sexta-feira, 24 de julho de 2015

Tags: , , , ,

5 Inventores mortos por suas próprias invenções

Você sabia que alguns inventores foram mortos por suas invenções? Infelizmente, isso aconteceu. Algumas pessoas, com grande empenho e dedicação, inventaram coisas úteis em todas as áreas, mas alguns desses inventores, infelizmente perderam suas vidas por causa de suas próprias criações. Quem são esses inventores mortos por suas invenções? Veja 5 deles.

Alexander Bogdanov





Alexander Bogdanov foi um político, filósofo e médico nascido na Rússia em 1873 e além de sua abordagem científica também foi lembrado por seu trabalho como romancista e filósofo, além de ser um dos líderes da revolução bolchevique. Ele viveu seu melhor momento nas experiências médicas verdadeiramente revolucionárias como transfusões de sangue. Alexander liderou um estudo de rejuvenescimento que segundo ele poderia levar a juventude eterna. Mas ele não tinha previsto doenças transmissíveis: após 11 transfusões nele, o mesmo desenvolveu tuberculose e malária e logo em seguida morreu.

Aurel Vlaicu

Este aviador romeno conseguiu, entre 1907 e 1908, a criação de um planador que poderia voar com sucesso, em 1909 ele se mudou para Bucareste para construir um motor a jato. Ele chamou Vlaicu II e testou em 1911, onde ganhou vários prêmios internacionais em 1912, mas morreu com apenas 31 anos, enquanto tentavam atravessar a cordilheira dos Cárpatos com seu próprio "Vlaicu II".

Franz Reichelt

O alfaiate austríaco nascido em 1879 construiu o pára-quedas e testou em si mesmo saltando do primeiro andar da Torre Eiffel, em 4 de fevereiro de 1912. Ele não realmente morreu por conta de seus ferimentos, mas por causa de um ataque cardíaco pouco antes do paraquedas deixar de funcionar.

Thomas Midgley 

Thomas Midgley, engenheiro americano e químico, será lembrado como o inventor e desenvolvedor de gasolina com chumbo e clorofluorocarbonos. Ele sofreu danos causados ​​por exposição prolongada a substâncias nocivas para o nosso corpo e foi atacado pela poliomielite na idade de 51 anos.

Henry Fleuss

Em 1876, o inglês Henry Fleuss inventou um respirador de oxigênio em circuito fechado. Este fato utilizava oxigénio comprimido em vez de ar comprimido. A sua invenção foi originalmente destinada a ser usada na reparação da porta de ferro da sala de um navio. Fleuss então decidiu usar sua invenção para um mergulho a grandes profundidades. Infelizmente, ele morreu porque o oxigênio era muito puro, porque quando ele está sob pressão é altamente tóxico para os seres humanos. 

Leia também: As 5 sociedades secretas mais influentes do mundo que você precisa conhecer