quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Tags: ,

Civilizações com tecnologia avançada no passado remoto? Veja esses 4 artefatos estranhos


Acreditamos que sim, e há inúmeros achados arqueológicos incríveis que indicam que milhares, e até bilhões de anos atrás, civilizações com tecnologia extremamente avançada existiram em nosso planeta. Estas antigas civilizações poderiam ter tido conhecimento muito superior e tecnologia do que nós temos hoje.

E se todas as 'invenções modernas' da humanidade não são nada mais do que re-invenções do passado? Re-invenções de uma época em que um povo diferente habitava o planeta e desapareceu misteriosamente da face da Terra?




É possível que todas estas descobertas misteriosas possam explicar, de uma vez por todas a amnésia da humanidade?

É possível que a nossa civilização tenha dado um 'reset' um par de vezes no passado distante?

Será que a existência de civilizações pré-históricas explicam a construção de locais antigos incríveis, como Puma Punku, Tiahuanaco, Teotihuacan e as pirâmides do Egito? É possível que nossos antepassados ​​re-descobriram esta tecnologia perdida e usaram em sua época?

Vamos verificar algumas das tecnologias revolucionárias antigas que ainda intrigam os investigadores.

antigo sismógrafo Chines

Mais de 1500 anos antes da invenção do sismógrafo moderno, os cientistas chineses Zhang Heng conseguiram gravar um terremoto que teve origem a 480 quilômetros de distância. A invenção referida como a sismoscópio é incrivelmente surpreendente, tanto pela sua beleza (um vaso elegante com animais esculpidos em bronze) e sua precisão. Até hoje, ninguém sabe exatamente como o misterioso dispositivo funciona, mas mesmo assim ele antecede o sismógrafo moderno por mais de 1500 anos.

Um "reator nuclear" de 2 bilhões de anos 

Você sabia que na África existe um velho reator nuclear de 2 bilhões de anos? Embora os principais cientistas argumentam que este é de fato um reator nuclear que ocorre naturalmente, muitos cientistas renomados também argumentam que é de fato impossível, sugerindo que as condições para o reator nuclear acontecer são muito precisas para ter ocorrido por si só como o resultado da Mãe Natureza. Como você pode ver percebemos o quão pouco sabemos sobre o nosso passado e tudo o que aconteceu antes de nossa "civilização". [Fonte]

As baterias de Bagdá

Em 1938, foram descobertas as misteriosas Baterias de Bagdá . Um dispositivo antigo, acredita-se ser mais de 2000 anos de idade, de acordo com alguns pesquisadores, a antiga humanidade usava determinados dispositivos elétricos. Está provado que as baterias de Bagdá pode realmente gerar eletricidade. É possível que as baterias de Bagdá são de fato o elo que faltava para a tecnologia antiga da humanidade?

Você sabia que o mapa de Piri Reis descreve Antártica antes do continente ser coberto por gelo? Sim ... é um dos mapas mais misteriosos do mundo, na verdade. O mapa Criado pelo cartógrafo e marinheiro Piri Reis, que foi baseado em muito mais mapas antigos mostra Antárctica como nunca vimos antes. O mapa também mostra um pedaço de terra que parece estar ligado à América do Sul, uma parte da terra que poderia ter correspondido à costa da Antártida, em tempos pré-históricos. [Fonte]

Antigas Nanoestruturas de 300.000 anos de idade com tecnologia avançada 

Encontradas nos Montes Urais, na Rússia, esses objetos têm causado um grande burburinho desde a sua descoberta. Acreditam-se que as minúsculas estruturas podem ter sido o produto de uma civilização muito antiga que foi capaz de desenvolver a nanotecnologia cerca de 300.000 anos atrás. A idade dessas nanoestruturas misteriosas os colocaram na lista de "artefatos fora do lugar", dado o fato de que os pesquisadores estimam que sejam cerca de 300.000 anos de idade. A Academia de Ciências da Rússia tem realizado vários testes sobre estes misteriosos objetos e os resultados foram bastante interessantes. Os pesquisadores descobriram que as maiores peças que foram desenterradas foram feitas quase inteiramente de cobre e as menores de tungstênio e molibdênio.

Os materiais foram submetidos a uma pesquisa mais extensa de dois anos após a sua descoberta para saber mais sobre os objetos misteriosos e sua composição e de acordo com a Academia Russa de Ciências e seu departamento de Geologia; os metais não têm origem na natureza por conta própria, o que significa que eles são componentes que têm uma origem artificial tecnológica, em outras palavras foram produzidos. [Fonte]

Leia também: História proibida: Hieróglifos egípcios de 3 mil anos contem representações de naves modernas!