quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Tags: , , , ,

O que "eles" não querem que você saiba sobre as pirâmides!


Graham Hancock, Robert Bauval, e Nassim Haramein todos esses cientistas tem algo em comum: apresentam amplas evidências contra a história que nos foi ensinada.




Você sabia que praticamente todas as informações que nos foram ensinadas na escola sobre as piramides estão incorretas?

Você sabia, por exemplo, que nenhuma múmia foi encontrada em qualquer uma das pirâmides?

Você sabia que, atualmente mesmo com todas as nossas máquinas de alta tecnologia, não poderíamos reproduzir até mesmo uma dessas belas estruturas?

Vários pesquisadores líderes acreditam que a verdade sobre as pirâmides foi escondida de nós por milhares e milhares de anos por aqueles que estão no poder e querem nos manter no controle. Esses grandes cientistas acreditam todos nós estamos sendo enganados e que os nossos livros de história precisam serem completamente reescritos.

Nos vídeos intrigantes logo abaixo , Graham Hancock, Robert Bauval e Nassim Haramein apresentam extensas evidências para o mundo! Hancock explica como egiptólogos afirmam que as pirâmides foram construídas por volta do ano 2500 aC, mas a sua própria investigação prova que elas podem ser muito mais antigas chegando até 12.000 anos de idade. E ainda estamos a fazer perguntas:

Quem construiu estas pirâmides?

Por que o cinturão de Orion é tão significativo no alinhamento das grandes pirâmides?
Os criadores das pirâmides podem ser de outro planeta e o alinhamento com as estrelas nos dão pistas a respeito de quando eles podem voltar?
Em algum momento no futuro muito próximo, nossos livros escolares terão de ser completamente reescritos na verdade e na completa honestidade. Pesquisadores como Hancock, Haramein, Robert Bauval, Michael Cremo e outros têm exposto as verdades que a academia mainstream não consegue explicar.

Um bom exemplo, está no livro de Graham Hancock, ''The Message of Sphinx'': 

Ele explica exatamente como egiptólogos afirmam que as pirâmides foram construídas por volta do ano 2.500 A.c, mas a pesquisa de Hancock expõe padrões de erosão profundas nos lados da Esfinge que foram causadas por 1.000 anos de fortes chuvas. A última vez que o Egito viu esses tipos de condições "severas"  foi no final da última era glacial, cerca de 10,000-9,000 A.C. Isto significa que a Esfinge poderia ser, no mínimo, mais de 12.000 anos mais velha do que nós fomos ensinados - (apenas 4.500 anos).

Confira o vídeo:



Leia também: História proibida: Hieróglifos egípcios de 3 mil anos contem representações de naves modernas!