sexta-feira, 19 de junho de 2015

Tags: ,

Em carta escrita antes da morte, Albert Einstein afirmou crer que Deus e a Bíblia são resultados da “fraqueza humana”


Uma carta escrita de próprio punho pelo físico judeu alemão Albert Einstein contém depoimentos pessoais do homem considerado o mais inteligente do século XX a respeito de Deus e religião.
A carta está sendo leiloada por um lance inicial de US$ 3 milhões e foi escrita em alemão, 03 de janeiro de 1954, um ano antes de sua morte, e endereçada ao filósofo Erik Gutkind, autor do livro “Choose Life: The Biblical Call to Revolt”, que significa, em tradução livre, “Escolha a Vida: O Chamado Bíblico para a Revolta”.


Na carta, Einstein afirma crer que religiões, a Bíblia e a crença em Deus são lendas resultantes de incapacidade humana: “A palavra de Deus é para mim nada além do que a expressão e produto da fraqueza humana, a Bíblia é uma coleção de lendas honradas, mas ainda primitivas, que são não obstante bastante infantis. Nenhuma interpretação, não importa quão sutil, pode (para mim) mudar isso”, escreveu o físico.
O presidente da agência de leilões Auction Cause, que está organizando o evento que culminará na venda do documento, afirma que a carta é algo importante historicamente: “Essa carta, na minha opinião, é realmente de significado histórico e cultural, já que são pensamentos pessoais e privados daquele que é provavelmente o homem mais inteligente do século 20”, afirmou Eric Gazin.

A carta, de acordo com informações do The Christian Post, será leiloada por um anônimo, com envelope, selo e carimbos originais. O documento teria sido comprado pelo atual proprietário pelo equivalente a US$ 404 mil, e poderá, durante o leilão, alcançar um valor de até três vezes superior ao pedido inicialmente.