quinta-feira, 26 de março de 2015

Tags: ,

O cenário de Star Wars está debaixo de um conflito (verdadeiro)

A mesma terra onde se desenrolou a história de Star Wars está debaixo de um verdadeiro conflito: transformou-se num local de tráfico e de passagem para os terroristas do Estado Islâmico.
Tatouine, a cidade que deu nome ao planeta nas Guerra nas Estrelas



Quem aprecia os filmes da saga “Star Wars” traz na memória o estéril planeta Tatooine, que gira em torno de uma estrela binária. E recorda-se do ambiente de um perigo movediço que se engrandecia e combatia com armas de destruição com consequências globais. E esse cenário inóspito era potenciado pelos terrenos arenosos da Tunísia, quando o filme foi gravado em 1976.
CNN revelou que o mesmo território onde se desenrolaram alguns dos acontecimentos mais marcantes d’A Guerra nas Estrelas está agora sob guerra. Mas, desta vez, uma real: é que a área está no percurso dos “jihadistas”. Tataouine é não só a cidade que inspirou o nome do planeta do filme, como também um local de passagem para as milícias que pretendem dirigir-se para a fronteira com a Líbia.
O ataque ao Museu Nacional de Bardo deixou transparecer a posição dos militares com operações na Líbia. No local escolhido para o famoso filme dos anos setenta, foram encontradas grandes quantidades de armas retiradas dos arsenais líbios. Entre as armas saqueadas, contam-se 200 mil cartuchos de munições e lança-granadas. A polícia local diz que alguns homens foram levados para Tunis por suspeitas de ligações com redes terroristas da Líbia.

Estado Islâmico estaria recrutando brasileiros para atentado no país

O turismo tunisino está a sofrer com estas movimentações, mesmo depois do vídeo lançado no YouTube, ao som da “Happy” de Pharrell Williams, que relembrava as personagens de Star Wars que pisaram aquele solo há alguns anos.