terça-feira, 28 de julho de 2015

Tags: ,

Gigantes de 6 e 8 metros são encontrados em caverna nos Estados Unidos

Muitas tribos nativas do noroeste e sudoeste dos Estados Unidos ainda falam sobre as lendas de gigantes ruivos e de como seus ancestrais combateram longas e terríveis guerras contra estes gigantes, há mais de 15.000 anos.





Mesmo na América Central, os antigos astecas e maias registraram seus encontros com uma raça terrível de gigantes no norte, quando eles se aventuravam em expedições à procura de novas terras.

Quem eram estes gigantes que muitas lendas falam a respeito?  Poderia esta ser uma parte da história que tem sido ignorada pelos acadêmicos?  Seria possível, como a evidência sugere, que gigantes viviam na Terra, num passado distante?

Tem havido numerosos lugares no globo onde foram escavados esqueletos gigantes em sítios arqueológicos.  Pesquisadores apontam que nos Estados Unidos estes misteriosos gigantes foram encontrados nos estados de Michigan, Illinois, Tennessee, Arizona e Nevada.

Em 1924, estes mitos se tornaram realidade quando pesquisadores descobriram, no estado de Nevada, restos de seres gigantes na Caverna Lovelock.  A caverna – localizada a 20 quilômetros ao sul da cidade de Lovelock – tem aproximadamente 12 metros de profundidade e 18 de largura.  Ela é uma caverna que data da época pré-humana no continente.  Em tempos pré-históricos ela ficava sob um enorme lago, chamado de Lahontan, que cobria a maior parte do oeste de Nevada.
Geólogos determinaram que a caverna foi formada pela ação de ondas e correntes do lago.

Os Paiutes, uma tribo nativa da região dos estados de Nevada, Utah e Arizona, contaram aos primeiros ‘homens brancos’ a história de batalhas de seus ancestrais contra uma raça de gigantes ferozes, com pele pálida e cabelo vermelho.

De acordo com a tradição paiute, estes gigantes viveram na região por muito tempo.  Os paiutes chamavam os gigantes de “Si-Te-Cah”, que literalmente significa “comedores de junco”.
O junco é uma planta aquática muito fibrosa, da qual os gigantes faziam balsas, as quais teriam sido usadas para navegar e escapar dos paiutes.

Eles usavam as balsas para navegar através do que restou do Lago Lahontan.  De acordo com as lendas dos paiutes, estes gigantes de cabelo ruivo eram cruéis e maus, matando e comendo os paiutes capturados.

Milhares de anos mais tarde, a misteriosa caverna onde os gigantes se refugiavam foi redescoberta e escavada.  Após 13 anos de escavações, arqueólogos fizeram descobertas incríveis.

Mais de 10.000 artefatos foram escavados e entre eles estavam os restos mumificados de dois gigantes.  Uma fêmea de 6,5 metros de altura e um macho de 8 metros.

Muitos artefatos podem ser vistos no museu de história natural, localizado em Winnemucca, Nevada. Porém, os esqueletos gigantes não estão em exposição.  À medida que os arqueólogos continuaram com as escavações, os mitos dos paiutes pareciam cada vez mais como contos precisos do que teria acontecido num passado distante.

Fonte [ Ovni hoje

Leia também: Instituto Smithsoniano admite a destruição de milhares de esqueletos gigantes humanos