domingo, 13 de setembro de 2015

Tags: ,

Putin apresenta as primeiras evidências: 'Reino unido e Israel também estão envolvidos'

"O 11 de setembro foi uma operação negra e macabra executada em conluio com serviços secretos israelenses e financiadores sauditas." Afirma membro da comissão Russa.





Sem dúvida, os ataques terroristas em New York City e Washington DC são os mais mal explicados em toda a história dos EUA.

Considerando que o assassinato de John F. Kennedy como um clássico plano de execução da CIA, ele não chegou perto do 11 de setembro em termos de número e magnitude de falsidades definitivas, declarações enganosas, e fatos fraudulentos apresentados por funcionários e agentes do Governo dos EUA. 

A Rússia está levantando dados sistemáticos em relação ao 11 de setembro, o lançamento dos documentos representam mais informações factuais sobre os ataques do que qualquer fonte de Governo dos Estados Unidos

Vladimir Putin afirma que não tem a intenção de iniciar a 3° Guerra Mundial, ele só quer responder a intromissão dos EUA e da união européia, utilizando guerra assimétrica na internet. ''O povo americano tem que começar a entender que o Governo Federal dos Estados Unidos planejaram a destruição total do povo americano com o atentado do 11 de setembro''. Afirma Putin.

O trecho a seguir apareceu recentemente em um site de notícias alternativas - Veterans Today- com o subtítulo "Arquivos secretos que estão prestes a ser divulgados". Essencialmente esta versão sem precedentes de informação ultra-secreta e altamente classificada ilustra novo rumo de Putin em direção a intratabilidade Ocidental. Simplificando, a Rússia não mais ficará de braços cruzados no campo político mundial.

De acordo com um agente FXX aposentado israelense: O tipo de dispositivos nucleares usados no 11 de setembro foram uma versão modificada de granadas W-54 de artilharia nuclear que foram secretamente enviadas para os israelenses entre 1988 e 1998, devido a estoques excedentes nos Estados Unidos exportados ilegalmente durante a era Bush / Clinton.

Foi necessário apenas um dispositivo de 2 quiloton para derrubar os dois prédios. Um dispositivo de 2 quiloton produz uma bola de fogo de aproximadamente 75 à 100 metros de diâmetro e mais de 4000 graus centígrados. Grande o suficiente para derreter as vigas do núcleo central do edifício e soltá-los do lugar. O flash de luz duraria menos de 1 segundo e seria principalmente gama de luz UV. Sobrepressão seria apenas a 60 psi max e dirigido para cima com a explosão. Vide efeito subterrâneo.


Para a queda das torres sem suspeita de níveis de radiação seria mínimo e localizado dentro de gama única base zero. A radiação cairia para níveis aceitáveis ​​dentro de 72 horas após a explosão. 

A distribuição ilegal de materiais nucleares dos EUA para aliados estrangeiros não se limitou a Israel. Praticamente todos os aliados da Otan estavam em nesta farsa também. 
Fontes:  [Veterans todayState of nation - Before it news]

Leia também: 'Temos provas que o 11 de setembro é a maior farsa da humanidade' Afirmam investigadores dinamarqueses