quinta-feira, 11 de junho de 2015

Tags: , , ,

Um homem incrível inventou a cura do câncer em 1934 logo depois ele foi assassinado

Saúde - A Indústria do câncer atualmente lucra mais de cem bilhões de dólares por ano,e apesar de todo avanço tecnológico na medicina afirmam que a cura real é inexistente, apenas nos mostra alguns novos tratamentos ''promissores'' que no final de tudo só servem para lucrar cada vez mais com a doença. Muitas pessoas na mídia estão tentando encontrar a cura para o câncer, no entanto, nenhum resultado 100% é nos mostrado. No entanto, o nome de Dr. Raymond Rife é bastante familiar dentro da indústria.


Dr. Raymond Rife nasceu em 1888 e ele contribuiu muito para a tecnologia na área da óptica, eletrônicas, radioquímica, bioquímica, balística e aviação.

Em 1922 ele começou a pesquisa do câncer. Em 1932, ele conseguiu isolar um microrganismo no câncer conhecido como VX Virus. Um ano depois ele projetou o Microscópio Universal que poderia ampliar um objeto 60,000 x seu tamanho normal. Ele usou ressonância de freqüência de luz para destruir os organismos usando uma frequência natural sem destruir o tecido adjacente.

Dentro de dois meses, em 1934, ele foi capaz de curar 14 dos 16 pacientes com câncer em estado terminal, enquanto os outros dois foram curados após subsequentes seis semanas. Apesar de sua taxa de cura de 100%, ele foi privado de qualquer reconhecimento por sua realização.

Em 1934, Dr. Milbank Johnson, quando foi declarar os resultados da terapia do câncer, foi mortalmente envenenado e seus documentos desapareceram. Laboratórios de Rife foram incendiados e arruinados. Dr.Nemes que tinha replicado uma parte do trabalho de Rife morreu em um incêndio inexplicável, juntamente com a destruição de todos os seus trabalhos de pesquisa. Rife foi assassinado por combinação fatal de Valium e álcool em 1971 no Hospital Grossmont.

Em 1980 autor Barry Lynes publicou um livro  para assim, renovar o interesse no trabalho de Rife. O autor alegou que dispositivo de feixe de Rife podia curar o câncer, mas a American Medical Association o ocultou. A American Cancer Society afirma que as alegações eram improváveis ​​e um produto era de uma teoria típica de conspiração. Eles também afirmaram que ideia por trás da comercialização de máquinas de Rife foi mais uma conspiração contra a cura para o câncer. O que permanece sem resposta é a razão pela qual as máquinas Rife foram ridicularizadas e foram retidas pela indústria médica.

Leia também: Melão de São Caetano (ou do mato) Consegue matar 98% das células cancerígenas!