quinta-feira, 25 de junho de 2015

Tags: ,

O vaso de Dorchester: Incrível artefato de 593 milhões anos de idade que você nunca ouviu falar!


É um artefato que poucos ouviram falar porém, muito valioso para a história da humanidade
.



O vaso de Dorchester é um pequeno vaso em forma de sino com uma pequena abertura no seu topo. As medidas do vaso são cerca de 4,5 polegadas (11,5 centímetros) de altura, 6.5 polegadas (16,5 cm) de diâmetro na base e 2,5 polegadas (6,4 cm) de diâmetro no topo. O pequeno vaso é feito inteiramente de zinco e foi decorado com prata, você pode ver seis ornamentos florais em seu lado e uma espécie de videira ou coroa na parte inferior. O trabalho decorativo e perfeita fabricação do vaso denotam que seu criador era um mestre artesão na moldagem deste metal.

Esse vaso incrível foi encontrado em duas partes após uma explosão que foi usada para quebrar rocha em Meeting House Hill, em Dorchester, Massachusetts, em 1852.

A idade do vaso abriu um imenso debate entre os especialistas e parece que ninguém pode concordar em quantos anos ele tem exatamente. De acordo com os geólogos, o Conglomerado Roxbury, onde esse misterioso pote foi encontrado, foi datado como tendo acumulado entre 570 e 593 milhões anos atrás, durante o período Ediacarano. Será que isto foi fabricado há 570 e 600 milhões de anos? De acordo com vários investigadores, é uma possibilidade. Em princípio, não é muito claro se o pote estava realmente "incorporado" dentro da rocha desde a explosão que foi a causa de sua descoberta.

De acordo com muitos teóricos dos antigos astronautas, o vaso de Dorchester é uma evidência muito forte que apoia a teoria de que o homem já moldava metais e vivia em uma civilização avançada há milhões de anos atrás. Outros pesquisadores acreditam que o vaso de Dorchester havia sido fabricado por uma antiga civilização que antecedeu o Dilúvio de Noé.

É muito interessante que vários botânicos acreditam que as espécies de plantas que aparecem no vaso Dorchester desapareceram do nosso planeta há milhares de anos. Segundo alguns, acredita-se que o vaso Dorchester foi datado como sendo, pelo menos, 100 mil anos de idade, mas o pote e toda a documentação que o acompanhava, para estudos anteriores desapareceram misteriosamente.

O primeiro e quase única pano de fundo histórico para o pote Dorchester é datado de 05 de junho de 1852, a partir da publicação da revista Scientific American. 

O pote misterioso também é discutido na página 46 do livro Digest Association de 1985 chamado Mistérios do inexplicável.

É difícil tentar explicar a origem real do vaso de Dorchester desde que o artefato desapareceu sem deixar vestígios. Se este artefato pertence a um milhão de anos de idade , ou se ele realmente não retratam espécies de plantas que desapareceram da Terra há milhares de anos é um mistério, que não será resolvido a menos que o misterioso objeto volte para mão dos pesquisadores. 

Leia também: Anéis gigantes de 30 milhões de anos são descobertos nas montanhas da Bósnia