sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Tags: , ,

Descoberta poderá revolucionar a ciência arqueológica e rescrever a história da humanidade

Um grupo de paleontólogos americanos encontrou em um sítio arqueológico um conjunto de pedras lavradas e que eram utilizadas como ferramentas no período Plioceno, ou seja, há mais de 3,3 milhões de anos.


Dado que os primeiros hominídeos, os Homo habilis, apareceram milhares de anos depois, a revelação pressupõe um enigma inquietante: quem criou essas ferramentas?

A descoberta, que ocorreu no sítio arqueológico Lomekwi 3, no Quênia, poderá revolucionar a ciência arqueológica e rescrever a história dos hominídeos. Entre as quase 150 ferramentas encontradas, estão martelos, bigornas e seixos esculpidos, que podem ter sido usados para abrir nozes e tubérculos ou talhar os troncos de árvores caídas.
Os pesquisadores propuseram, em um artigo publicado pela revista Nature, dar o nome de “Lomekwian” a essa produção proto-humana, que é, a partir de então, a mais antiga conhecida – 700 mil anos antes da olduvaiense, a qual acreditavam ser a primeira.

 Além do recorde de antiguidade, a descoberta provoca grandes interrogações, como quem foram e como eram os autores dessas ferramentas primitivas?

Fonte: RT

Leia também: Civilizações altamente desenvolvidas existiram na Terra muito antes das histórias biblícas