terça-feira, 21 de julho de 2015

Tags: , ,

Antigo papiro Egípcio revela visita incrível de extraterrestres no passado

EGITO- Acredita-se que o Papiro Tulli seja a melhor evidência histórica dos discos voadores registrado na nossa história, e por algum motivo, os historiadores têm questionado sua autenticidade e significados. Como muitos outros textos antigos, este documento antigo conta uma história incrível, que poderia mudar a maneira como olhamos para o nosso passado, o nosso futuro e o presente.




Acredita-se que este documento ofereça a mais antiga citação de discos voadores no nosso planeta. O "papiro" Tulli é a tradução de uma transcrição moderna de um documento egípcio antigo.

De acordo com este texto antigo, o faraó que reinou sobre o Egito foi Tutmés III, e estes  avistamentos em massa de OVNIs aconteceram por volta de 1480 a.C.

Aqui está a tradução do texto de acordo com R. Cedric Leonard:

"No ano de 22, do terceiro mês do inverno, sexta hora do dia [...] entre os escribas da Casa da Vida constatou-se que um estranho ''disco alado'' estava chegando no céu. 
Depois de vários dias se passarem, eles se tornaram mais numerosos no céu do que nunca. Eles brilharam no céu mais do que o brilho do sol.

O exército do rei olhava, com Sua Majestade no meio deles. Foi depois da refeição da noite, quando os discos subiram ainda mais alto no céu ao sul. Peixes choviam do céu: uma maravilha nunca antes conhecida desde a fundação do país. E Sua Majestade pedia aos seus súditos que trouxessem incenso para apaziguar o coração de Amon-Rá, o deus das Duas Terras. E foi [ordenado] que o evento deveria ser registrado para que fosse lembrado para sempre. "

Este evento incrível e histórico foi descrito em silêncio, com um relato incrível de discos voadores misteriosos altamente reflexivos, brilhando como o sol. De acordo com este texto antigo, a partida dos visitantes de outro mundo foi marcado por um evento misterioso, como peixes que caíram do céu.

Mesmo que esse antigo texto não mencionasse se os antigos egípcios de fato estabeleceram contato com os visitantes de outro mundo, não deixa de ser um dia muito importante na história, tanto para a humanidade quanto para a antiga civilização egípcia.

É importante mencionar que é muito improvável que os antigos egípcios tivesse interpretado estes "discos de fogo" com algum tipo de fenômenos astronômicos ou meteorológicos. Os antigos egípcios eram experientes e talentosos astrônomos, e até o ano de 1500 aC, eles já eram especialistas na área, o que significa que eles teriam descrito um fenômeno astronômico de uma maneira muito diferente. Além disso, neste documentos antigos, os "discos inflamados" são descritos que mudavam as direções no céu, por isso sabemos que esses objetos não ''caíram'', mas, que manteve-se no céu egípcio.
Para entender esta história antiga e sua história, o antigo texto teria de ser estudado, infelizmente, hoje, o papiro original se foi. O pesquisador Samuel Rosenberg solicitou ao Museu do Vaticano a oportunidade de examinar este documento precioso e ele obteve a seguinte resposta: "O Papiro Tulli não é mais propriedade do Museu do Vaticano. O mesmo  se encontra disperso e não é mais rastreável ".

Seria possível que o Papiro Tulli estaria de fato localizado nos arquivos do Museu do Vaticano? Escondido de propósito do povo? Se sim, por quê?

É possível que este seja um dos melhores encontros de OVNI antigos resgistrado na história? E se assim for, é possível que esses visitantes de outro mundo influenciaram a antiga civilização egípcia como os teóricos antigo astronauta acreditam? 

Leia também: Filme raro mostra Múmia de um antigo astronauta encontrado no Egito pela KGB