quarta-feira, 27 de maio de 2015

Tags: , ,

Jornais chineses dizem que guerra contra os Estados Unidos será inevitável!





GUERRA INEVITÁVEL! Jornais chineses dizem que guerra será inevitável, a menos que os EUA parem de se intrometer nas disputas territoriais chinesas.  

Nos últimos anos a CHINA tem se mantido afastada de conflitos, como a questão das intensas disputas entre OTAN e Rússia, que se intensificaram após os conflitos na Ucrânia. A situação pode ser considerada uma verdadeira guerra fria.  

Desde essa época houveram inúmeros casos de interceptação de aeronaves russas pela OTAN e vice-versa.

Mas, o comportamento da CHINA mudou após um relatório do Congresso americano ter citado a China como uma ameaça a paz internacional. Os EUA tem acusado a China (veja aqui) de invadir de forma agressiva territórios no Mar do Sul da China, que são reivindicados por aliados dos norte-americanos, como as Filipinas e o Japão.

Na semana passada a China foi citada por ameaçar um avião espião norte americano que sobrevoava obras em um arquipélago ocupado pelos chineses. Os EUA chegaram a dizer que a ocupação das ilhas poderia levar a um conflito.

A porta-voz do Ministério do Exterior chinês Hua Chunying disse na segunda-feira que a China havia apresentado uma denúncia reclamando do “comportamento provocativo” adotado Estados Unidos.

“Instamos os EUA a corrigir o seu erro, permanecer racional e parar com todas as palavras e atos irresponsáveis”, disse a porta voz. “A liberdade de navegação e sobrevoo de modo algum significa que navios de guerra de países estrangeiros e aeronaves militares possam ignorar os direitos legítimos de outros países, bem como a segurança da aviação e navegação.”

Um JORNAL CHINES publicou o seguinte essa semana: “Uma guerra entre os Estados Unidos e a China é “inevitável” a menos que Washington pare de exigir que Pequim detenha seus projetos de construção no Mar do Sul da China …  Nós não queremos um conflito militar com os Estados Unidos, mas se fosse para vir, temos que aceitá-la “, disse o Global Times, que está entre os jornais mais nacionalistas da China. 

 “A intensidade do conflito será maior do que o que as pessoas costumam pensar, não será um simples atrito'”, advertiu o articulista do periódico. O jornal pertence a um membro do alto escalão do Partido que comanda a China


Leia também: Controle total: Presidente Obama assina lei marcial nos EUA

FONTE