sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Tags: , ,

Cientistas acreditam que extraterrestres não são tão inteligentes como imaginamos

Uma invasão alienígena é um dos maiores temores da humanidade. Entretanto, esse medo todo não é justificável. Segundo cientistas, os extraterrestres não são tão inteligentes como acreditamos ser. 





Uma pesquisa indica que membros de civilizações mais avançadas, se forem comparados com humanos, seriam considerados “macacos inteligentes”. 

Na Escala Kardashev, elaborada para avaliar o avanço tecnológico de uma civilização, a raça humana não consegue sequer alcançar o status de Tipo 1, muito menos Tipo 2 ou Tipo 3. Caso fôssemos confrontados por uma civilização do Tipo 3, não teríamos a menor chance. 

Entretanto, tais seres parecem não existir, pelo menos no Universo próximo do planeta Terra, segundo o estudo.  Cientistas conduziram uma varredura em busca de vestígios de uma suposta civilização do Tipo 3 em diversas galáxias. 

Acredita-se que estas raças sejam capazes de produzir tanta energia que seria capaz de ser detectada por astrônomos na Terra. Após a pesquisa, os cientistas não encontraram sequer um sinal dela. 

Diante dos resultados, Michael Garret, professor do Instituto Holandês de Radio Astronomia, disse que a humanidade pode ficar tranquila. “Podemos todos dormir em nossas camas tranquilamente. Uma invasão alienígena se prova extremamente improvável”. 

O cientista pretende agora procurar por assinaturas energéticas de civilizações do Tipo 2. Tal raça também seria mais avançada do que a humana, mas possivelmente seria mais comum. 

A humanidade está distante, pelo menos, um século ou dois de atingir o nível de Tipo 1. Essa classificação só irá ocorrer após o ser humano dominar completamente a fusão nuclear e o uso pleno de fontes de energia renováveis, como a solar. 

O professor mostrou ainda um certo desapontamento por não encontrar civlizações do Tipo 3. “Talvez civilizações avançadas são tão eficientes em termos energéticos que eles produzem traços energéticos de muito baixa emissão de calor residual. Nossa compreensão atual da física pode fazer com que isso seja difícil ou impossível de ser feito. 

Fonte: Noticias yahoo

Leia também: Estudo surpreendente afirma: 'Há milhares de civilizações alienígenas na Via Láctea'