sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Tags: ,

Policial aposentado afirma que foi pago para ajudar a falsificar a morte de Tupac Shakur

Um policial aposentado deu a entender que Tupac ainda poderia estar vivo.





David Myers, que está em uma condição médica crítica no hospital, afirma que ele recebeu US $ 1,5 milhões para ajudar a falsificar a morte do Rapper.

Tupac Shakur, ou 2Pac como era conhecido, morreu depois de ser atingido em um tiroteio em 1996, quando ele tinha apenas 25 anos.

Mas Myers diz que ele agora quer que o mundo saiba a verdade e em seu leito de morte - ele disse: "O mundo precisa saber o que eu fiz. Tenho vergonha que eu deixei um preço ser colocado em minha palavra e eu não posso morrer sem deixar o mundo saber."

Ele afirma que Suge Knight, que atualmente está na prisão aguardando julgamento por assassinato, teve um papel importante ao ajuda-lo para que o objetivo fosse concluído.

Mais de 30 pessoas teriam sido pagos para ajudar a fingir sua morte - incluindo a polícia, médicos e várias testemunhas.

Myers afirma que até mesmo o 2Pac pagou US $ 50.000 para um dublê de seu corpo fosse levado para o necrotério. E essa não é a primeira vez que surgem teorias de que o Rapper esteja vivo.

A morte de Tupac ainda é um mistério

Em 7 de setembro de 1996, Shakur foi baleado várias vezes em um tiroteio no cruzamento da Flamingo Road e Koval Lane, em Las Vegas, Nevada.

Ele tinha terminado de ver uma luta de Mike Tyson vs Bruce Sheldon e se envolvido em uma briga com membro de gangue de Orlando "Baby Lane".

Um pouco mais tarde, quando a caminho ao clube de noite um carro parou ao lado Shakur  enquanto ele estava de pé, com a cabeça para fora do teto solar os ocupantes desconhecidos atiraram, atingindo-o no peito, pélvis, mão direita, coxa e pulmão.

A notícia chocante que ele ainda poderia estar vivo veio apenas meses depois que as filmagens sobre um filme falando da vida do rapper estavam previstas para começar.

No início deste ano Randall Emmett o seu produtor disse: "O roteiro é ótimo e estamos prontos para fazer o filme, nós estamos apenas preparando a logística."

O filme - que tem o direito de usar a música do rapper icônico - irá abranger as principais áreas de sua vida, levando até a sua trágica morte.

Emmett acrescentou: "Eu acho que a nossa história, especialmente como um monte de filmes biográficos no espaço de hip-hop, vai mostrar o início de sua vida, uma espécie de laços familiares e uma especie de mostrar qual era o tipo de pessoas que estav ao seu redor.

"E então vamos para os anos-chave que conduzem ao auge de seu sucesso -. Aqueles três ou quatro anos chave da sua ascensão, e o império que ele construiu"

Tupac Shakur já vendeu mais de 75 milhões de discos em todo o mundo, tornando-o um dos artistas mais vendidos da música de todos os tempos.

Shakur foi um dos participantes ativos na chamada Costa Leste-Oeste hip hop, tornando-se envolvido em conflitos com outros rappers, produtores e membros do pessoal das gravadoras, mais notavelmente O Notorious BIG e da gravadora Bad Boy Records.

Fonte: Mirror Uk

Leia também: Agente aposentado da CIA afirma em leito de morte: "Eu matei MARILYN MONROE"