domingo, 4 de outubro de 2015

Tags: , , ,

Fim do ISIS? Putin irá enviar 150.000 soldados a Síria para acabar com Estado Islâmico

Vladimir Putin está se preparando para enviar 150.000 tropas para a Síria numa tentativa de acabar com o Estado Islâmico de uma vez por todas.

O líder russo declaradamente armou uma enorme missão militar para assumir o controle do reduto do grupo terrorista de Raqqa.


A cidade é a capital auto-declarada do ISIS na Síria e chega a ser patrulhada por 5.000 membros da Jihad.

"Estamos tomando rapidamente uma corrida para Raqqa - para proteger os campos de petróleo de que necessitam limpar a região dos insurgentes, a capital é vital para nós iremos fazer isso."

Afirma o presidente Russo um dia depois de jatos russos obliterarem nove postos avançados do ISIS em apenas 24 horas usando bombas destruidoras de bunkers.

A Rússia afirma que realizou 20 ataques aéreos em apenas 24 horas

Jatos russos abateram alvos terroristas e explodiram um centro de comando, matando potencialmente dezenas de guerrilheiros.

Confirmando os ataques bem sucedidos, Andrei Kartapolov do exército russo prometeu intensificar os ataques, dizendo: "Nós não iremos cessar... Nós iremos aumentar a intensidade dos ataques"

E o porta-voz do Ministério da Defesa russo Igor Konashenkov disse: "Nas últimos 24 horas, os jatos Sukhoi Su-34 e Su-24M realizaram 20 missões e destruiram nove instalações do estado islâmico.

"Estes ataques dos últimos dias têm sido direcionados a postos estratégicos de terroristas do Estado Islâmico.''

"Postos de comando, lojas de armas e produtos de petróleo, e oficinas onde armas de dos terroristas suicidas são feitas."

Enquanto isso, um especialista em terrorismo revelou a Express.co.uk que o ISIS têm aumentado vastamente sua força militar e apelou aos líderes ocidentais que lancem um ataque coordenado que venha a destruir o grupo islâmico.

Dr Afzal Ashraf disse que o ISIS tornou-se o seu próprio pior inimigo com sua campanha de terror contra o Ocidente, o que fez com que uma reação internacional surgisse.

Ele disse: "Este estado mítico irá desaparecer em questão de horas, uma vez que a comunidade internacional decidir agir. 

"Não vai demorar muito tempo para expulsá-los, se não fora de todo o Iraque ou na Síria, então certamente a maioria de seus territórios.  Fonte: Express.uk

Leia também: ''Russos são vistos como heróis pelos sírios'' Afirma Jornal britanico