quarta-feira, 8 de abril de 2015

Tags:

Terceira guerra mundial mais próxima que nunca! Putin prepara os ataques para a terceira guerra mundial.

Vladimir Putin está planejando explorar a ameaça da guerra nuclear para forçar a Otan sair dos países que fazem fronteira com a Rússia.



A reunião secreta entre as figuras de inteligência em Moscou e Washington teria revelado que Putin irá considerar qualquer tentativa de devolver a península da Criméia para a Ucrânia como declaração de guerra e vai tomar qualquer aittude que considera necessária - incluindo o uso de armas nucleares - para manter o controle da região.

Notas do encontro também se diz terem revelado que Putin está planejando "ações desestabilizadoras" em países bálticos pró-ocidentais em um desafio direto à promessa da Otan para defender os países de estilo soviético.

Estes distúrbios provavelmente envolverá ataques cibernéticos, ou incrementando as tensões étnicas locais na Estónia, Letónia e Lituânia destinando-se a desestabilizar a região.

Enquanto isso, a Rússia planeja enviar bombardeiros de longo alcance para o Golfo do México, no que parece ser a mais recente manobra provocativa de Moscou, em suas relações cada vez mais frias com o Ocidente.

O ministro da Defesa Sergey Shoigu disse quarta-feira que "temos de manter a presença (da Rússia) militar no oeste do Pacífico Atlântico e Oriental, bem como no Caribe e no Golfo do México" - "., Como parte dos treinos", incluindo o envio de bombardeiros.

É um argumento que autoridades norte-americanas não parecem estar comprando.

Leia também: Putin ameaça liberar imagens de satélites russos sobre 11 de setembro e recontar a história