terça-feira, 14 de julho de 2015

Tags: , , , , ,

Isso não nos contam nos livros de história: Aviões e viagens interplanetárias descritas 7.000 anos atrás na Índia


De acordo com um livro que foi recentemente descoberto na Índia, os hindus projetaram as bases da aviação, viagens interplanetárias, até mesmo milhares de anos antes dos irmãos Wright.



O trabalho, apresentado por Anand Casamentos e Ameya Jadhav durante a conferência científica organizada pela Universidade de Mumbai, na Índia, conclui que um sistema de aviação ainda mais avançado do que o atual teria sido descrito pelo sábio Maharshi Bharadwaja, milhares de anos atrás. Bharadwaja foi um dos maiores sábios hindus. Ele atingiu erudição extraordinária além de ter o grande poder da meditação.

O Vaimānika Śāstra um texto em sânscrito do início do século 20 na tecnologia aeroespacial faz alegação de que os vimanas mencionado em épicos antigos em sânscrito foram veículos voadores de aerodinâmicas avançadas, semelhante a um foguete capaz fazer viagens interplanetárias como afirmam a teoria dos antigos alienígenas.

Os textos foram revelados em 1952 por GR Josye e contêm 3.000 shlokas em 8 capítulos. A propulsão dos Vimanas de acordo com Kanjilal (1985) é de uma das mais avançadas ultrapassando a nossa tecnologia atual.

Os autores argumentam que o sábio Bharadwaj Maharishi teria descrito mais de 7000 anos atrás "aviões viajando entre países, continentes e planetas." Ao mesmo tempo, o vice-reitor da Universidade de Mumbai, Rajan Welukar, disse que "não há nenhuma razão para acreditar no que eles dizem sobre os Vedas, mas é algo que vale a pena estudar. "

Embora existam vários estudos que demonstrem que estas máquinas voadoras antigas  não eram realmente capazes de voar, há muitos pesquisadores e estudiosos que acreditam que estas máquinas antigas eram modelos de máquinas voadoras de alta tecnologia.
Mr. Boda é citado no texto  dizendo: "a ciência moderna não é científica", pois considera as coisas que não compreendem como impossíveis. Ele ainda cita dizendo, "A definição védica indiana era de um veículo que viaja através do ar de um país para outro país, de um continente para outro continente, de um planeta para outro planeta", disse ele . "Naqueles dias os aviões eram enormes em tamanho, e tinham a capacidade de ir para a esquerda, direita, até mesmo  para trás, ao contrário de nossos aviões modernos que só voam para a frente." Concluiu.

Fonte 

Leia também: Gravidade descoberta na Índia milhares de anos atrás, antes de Newton?