quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Tags: ,

Veja o que acontece com o seu sistema gastrointestinal quando você medita

Não muito tempo atrás, um estudo de oito semanas realizado por pesquisadores de Harvard em Massachusetts, no General Hospital determinou que a meditação literalmente reconstrói a massa cinzenta em apenas oito semanas. 





Esse foi o primeiro estudo a documentar que a meditação produz mudanças ao longo do tempo na matéria cinzenta do cérebro. Recentemente, eles lançaram outro estudo mostrando que a meditação pode ter um impacto significativo em sintomas clínicos de distúrbios gastrointestinais, síndrome do intestino irritável (SII) e doença inflamatória intestinal (DII). O estudo mostrou que a resposta ao relaxamento (um estado físico de descanso profundo que muda as respostas físicas e emocionais ao estresse) é uma ajuda muito grande. O estudo saiu do Instituto Benson-Henry para Mind Body Medicine em Massachusetts General Hospital (MGH) e Beth Israel Deaconess Medical Center (BIDMC). 

Este é o primeiro estudo em que a utilização da "resposta de relaxamento" foi examinada nestes distúrbios, e o primeiro para investigar os efeitos genómicos da resposta de relaxamento em indivíduos com qualquer transtorno. O relatório foi publicado na revista PLoS-ONE. Tendo em conta os dois estudos citados acima, e todos os outros benefícios de saúde documentados da meditação deve abrir a porta para mais estudos para examinar os benefícios da meditação para uma ampla gama de doenças. 

"Nossos resultados sugerem possibilidades excitantes para desenvolver e implementar este tratamento em um grupo maior de pacientes com doença gastrointestinal.''
 Vários estudos descobriram que as técnicas de gerenciamento de estresse e outras intervenções psicológicas podem ajudar os pacientes com SII, pelo menos no curto prazo, alguns estudos sugeriram benefícios potenciais. O que é novo sobre o nosso estudo é a demonstração do impacto de uma intervenção mente / corpo sobre os genes que controlam a factores inflamatórios estão desempenhando um papel muito importante nas curas das doenças inflamatórias intestinais e, possivelmente, em IBS ".

 A ciência tem nos mostrado que o estresse intensifica estes sintomas, razão pela qual este estudo sobre meditação e estas doenças detém uma grande importância. A resposta de relaxamento tem sido objecto de vários estudos que mostram claramente que a sua prática regular (induzido pela meditação) afeta diretamente fatores fisiológicos, como o consumo de oxigênio, freqüência cardíaca, pressão arterial e, novamente, o stress e a ansiedade. Foi descrita pela primeira vez há 40 anos por Herbert Benson, diretor emérito do Instituto Benson-Henry e co-autor do estudo apresentado neste artigo. O estudo teve 48 participantes adultos, com 19 deles sendo diagnosticado com IBS e 29 com IBD. Houve treinamento semanal em resposta de relaxamento de 15 a 20 minutos por dia.

 Um equívoco comum sobre meditação é que você tem que sentar uma determinada maneira ou fazer algo em particular para alcançar os vários benefícios que ela pode oferecer. Tudo que você tem a fazer é colocar-se em uma posição que é mais confortável para você. Você poderia estar sentado de pernas cruzadas, deitado em uma cama, sentado em um sofá etc, a escolha é sua. Dito isto, eu não duvido que quem senta-se em uma determinada posição permite que a energia flua mais livremente através de seu corpo, mas acima de tudo (na minha opinião) o conforto é de extrema importância. Não é sobre a tentativa de esvaziar a mente, é sobre a "consciência sem julgamento de sensações, sentimentos e estado de espírito." Deixe os pensamentos, sentimentos e emoções que surgem apresentar-se, não julgá-los e deixá-los passar. Faça as pazes com o que quer que você está enfrentando. Eu também acredito que a meditação é um estado de ser / mente. 

Pode-se estar envolvido em meditação, enquanto você está em uma caminhada, por exemplo, ou antes de dormir. Durante todo o dia, pode-se resistir a julgar os seus pensamentos, deixá-los fluir até que eles não apareçam mais, e que você fique em um estado constante de paz e auto-consciência. Ao contrário da crença popular, não há mais do que uma maneira de meditar." 

Fonte: Collective evolution

Leia também: Veja o que acontece quando você bebe água com o estômago vazio