segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Tags: , , , ,

Após a descoberta de Água em marte, Pesquisadores descobrem estatuas e petroflifos!

Será esta a prova definitiva de que Marte foi habitada no passado distante? Uma das imagens disponibilizadas pela NASA mostra aparentemente os restos de uma estátua enterrada no solo marciano. 


De acordo com pesquisadores de UFO e entusiastas de OVNIs, a estátua semi-enterrada em Marte também contém petróglifos retratados em sua superfície. 

Os petroglifos marcianos se juntam a uma longa lista de descobertas inexplicáveis ​​na superfície do planeta vermelho que foram encontrados graças ao próprio robô da nasa que está a explorar o planeta vermelho.

A estátua humanóide, o capacete, cubo, fêmur e roda de engrenagem são apenas alguns dos 'artefatos' misteriosos fotografados pela curiosity rovers da NASA. Pareidolia ou evidência real? Há um debate em curso sobre a origem das descobertas em Marte. Enquanto muitas pessoas acreditam firmemente que Marte foi habitada no passado distante, nós estamos vendo evidências de que hoje, outras pessoas estão mais céticas acreditam que nós estamos vendo o que queremos ver, e que todas as descobertas podem ser atribuídas a Pareidolia , fenômeno psicológico que envolve um estímulo (uma imagem ou um som), em que a mente percebe um padrão familiar, onde este não existe. 

Agora, com a descoberta de água que flui sobre a superfície do planeta vermelho, é difícil acreditar que Marte foi habitada no passado distante? Quando o planeta vermelho era muito parecido com a Terra ... com uma atmosfera, oceanos, rios e vegetação mesmo ... Poderia uma civilização 'Alien' ter florescida em Marte, milhares de anos atrás, como alguns pesquisadores como o Dr. Brandenburg sugere? E se nós estamos olhando os restos de estruturas, templos e artefatos em Marte? E se civilizações marcianas foram realmente destruída como Dr. Brandenburg acredita? 

Imagem original da NASA
Dr John Brandenburg tem um PhD em Física Teórica de Plasma da Universidade da Califórnia e ele está atualmente trabalhando como um físico de plasma na Orbital Technologies em Madison Wisconsin. De acordo com o Dr. John Brandenburg, há evidências suficientes para provar que, pelo menos, duas grandes explosões nucleares explodiram na superfície do planeta vermelho no passado distante. A teoria proposta pelo Dr. Brandenburg baseia-se nos traços de urânio e tório que foram registradas na superfície de Marte. Esta civilização marciana foi dizimada por uma outra raça alienígena hostil de outras partes do universo. Dr Brandenburg adverte que a nossa civilização poderia enfrentar o mesmo destino num futuro próximo (via ewao.com).

Veja também: Astrobiólogo faz acusações sérias: 'NASA está ocultando evidencias de vida em marte'