sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Tags: ,

Pesquisadores descobrem metrópole africana feita há 200 mil anos atrás que irá reescrever nossos livros de história


Este artigo é um artigo sobre a descoberta de uma civilização antiga feita por Michael Tellinger na África do Sul , segundo ele a cidade foi construída há cerca de 200.000 anos atrás. Encontramos suas descobertas intrigantes e definitivamente vale a pena pesquisar, no entanto, não podemos afirmar que esta é uma evidência de uma civilização alienígena. Nós não estamos dizendo que isso seja impossível, mas podemos afirmar com mais probabilidades de que seja uma obra de uma cultura humana avança que viveu num passado remoto. Por favor, compartilhe seus pensamentos conosco sobre este artigo assim que terminar de ler.




A incrível descoberta foi feita na África do Sul, cerca de 150 km a oeste de Port Maputo. Lá, encontramos os restos de uma grande metrópole que de acordo com os testes, mede cerca de 1.500 quilômetros quadrados.

Esta antiga cidade é de acordo com pesquisadores, parte de uma comunidade ainda maior, com cerca de 10.000 quilômetros quadrados e acredita ter sido construída há 160.000 a 200.000 anos antes de Cristo.

A região é um pouco remota e os "círculos" têm sido freqüentemente encontrados pelos agricultores locais, que assumiram eles foram feitos por povos indígenas no passado. Mas, estranhamente, nunca ninguém se preocupou em perguntar sobre quem poderia ter construído ou de quantos anos eles eram.

Isso mudou quando o pesquisador e autor, Michael Tellinger, em associação com Johan Heine, um bombeiro e um piloto local que tinha examinado estas ruínas há anos, decidiram examiná-las.

Heine teve a oportunidade única de ver estas estruturas incríveis a partir de um voo

"Quando Johan me convidou para investigar as antigas ruínas do sul da África, ele não tinha ideia das descobertas incríveis que faria nos anos seguintes. As fotografias, artefatos e evidências que acumulamos, apontam para uma civilização perdida que nunca foi nos dita nos livros de história e precede todas as outras. Não por algumas centenas de anos, ou alguns milhares de anos ... mas sim muitos milhares de anos "- Tellinger

De acordo com Tellinger, essas descobertas são tão incríveis que elas irão mudar a forma de como vemos a história humana.

A geologia circundante é interessante devido às minas de ouro localizadas nas proximidades. Os pesquisadores propuseram que uma civilização desaparecida em um passado distante, poderia ter vivido e proposto a mineração de ouro naquela parte do mundo.

Eles apontam para os Antigos Anunnaki:

A linha do tempo Anunnaki- (De acordo com Sitchin)


450.000 A.C

Depois de longas guerras, a atmosfera de Nibiru começou a deteriorar-se e tornou-se um lugar hostil para a vida, Os Anunnakis necessitavam de ouro para reparar sua atmosfera. Segundo os pesquisadores, podemos usar nanopartículas de ouro para reparar a nossa camada de ozônio danificada.

445.000 A.C 


Os Anunnakis desembarcaram na Terra e estabeleceram sua base em Eridu, afim de extrair ouro do Golfo Pérsico. Eles eram liderados por Enki, filho de Anu.

416.000 A.C 

A produção de ouro caiu, o que fez Anu vir à Terra. Ao lado dele seu outro filho Enlil chegou. Anu decidiu que a mineração iria ser na África e promoveu Enlil para ser encarregado da missão Terra.

400.000 A.C 


Na Mesopotâmia do sul se desenvolveram sete nações desenvolvidas. Entre as mais importantes foram: "Sipar", "Nippur" e "Shuruppak". Depois que o metal foi refinado, o minério foi transportado da África com naves e posto em órbita.

Você pode observar estas estruturas incríveis com Google Earth.



Estas ruínas incríveis consistem principalmente em círculos de pedra, a maioria foram enterradas na areia e só são observáveis ​​por avião ou satélites. Algumas foram expostas às alterações climáticas que removeram a areia, revelando as paredes e fundações. "Eu me vejo como alguém com a mente bastante aberta, mas eu admito que me levou mais de um ano para descobrir isso, e eu percebi que nós estamos realmente a lidar com as mais antigas estruturas já construídas pelo homem na Terra. A principal razão para isso é que nós fomos ensinados que nada de importante vêm da África do Sul. Civilizações do todo poderoso surgiu na Suméria e no Egito e em outros lugares. "- Tellinger

De acordo com a Telling, isso mostra que os sumérios e os egípcios até mesmo herdaram todo o seu conhecimento de uma civilização avançada que viveu anteriormente no extremo sul da África há mais de 200.000 anos atrás.

Estas foram também as pessoas que esculpiram o primeiro pássaro Horus, a primeira esfinge, construíram as primeiras pirâmides e um calendário de pedra exato no coração dela. Esses foram os ancestrais de todos os seres humanos.


Segundo as descobertas, esses humano foram os primeiros a esculpir uma imagem do Ankh egípcio - chave da vida e do conhecimento universal, 200.000 anos antes dos egípcios existirem.Tellinger apresenta esta nova evidência inovadora que foi lançada em seu último livro ''Os templos dos deuses africanos''. Ele expõe graficamente essas descobertas e afirma que sem dúvida será a prova final para reescrever nossa antiga história.

Leia também: História proibida: Hieróglifos egípcios de 3 mil anos contem representações de naves modernas!