quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Tags: ,

Monóllito gigante de 10.000 anos é encontrado no mar Mediterrâneo

Um enorme monólito de mais de 10.000 anos de idade foi encontrado no Mar Mediterrâneo, próximo a Itália, dizem os cientistas. O bloco, que aparentemente foi construído por seres humanos, contém vestígios da civilização pré-histórica.





O monólito de 12 metros de comprimento "descansando no fundo do mar" foi localizado a uma profundidade de 40 metros, em um banco superficial do Canal da Sicília, diz o relatório publicado em Julho.

"Ele é dividido em duas partes, e tem três buracos regulares: um na sua extremidade que passa através de parte a parte, o outro em dois dos seus lados."

De acordo com o estudo, o local foi abandonado a cerca de 9350 ± 200 anos AP (antes do presente) de acordo com evidências morfológicas e observações submarinas os resultados da análise petrográfica sugerem que o monólito foi construído pelos seres humanos.

Esta descoberta fornece evidências de uma atividade humana no mesolítico significativa na região do canal da Sicília".

Os cientistas dizem que o bloco foi "cortado e extraído como uma única pedra do cume ", que foi cerca de 300 metros para o sul ", e em seguida, transportado e, eventualmente erguido.

"A partir do tamanho do monólito, podemos presumir que ele pesa cerca de 15 toneladas", diz o estudo, acrescentando que a sua função não foi especificada ainda.

Os povos pré-históricos foram capazes de construir o monólito numa época onde na região não havia mar, atual canal da Sicília. Mas, em seguida, a antiga geografia da bacia do Mediterrâneo foi profundamente alterada pelo aumento do nível do mar seguindo o Último Máximo Glacial, diz o estudo.

Os cientistas dizem que a idéia de que os ancestrais humanos viveram no fundo do mar dos mares modernos "facilmente fascina e atrai nossa imaginação".

A idade do monólito remonta ao início do Mesolítico (cerca de 10.000 a 5.000 aC) e o relatório diz que a descoberta pode "expandir significativamente o nosso conhecimento das primeiras civilizações na bacia do Mediterrâneo e os nossos pontos de vista sobre a inovação e o desenvolvimento tecnológico alcançado pelos habitantes do Mesolítico. "

Os cientistas observaram que o monólito, foi feito de um único bloco grande que exigiu corte, extração, transporte e instalação, o que, sem dúvida, revela "habilidades técnicas importantes e de grande engenharia."

O estudo nos propõe a abandonar a crença de que os nossos antepassados ​​não tinham o conhecimento, habilidade e tecnologia para explorar os recursos marinhos ou fazer travessias marítimas.

A mais famosa descoberta arqueológica da idade Mesolítico é o complexo monumental templo de Göbekli Tepe no sudeste da Turquia. O complexo, que foi escavada por uma equipe arqueológica alemã na década de 1960, foi construído cerca de 11.600 anos BP.

A finalidade exacta do local ainda é desconhecida. No entanto, os cientistas sugerem que era um centro religioso ou santuário. 

Fonte: RT 

Leia também: Pesquisadores descobrem um reator nuclear de 2 bilhões de anos na África