te faremos mais mal a ti do que a eles. E arremessaram-se sobre o homem, sobre Ló, e aproximaram-se para arrombar a porta. 
19.10 Aqueles homens porém estenderam as suas mãos e fizeram entrar a Ló consigo na casa, e fecharam a porta; 
19.11 E feriram de cegueira os homens que estavam à porta da casa, desde o menor até ao maior, de maneira que se cansaram para achar a porta. primeira 

Atualmente a ciência sabe de técnicas de emissão de ultra sons e outros que atuam no córtex cerebral deixando aqueles expostos a esses dispositivos atordoados e com sintomas de cegueira ou perda temporária da noção. 
A DESTRUIÇÃO ATÔMICA DE SODOMA E GOMORRA
Antes de qualquer comentário sobre as ocorrências de Sodoma e Gomorra, cidades destruídas pelo fogo vindo do céu e que hoje os cientistas comprovaram terem ocorrido ali explosões atômicas, vejamos como o Gênesis registra os fatos:”

19.12 Então disseram aqueles homens a Ló: Tens alguém mais aqui? Teu genro, e teus filhos, e tuas filhas, e todos quantos tens nesta cidade, tira-os fora deste lugar; 
19.13 Porque nós vamos destruir este lugar, porque o seu clamor tem aumentado diante da face do SENHOR, e o SENHOR nos enviou a destruí-lo. 
19.14 Então saiu Ló, e falou a seus genros, aos que haviam de tomar as suas filhas, e disse: Levantai-vos, saí deste lugar, porque o SENHOR há de destruir a cidade. Foi tido porém por zombador aos olhos de seus genros. 
19.15 E ao amanhecer os anjos apertaram com Ló, dizendo: Levanta-te, toma tua mulher e tuas duas filhas que aqui estão, para que não pereças na injustiça desta cidade. 
19.16 Ele, porém, demorava-se, e aqueles homens lhe pegaram pela mão, e pela mão de sua mulher e de suas duas filhas, sendo-lhe o SENHOR misericordioso, e tiraram-no, e puseram-no fora da cidade. 
19.17 E aconteceu que, tirando-os fora, disse: Escapa-te por tua vida; não olhes para trás de ti, e não pares em toda esta campina; escapa lá para o monte, para que não pereças. 
19.18 E Ló disse-lhe: Ora, não, meu Senhor! 
19.19 Eis que agora o teu servo tem achado graça aos teus olhos, e engrandeceste a tua misericórdia que a mim me fizeste, para guardar a minha alma em vida; mas eu não posso escapar no monte, para que porventura não me apanhe este mal, e eu morra. 
19.20 Eis que agora aquela cidade está perto, para fugir para lá, e é pequena; ora, deixe-me escapar para lá (não é pequena?), para que minha alma viva. 
19.21 E disse-lhe: Eis aqui, tenho-te aceitado também neste negócio, para não destruir aquela cidade, de que falaste; 
19.22 Apressa-te, escapa-te para ali; porque nada poderei fazer, enquanto não tiveres ali chegado. Por isso se chamou o nome da cidade Zoar. 
19.23 Saiu o sol sobre a terra, quando Ló entrou em Zoar. 
19.24 Então o SENHOR fez chover enxofre e fogo, do SENHOR desde os céus, sobre Sodoma e Gomorra; 
19.25 E destruiu aquelas cidades e toda aquela campina, e todos os moradores daquelas cidades, e o que nascia da terra. 
19.26 E a mulher de Ló olhou para trás e ficou convertida numa estátua de sal. 
19.27 E Abraão levantou-se aquela mesma manhã, de madrugada, e foi para aquele lugar onde estivera diante da face do SENHOR; 
19.28 E olhou para Sodoma e Gomorra e para toda a terra da campina; e viu, que a fumaça da terra subia, como a de uma fornalha.

Quem já assistiu a uma reportagem sobre explosões nucleares, sabe que no momento da explosão o famoso “cogumelo” é exatamente a representação do “Fogo de uma Fornalha”, 


UMA PROVA DE QUE O DEUS BÍBLICO ERA UM E.T.

Vejam o que diz o texto do capiítulo 32 da Gêneses

JACÓ LUTA COM DEUS E TRANSPÕE O VAU DE JABOQUE.

32-22: Levantou-se naquela mesma noite, tomou suas duas mulheres, suas duas servas e seus onze filhos e transpôs o vau de Jaboque;
32-23: Tmomou-os e fe-los passar o ribeiro; fez passar tudo o que lhe pertencia;
32-24: Ficando ele só; e lutava com um anjo, até o romper do dia;
32-25: Vendo este que não podia com ele, tocou-lhe na articulação da coxa; deslocou-se a junta da coxa de Jacó, na luta com o anjo;
32-26: Disse este: Deixa-me ir, pois já rompeu o dia. Respondeu Jacó: Não te deixarei ir se não me abençoares
32-27: Perguntou-lhe, pois: Como te chamas? Ele respondeu: Jacó
32-28: Então disse: Já não te chamarás Jacó e sim Israel, ois como príncipe lutaste com Deus e com os homens e prevaleceste.

OBS: Os fatos foram descritos em linguagem de época e o anjo tinha um corpo físico, caso contrário não teria lutado com Jacó. 


DISCOS VOADORES E EXTRATERRESTRES LIBERTAM OS JUDEUS GUIA O POVO PELO CAMINHO

O capítulo 13 do livro de Êxodo da bíblia, diz o seguinte:

13-21: O SENHOR ia adiante deles, durante o diz numa coluna de nuvem, para os guiar pelo caminho; durante a noite, numa coluna de fogo apra os alumiar, a fim de que caminhassem de dia e de noite. 
13-22: Nunca se apartou do povo a coluna de nuvem durante o dia, nem a coluna de fogo durante a noite.

(Nos dias de hoje, com a compreensão que temos sobre tecnologia, quando olhamos para o céu e vemos "uma coluna de nuvem", basta olharmos para a ponta da coluna e veremos um avião a jato cruzando o céu.
Naqueles dias, quando a humanidade não conhecia eletricidade, lampadas e luzes, a visão de uma aeronave iluminando o caminho foi, em linguagem de época, chamada de "coluna de fogo") 



OS EXTRA TERRESTRES ABREM O MAR VERMELHO

Em Êxodo, capitulo 14, versículos 19 a 28, e mais especificamente no versículo 21, está descrito como os Extra Terrestres usaram de alguma tecnologia deles para auxiliar o povo a atravessar o mar vermelho


14-19: E o anjo de Deus, que ia diante do exército de Israel, se retirou, e ia atrás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles, e se pôs atrás deles. 
14-20: E ia entre o campo dos egípcios e o campo de Israel; e a nuvem era trevas para aqueles, e para estes clareava a noite; de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro. 
14-21: Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o SENHOR fez retirar o mar por um forte vento oriental toda aquela noite; e o mar tornou-se em seco, e as águas foram partidas. 
14-22: E os filhos de Israel entraram pelo meio do mar em seco; e as águas foram-lhes como muro à sua direita e à sua esquerda. 
14-23: E os egípcios os seguiram, e entraram atrás deles todos os cavalos de Faraó, os seus carros e os seus cavaleiros, até ao meio do mar. 
14-24: E aconteceu que, na vigília daquela manhã, o SENHOR, na coluna do fogo e da nuvem, viu o campo dos egípcios; e alvoroçou o campo dos egípcios. 
14-25: E tirou-lhes as rodas dos seus carros, e dificultosamente os governavam. Então disseram os egípcios: Fujamos da face de Israel, porque o SENHOR por eles peleja contra os egípcios. 
14-26: E disse o SENHOR a Moisés: Estende a tua mão sobre o mar, para que as águas tornem sobre os egípcios, sobre os seus carros e sobre os seus cavaleiros. 
14-27: Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o mar retornou a sua força ao amanhecer, e os egípcios, ao fugirem, foram de encontro a ele, e o SENHOR derrubou os egípcios no meio do mar, 
14-28: Porque as águas, tornando, cobriram os carros e os cavaleiros de todo o exército de Faraó, que os haviam seguido no mar; nenhum deles ficou. 
14-29: Mas os filhos de Israel foram pelo meio do mar seco; e as águas foram-lhes como muro à sua mão direita e à sua esquerda. 
14-30: Assim o SENHOR salvou Israel naquele dia da mão dos egípcios; e Israel viu os egípcios mortos na praia do mar. 
14-31: E viu Israel a grande mão que o SENHOR mostrara aos egípcios; e temeu o povo ao SENHOR, e creu no SENHOR e em Moisés, seu servo.

Mais adiante veremos que a fuga do Egito, foi um grande plano criado pelos extra terrestres para implantar temor e servidão no povo de Israel, que foi escolhido para serem os colonos dos Extra Terrestres. 
OUTROS EPISÓDIOS DE ABERTURA DAS ÁGUAS
O episódio da abertura do mar vermelho foi o único que ficou conhecido, por ter sido amplamente divulgado pelas religiões. Mas, esse episódio não foi o único em que os extra terrestre abriram as águas.
Vejam o que diz a Bíblia, no livro de Josué, no capítulo 3, versículos 15 a 17

3-15: E quando os que levavam a arca, chegaram ao Jordão, e os seus pés se molharam na beira das águas (porque o Jordão transbordava sobre todas as suas ribanceiras, todos os dias da ceifa), 
3-16: Pararam-se as águas, que vinham de cima; levantaram-se num montão, mui longe da cidade de Adão, que está ao lado de Zaretã; e as que desciam ao mar das campinas, que é o Mar Salgado, foram de todo separadas; então passou o povo em frente de Jericó. 
3-17: Porém os sacerdotes, que levavam a arca da aliança do SENHOR, pararam firmes, em seco, no meio do Jordão, e todo o Israel passou a seco, até que todo o povo acabou de passar o Jordão. 


UMA NAVE ESPACIAL POUSA SOBRE O MONTE SINAI

O Livro de Êxodo, em seu capítulo 19, registra o seguinte:

19-16: E aconteceu que, ao terceiro dia, ao amanhecer, houve trovões e relâmpagos sobre o monte, e uma espessa nuvem, e um sonido de buzina mui forte, de maneira que estremeceu todo o povo que estava no arraial. 
19-17: E Moisés levou o povo fora do arraial ao encontro de Deus; e puseram-se ao pé do monte. 
19-18: E todo o monte Sinai fumegava, porque o SENHOR descera sobre ele em fogo; e a sua fumaça subiu como fumaça de uma fornalha, e todo o monte tremia grandemente.
19-19: E o sonido da buzina ia crescendo cada vez mais; Moisés falava, e Deus lhe respondia em voz alta. 
19-20: E, descendo o SENHOR sobre o monte Sinai, sobre o cume do monte, chamou o SENHOR a Moisés ao cume do monte; e Moisés subiu. 
19-21: E disse o SENHOR a Moisés: Desce, adverte ao povo que não traspasse o termo para ver o SENHOR, para que muitos deles não pereçam. 
19-22: E também os sacerdotes, que se chegam ao SENHOR, se hão de santificar, para que o SENHOR não se lance sobre eles. 
19-23: Então disse Moisés ao SENHOR: O povo não poderá subir ao monte Sinai, porque tu nos tens advertido, dizendo: Marca termos ao redor do monte, e santifica-o. 
19-24: E disse-lhe o SENHOR: Vai, desce; depois subirás tu, e Arão contigo; os sacerdotes, porém, e o povo não traspassem o termo para subir ao SENHOR, para que não se lance sobre eles. 
19-25 Então Moisés desceu ao povo, e disse-lhe isto.

Notem a descrição do versículo 19 quando diz que o sonido da buzina (turbinas) ia crescendo cada vez mais, 

Apenas Moisés e Arão podiam subir o Monte Sinai. Os demais poderiam ser mortos pelos astronautas que dominavam o monte. 


ELES NOS ENSINARAM A FAZER UTENSÍLIOS


Os Extra Terrestres falavam com Moisés cara a cara, como um homem fala com outro homem, dando-lhe inclusive desenhos do que deveria construir.
Seguem-se dezenas de versículos onde o SENHOR dá instruções a Moisés sobre como fazer a mesa, os pratos, os copos para futuras cerimônias de oferendas. Tudo devia ser feito conforme o modelo mostrado no Monte Sinai.
É de se ressaltar que tudo deveria ser feito de madeira revestido de ouro puríssimo, sendo também notável a riqueza de detalhes ditada pelo senhor de Israel.

No capítulo 28, versículos 31 a 35 o Deus tribal determina as roupas dos sacerdotes.

Diz o texto:

28-31: Também farás o manto do éfode, todo de azul. 
28-32: E a abertura da cabeça estará no meio dele; esta abertura terá uma borda de obra tecida ao redor; como abertura de cota de malha será, para que não se rompa. 
28-33: E nas suas bordas farás romãs de azul, e de púrpura, e de carmesim, ao redor das suas bordas; e campainhas de ouro no meio delas ao redor. 
28-34: Uma campainha de ouro, e uma romã, outra campainha de ouro, e outra romã, haverá nas bordas do manto ao redor, 
28-35: E estará sobre Arão quando ministrar, para que se ouça o seu sonido, quando entrar no santuário diante do SENHOR, e quando sair, para que não morra.

Notem que eles não queriam ser surpreendidos quando estivessem reunidos no tabernáculo e essa é a razão de exigirem que as roupas tivesses campainhas. 
ELES COBRAVAM IMPOSTO DE RENDA DOS TERRÁQUEOS
Vejam o texto do capítulo 30, versículos 12 a 16 do livro de Êxodo:


30-12: Quando fizeres a contagem dos filhos de Israel, conforme a sua soma, cada um deles dará ao SENHOR o resgate da sua alma, quando os contares; para que não haja entre eles praga alguma, quando os contares. 
30-13: Todo aquele que passar pelo arrolamento dará isto: a metade de um siclo, segundo o siclo do santuário (este siclo é de vinte geras); a metade de um siclo é a oferta ao SENHOR. 
30-14: Qualquer que passar pelo arrolamento, de vinte anos para cima, dará a oferta alçada ao SENHOR. 
30-15: O rico não dará mais, e o pobre não dará menos da metade do siclo, quando derem a oferta alçada ao SENHOR, para fazer expiação por vossas almas. 
30-16: E tomarás o dinheiro das expiações dos filhos de Israel, e o darás ao serviço da tenda da congregação; e será para memória aos filhos de Israel diante do SENHOR, para fazer expiação por vossas almas. 


OS EXTRA TERRESTRES FIZERAM O BEZERRO DE OURO


Pela descrição contida no capítulo 32 de Êxodo vemos que existe a possibilidade dos próprios extra terrestres terem fundido o Bezerro de Ouro como parte de um plano para fixar nos judeus a idéia de não adorarem a outros deuses, já que nesse episódio começou a mortandade do povo, mas ainda não pelas mãos dos extra terrestres.

Notem específicamente o versículo 24, quando Arão diz que lançou o ouro ao fogo e "saiu o Bezerro"

32-21: E Moisés perguntou a Arão: Que te tem feito este povo, que sobre ele trouxeste tamanho pecado? 
32-23: E eles me disseram: Faze-nos um deus que vá adiante de nós; porque não sabemos o que sucedeu a este Moisés, a este homem que nos tirou da terra do Egito. 
32-24: Então eu lhes disse: Quem tem ouro, arranque-o; e deram-mo, e lancei-o no fogo, e saiu este bezerro. 
32-27: E disse-lhes: Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Cada um ponha a sua espada sobre a sua coxa; e passai e tornai pelo arraial de porta em porta, e mate cada um a seu irmão, e cada um a seu amigo, e cada um a seu vizinho. 
32-28: E os filhos de Levi fizeram conforme à palavra de Moisés; e caíram do povo aquele dia uns três mil homens. 
32-29: Porquanto Moisés tinha dito: Consagrai hoje as vossas mãos ao SENHOR; porquanto cada um será contra o seu filho e contra o seu irmão; e isto, para que ele vos conceda hoje uma bênção. 
DEUS FALA PESSOALMENTE COM MOISÉS
Veremos no capítulo 33 de Êxodo, que Deus (na verdade os Extra Terrestres), supostamente falava pessoalmente com Moisés.

33-11: E falava o SENHOR a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois tornava-se ao arraial; mas o seu servidor, o jovem Josué, filho de Num, nunca se apartava do meio da tenda.

Ocorre porém, que no mesmo capítulo, Moisés roga a Deus que lhe mostre a sua face, mas vejamos o que responde Deus.

33-20: E disse mais: Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face, e viverá. 
33-21: Disse mais o SENHOR: Eis aqui um lugar junto a mim; aqui te porás sobre a penha. 
33-22: E acontecerá que, quando a minha glória passar, pôr-te-ei numa fenda da penha, e te cobrirei com a minha mão, até que eu haja passado. 
33-23: E, havendo eu tirado a minha mão, me verás pelas costas; mas a minha face não se verá.