segunda-feira, 31 de agosto de 2015

,

Russa guarda misteriosa forma de vida na geladeira por dois anos

Se os alienígenas estão realmente chegando, essa última foto parece confirmar que o primeiro “porto” na Terra vai ser a Rússia.




Depois de outras notícias de vida extraterrestre aparecerem na Sibéria, a mais fresca é a de uma mulher russa que afirma ter guardado um corpo alienígena no freezer.

A misteriosa forma de vida foi mantida por Marta Yegorovnam, na cidade russa de Petrozavodsk, durante dois anos. Nesse período, ela tirou cinco fotos para provar sua existência.
De acordo com Yegorovnam, o “corpo”, que já é o terceiro aviso de vida alienígena no país nos últimos meses, foi recolhido de uma queda de um objeto não identificado, perto de sua casa, em 2009.

Ela afirma ter se aproximado do amontoado de metal em chamas, que ela descreveu como “insuportavelmente quente”, e avistado o alienígena morto.
A “criatura” tem cerca de 60 centímetros, uma cabeça enorme, grande olhos esbugalhados e aparência de algo entre um peixe e um humanoide. Ela possuí também algo que parece com um fino braço saindo do corpo.

Naturalmente, Yegorovnam fez o que a maioria das pessoas fariam nessa situação: guardou o alien no freezer por dois anos.
De acordo com o site Unexplained Mysteries, dois homens foram até sua casa alguns dias atrás e confiscaram o corpo para investigação, dizendo ser parte do Centro de Pesquisa Karelian, da Academia Russa de Ciências.
As fotos foram localizadas pelo escritor e especialista paranormal Michael Cohen.
Ele afirma que “isso podia ser uma farsa elaborada, mas a possibilidade de que seja um alienígena genuíno não pode ser descartada”.
A Rússia tem grande atividade de UFOs, e possíveis naves alienígenas já foram avistadas por agências militares e civis.

A última notícia russa veio após uma filmagem em agosto, na remota região siberiana Irkutsk, que mostrava uma estranha nave brilhante e cinco aliens andando na neve.
Em abril, dois estudantes que afirmaram ter recuperado um corpo alienígena de um acidente admitiram que a criatura era na verdade feita de pão.
Timur Hilall, de 18 anos, e Kirill Vlasov, 19, fizeram o vídeo que mostrava os pedaços do alienígena congelado na neve, também em Irkutsk.
Os dois foram questionados pela polícia sobre sua “descoberta espacial” , e assumiram a farsa – mas não antes da criação ter virado um sucesso virtual, com quase 700 mil visualizações no YouTube.

Fonte: [DailyMail]

,

Cientistas Espanhóis criam material que regenera ossos rapidamente

Substância é uma espuma que tem como base o fosfato de cálcio. 
Novidade faz com que o osso se regenere com rapidez.





A Universidade Politécnica da Catalunha, no nordeste da Espanha, desenvolveu um novo material que faz com que o osso se regenere com rapidez em pessoas que sofrem de osteoporose, câncer ou outras doenças que causam uma degeneração do tecido ósseo.

A nova espuma, que tem como base o fosfato de cálcio, se endurece dentro do osso e cria uma estrutura altamente porosa, "propriedades que facilitam a rápida regeneração do osso", disse à agência Efe Maria Pau Ginebra, coordenadora da equipe de pesquisadores do departamento de Ciências dos Materiais e Engenharia Metalúrgica.

Ginebra explicou que se chegou a este novo material a partir de um cimento de fosfato de cálcio já existente, mas que demorava muito, até anos, em ser reabsorvido e regenerar o osso.

Segundo a cientista, com a nova espuma em três meses o osso dos coelhos usados no estudo já tinha se regenerado. A equipe solicitou a patente da pesquisa e já está em contato com uma empresa inglesa interessada em sua comercialização.

Antes, segundo Ginebra, deverão ser realizados testes clínicos necessários em osso humano, um passo que só será dado se houver alguma indústria realmente interessada no produto.

Fonte: G1

Leia também: Veja o que acontece com o seu sistema gastrointestinal quando você medita

domingo, 30 de agosto de 2015

, ,

Artista cria ilustrações impactantes sobre a sociedade moderna e deixa a internet de queixo caido

“A sociedade é um lugar estranho atualmente”.


O artista londrino Steve Cutts é ilustrador e animador.
Cutts costumava trabalhar para várias empresas e marcas, mas parou em 2012 buscando trabalhos freelance.
Ele conversou com o BuzzFeed sobre a natureza de seu trabalho atual. “A sociedade é um lugar estranho atualmente e um dos papeis do artista sempre foi, tradicionalmente, comentar o período em que ele vive.”
“Para mim, é meu trabalho é conectar coisas que você não associaria imediatamente, reorganizando-as em uma forma irônica para transmitir uma mensagem”
Ele diz que seu estilo foi inspirado por cartoons dos anos 1930 e 1940, bem como por quadrinhos e graphic novels modernos.
Ele leva cerca de uma semana para fazer cada peça, sendo que existem várias versões de cada uma delas.
Ele pega a que mais se destaca e escolhe como o produto final.
Alguns trabalhos dele possuem títulos relacionados com o conteúdo, como esse aqui, chamado “Evolution”.
Enquanto outros são mantidos como trabalhos independentes, abertos à interpretação.
Cutts diz que ele tem recebido reações fortes às suas obras. “Estou absolutamente entusiasmado com as reações que meu trabalho recebeu até agora. Eu nunca sei como meu trabalho será recebido, então claro que é ótimo ter uma resposta tão fantástica!”.
Ele acrescentou que o objetivo que ele tenta alcançar é simples. “Eu tento fazer um trabalho que tenha uma visão geral, enquanto, com sorte, faço algumas pessoas rirem no caminho”.
Para mais informações sobre o trabalho de Cutts, visite o site dele aqui.

Fonte: Buzz Feed

sábado, 29 de agosto de 2015

, ,

Dedo humano fossilizado de 100 milhões de anos é encontrado e intriga cientistas

Muitas pessoas acreditam que a história mainstream está totalmente errada. Há pessoas que argumentam que muitas coisas a respeito do passado distante da humanidade têm sido mantidas em segurança longe da sociedade. E se a nossa história estiver toda errada? 




Um dedo de 100 milhões ano dedo fossilizado é uma daquelas coisas que não deveriam existir de acordo com cientistas do grosso da população.

Numerosas descobertas foram feitas nos últimos 50 anos que sugerem a humanidade tem habitado este planeta muito antes que a ciência convencional está nos dizendo.

Pegadas gigantes na África sugerem que diferentes espécies habitavam nosso planeta há 200 milhões de anos atrás. Um parafuso de 300 milhões de anos e um microchip de 240 anos de idade na Rússia aponta para a possibilidade de que no passado distante, uma espécie complexa e inteligente tenha habitado nosso planeta, e nós estamos encontrando evidências de sua existência hoje. É possível, que nosso planeta tenha passado por diferentes fases de desenvolvimento em que diferentes espécies dominaram o planeta.

Muitas pessoas acreditam que o nosso planeta teve diferentes fases, e que, em cada fase, a civilização e sociedade foram desenvolvidas de forma diferente.

De acordo com a arqueologia mainstream e antropologia, o mais antigo fóssil humano é de cerca de 2,8 milhões de anos. Mas como eu mencionei acima, tem havido muitas descobertas que desafiam este segmento de pensamento convencional. Uma dessas descobertas incríveis que quebra todos os padrões formados pela ciência é um dedo humano fossilizado que se acredita ser de 100 milhões de anos de idade.

Esta incrível descoberta foi feita na década de 1980 em uma pedreira de uma formação calcária no Texas.

O dedo 100 milhões anos de idade se assemelha a um dedo humano moderno

De acordo com Paleontólogos,  o dedo deve ter sido enterrado rapidamente num ambiente isento de oxigénio. Acredita-se que o indivíduo a quem o dedo pertenceu sofreu uma morte violenta e rápida.

O descobridor do "dedo fossilizado" foi um homem de sorte ao se deparar com algo parecido com isto.

O dedo misterioso foi seccionado por cientistas e revelou estruturas internas distintas que foram arranjadas em círculos concêntricos. Uma análise mais detalhada do dedo revelou a presença do que parecia ser ossos, articulações e tendões conservados no interior do dedo. As manchas escuras nos testes raio-x são vistos como manchas escuras na imagem.

Mesmo que os especialistas não possam atribuir a quem o dedo pertencia, ou a que espécie ele pertencia é muito improvável que ele pertencia a primatas.

A pergunta que fica é: como é possível que exista um dedo fossilizado 100 milhões anos de idade ? Será que algum tipo de espécie humana desconhecida viveu na Terra há 100 milhões de anos atrás? É possível que os "artefatos fora de lugar" não estão muito fora do lugar? Artefatos descobertos na Russa e China apontam para a possibilidade de que nosso planeta era habitado por uma espécie extremamente avançada, centenas de milhões de anos atrás. Mas pra onde eles foram? O que aconteceu com eles?

Nos diga o que você acha, é possível que os seres humanos habitam o planeta Terra há muito mais tempo do que nossos livros de história nos diz? É possível que este dedo misterioso levante evidências de que os seres humanos viveram na Terra centenas de milhões de anos atrás? Ou você acha que esta descoberta é apenas mais um hoax? 

Leia também: Milhares de gigantes foram descobertos em todo o mundo - Por que nos ocultam isso?

, , ,

Há um misterioso satélite na órbita da Terra definido para aterrisar daqui há 8 milhões de anos

Você sabia que existe um satélite que orbita o nosso planeta e é definido a está previsto para aterrissar na Terra daqui há 8 milhões de anos? A missão dele pode surpreendê-lo.





A NASA criou satélites chamados LAGEOS ou Laser Geodinâmica satélites, que são basicamente satélites científicos que estudam o nosso planeta. O satélite LAGEOS orbita o nosso planeta, de modo que ele possa ser visto a partir de várias estações terrestres de todo o mundo. O projeto LAGEOS é lindo. A nave espacial é composta de esferas de latão coberta de alumínio com um diâmetro de 60 cm, o satélite é coberto com 426 retrorefletores que faz com quem olhar o Satélite, literalmente enxergue-o como uma bola de golfe gigante. A sua missão principal não é o de levar uma mensagem aos futuros habitantes do nosso planeta, mas sim estudar e acompanhar o seu desenvolvimento.

É possível que tais satélites já existiam na Terra há milhares de anos?

O principal objetivo dos satélites é a medir com precisão a posição de satélites em relação ao nosso planeta, determinar a forma da Terra e estudar os movimentos tectónicos que estão associados com a deriva continental.

As estações terrestres que estão olhando para LAGEOS estão nos EUA, China, França, Polónia, Itália, Japão, Austrália, México e Peru.

Mas o que torna este satélite é tão importante? Bem, o satélite está definido para pouso de emergência no nosso planeta em 8 milhões de anos, portador de uma mensagem especial para qualquer um que habite nosso planeta em um futuro distante. A mensagem transportada pelo LAGEOS são três mapas diferentes da Terra: Um que é de 268 milhões de anos, uma mostrando como a Terra se parece hoje e um outro mapa irá mostrar como o planeta será semelhante no futuro.

Mas quem vai habitar nosso planeta daqui há 8 milhões de anos? Os seres humanos? Aliens? Ou deixará de existir vida no planeta Terra?

Imaginem que a vida "reinicie" em nosso planeta como acredita-se que tenha acontecido há milhões de anos. O homem primitivo está habitando o planeta e uma esfera estranha aterrize. O que esses "seres" futuros irão pensar sobre o dispositivo? Será que eles irão associam o satélite LAGEOS às divindades celestiais e deuses? Talvez como os nossos antepassados ​​fizeram milhares de anos atrás?

Se nós colocamos um tal dispositivo em órbita em torno de nosso planeta, não seria tão estranho se outra espécie tivesse feito o mesmo? E é possível que exista uma prova escrita de tais dispositivos em textos antigos e representações encontradas ao redor do mundo?

Leia também: 7 Irregularidades sugerem que a Lua da Terra foi projetada

, , , ,

7 Irregularidades sugerem que a Lua da Terra foi projetada

Mesmo que as missões Apollo trouxessem de volta à Terra enormes quantidades de dados sobre a lua, ela ainda continua a ser um enigma para os astrônomos e cientistas. Dr. Robert Jastrow, o primeiro presidente da Comissão de Exploração Lunar da NASA afirmou que a lua poderia ser um satélite artificial.





Mas o que é que tem de fato na lua que fascina a todos? Bem, existem muitas pessoas que acreditam firmemente que a lua da Terra é, na verdade um pedaço pedra projetado e um poderoso hardware que tem um 3 milhas camada externa espessa de poeira e rochas. Abaixo desta camada acredita-se que a lua tenha um escudo sólido de cerca de 20 milhas feitos de materiais altamente resistentes, como o titânio, urânio 236, mica, neptunium 237. Definitivamente elementos que você não esperaria encontrar "dentro" da lua.

Há muitos ufólogos de todo o mundo que especulam que a lua é na verdade uma base extraterrestre gigante onde monitoram o progresso da humanidade.

Há tantos mistérios que cercam a lua da Terra que existem aqueles que propuseram que a Lua poderia ser algo totalmente diferente.

Robin Brett, um dos cientistas da NASA afirmou: "Parece mais fácil explicar a não existência da Lua do que a sua existência."

Aqui estão 7 Irregularidades que sugerem a Lua da Terra foi projetada e pode ser uma base oca gigante:

1)  Em novembro de 1969, a NASA intencionalmente bateu um módulo lunar que causou um impacto equivalente a uma tonelada de TNT na Lua. As ondas de choque construídas mostraram aos cientistas da NASA o que estava acontecendo na Lua. Estranhamente, após o impacto, os cientistas da NASA disseram que a Lua soou como um sino e da reverberação continuar por trinta minutos. De acordo com Ken Johnson, supervisor dos dados e controle de foto do departamento, a Lua não só soou como um sino, mas toda a Lua "balançou" de uma forma tão precisa que era "quase como se ela tivesse um amortecedor hidráulico gigantesco dentro dela.

2) A Lua tem elementos que não deveria ter.

 Na década de 1970, Mikhail Vasin e Alexander Shcerbakov da Academia Soviética de ciência escreveu um artigo chamado: "A Lua é a uma criação de extraterrestres Inteligentes ?" Era um artigo muito interessante que levantavam algumas perguntas importantes. Como é possível que a superfície da lua seja tão dura e por que ela contém minerais como o titânio? Misteriosamente, há algumas rochas lunares que foram encontrados conter metais processados, tais como latão, Mica e os elementos de urânio 236 e 237 Neptunium que nunca foram encontrados naturalmente. No entanto, existem vestígios deles na Lua. O urânio 236 é um desperdício nuclear radioativo que é encontrado em urânio e reprocessamento nuclear gasto. Mais interessante, Neptunium 237 é um elemento metálico radioativo e um subproduto de reatores nucleares e da produção de plutônio. Você tem que fazer a pergunta: O que está acontecendo na Lua da Terra? De onde estão vindo esses elementos e minerais ?

3) A lua da Terra não tem um núcleo sólido como qualquer outro objeto planetário. 

Os pesquisadores tem quase 100 por cento de certeza de que a Lua é de fato oca ou tem um interior de muito baixa intensidade. Estranhamente, as concentrações de massa da Lua está localizado a uma série de pontos logo abaixo da superfície.

4) A Lua é mais antiga do que a Terra. 

Nossa Lua é diferente de qualquer outro satélite descoberto no universo até agora. Os pesquisadores sabem que a Lua tem cerca de 4,6 bilhões de anos e que levanta uma série de perguntas. Isto significa que a lua é mais antiga do que a Terra por cerca de 800.000 anos de acordo com cientistas.

5) A lua tem uma órbita Incrivel. 

Lua da Terra é a única lua no sistema solar que tem uma órbita perfeita estacionária e circular. É um facto que a Lua não gira como um corpo celeste natural. Em outras palavras, a nossa Lua não compartilha algumas características com outras luas encontrados em nosso Sistema Solar. Se não fosse estranho o suficiente, a partir de qualquer ponto da superfície do nosso planeta, apenas um lado da Lua é visível. O que a lua esta escondendo?

6) Rochas lunares e titânio. 

Há algumas rochas lunares que foram encontrados para conter dez vezes mais titânio que "titânio" rochas ricas no planeta Terra. Aqui na Terra nós usamos Titanium em jatos supersónicos, submarinos de mergulho profundo e naves espaciais. inexplicável... Dr. Harold Urey, ganhador do Prêmio Nobel de Química disse que estava "terrivelmente intrigado com as rochas encontradas astronautas na Lua e seu conteúdo de Titanium. As amostras eram inimagináveis ​​e alucinantes e pesquisadores não puderam explicar a presença de titânio na lua.

7) Posição precisa. 
Se todos os pontos acima não levá-lo a pensar diferentemente sobre a lua da Terra, aqui estão algumas coisas mais interessantes sobre a Lua. O que mantem a Lua na sua posição quase perfeita? A lua tem uma altitude precisa, rumo e velocidade, permitindo-lhe sua "função" de forma adequada no que diz respeito do planeta Terra.

Tudo aponta para a possibilidade de que a Lua da Terra foi de fato colocada em sua posição atual no passado distante. A órbita  antinatural da Lua e sua composição irregular levanta centenas de perguntas que nem os cientistas da NASA, astrônomos ou geólogos são capazes de responder hoje. Apesar de todos os esforços para compreender o satélite "natural" da Terra, a verdade é que temos muito pouca informação sobre a origem e a finalidade da Lua. O que você acha que a lua é? Uma ocorrência natural, quase perfeita? 
Ou as origens da Lua ultrapassam o entendimento humano?

Veja também: Alienígenas na Lua: A Verdade Exposta - Legendado HD (Oficial)

,

Esta descoberta histórica sem precedentes irá reescrever a nossa história!

A grande mídia arqueológica está lutando para encontrar alguma razão para rejeitar e desprezar as consequências extraordinárias das escavações que estão ocorrendo agora em Gunung Padang, na Indonésia.





Desde a sua primeira exploração por arqueólogos em 1914 pensava-se que o local era uma colina natural com estruturas megalíticas de 2.500 anos de idade, em cima dela. Mas em 2010 o geólogo Dr. Danny Hilman Natawidjaja (que obteve seu doutorado na Cal Tech) reconheceu esse "monte" como uma possível pirâmide feita pelo homem e começou a explorá-la usando radar de penetração no solo, tomografia sísmica, levantamento de resistividade e outras técnicas de sensoriamento remoto, bem como algumas escavações diretas e profundas.

Os resultados foram intrigantes, o local apresenta evidências de câmaras feitas pelo homem profundamente enterradas e rendendo datas de carbono que vão para quase 26 mil anos. Esta foi a última Era Glacial, quando os nossos antepassados ​​eram supostamente (segundo o modelo arqueológica ortodoxa) nada mais do que caçadores primitivos, incapazes de construir e ter conhecimento em engenharia como esses feitos em grande escala. Seria possível que geólogo Natawidjaja desenterrou a prova de uma civilização perdida avançada da antiguidade pré-histórica? Tais idéias são heresia para os arqueólogos convencionais e com certeza o estabelecimento arqueológico na Indonésia se uniram contra o Dr. Natawidjaja e sua equipe, que pressionaram as autoridades políticas, para que ele pudesse parar suas pesquisas, embora ele não tenha parado completamente.

Dr Natawidjaja reagiu, fazendo algum lobbying de alto nível, levando o assunto ao Presidente da Indonésia por si mesmo. Houve mais atrasos a ver com as eleições na Indonésia, um ano atrás, em meados de agosto de 2014, os últimos obstáculos foram levantados e Dr Natawidjaja e sua equipe se mudou de volta para o local da Gunung Padang com total aprovação a ir em frente com a seu trabalho, incluindo a permissão para escavar as câmaras escondidas.

Os arqueólogos ficaram furiosos e imediatamente começaram a fazer lobby para começar a interromper o trabalho - felizmente sem sucesso, porque escavações preliminares têm produzido resultados que provam além de qualquer dúvida que Gunung Padang é de fato uma pirâmide feita pelo homem na antiguidade como Dr Natawidjaja há muito tempo tinha proposto. Mesmo o relativamente jovem a camada até agora escavada rendeu datas de 5200 aC (cerca de 3000 anos mais velhas que a datação ortodoxa para as Pirâmides de Gizé, no Egito). Em suma, é agora evidente para todos que o local é muito mais velho do que os 2500 anos que os arqueólogos haviam insistido por décadas.

Quanto à evolução dos trabalhos em Gunung Padang, Dr Natawidjaja escreve o seguinte:

"O progresso da pesquisa está sendo ótimo. Nós escavamos mais três pontos à direita no topo do sítio megalítico nas últimas semanas, que dão mais provas e detalhes sobre as estruturas enterradas. Descobrimos muito mais artefatos de pedra dentro das escavações. A existência da estrutura piramidal abaixo do sítio megalítico agora é alta e clara; mesmo para os não-especialistas, não é muito difícil de entender se eles vir e ver por si mesmos. Encontramos algum tipo de salão aberto enterrado por solo 5-7 metros de espessura; no entanto, ainda não entramos na câmara principal. Estamos agora trabalhando na perfuração para a localização da câmara.
Fique ligado para mais novidades!

Leia também: 8 Soldados americanos desaparecem apos achar nave de 5000 anos de idade no Afeganistão? Inacreditável!

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

, ,

Engenheiro de 75 anos de idade cria maquina capaz de gerar água potável no deserto a partir do nada

Um engenheiro de 75 anos de idade, conseguiu criar uma máquina capaz de produzir água potável no deserto.




Segundo seu inventor, o protótipo desta máquina é capaz de produzir 3000 litros de água potável por dia, mesmo no deserto mais seco do nosso planeta . Basta imaginar o que nossos antepassados ​​teriam dito ao ver um dispositivo que cria a água através do "nada". 

Sera que o Sr.Veiga teria sido considerado como uma espécie de deus? Talvez como o Deus da "água doce"? É incrível como está evoluindo a sociedade, as mudanças tecnológicas e as nossas vidas em geral.  Seu inventor, de 75 anos Enrique Veiga, um técnico de refrigeração que reside na cidade de Sevilha, Espanha conseguiu desenvolver um mecanismo capaz de extrair a umidade do ar e transformá-la em água. 
A máquina revolucionária usa a mesma quantidade de eletricidade como uma máquina de lavar doméstica usa para criar autonomamente água potável. 

Para obter o desenho atual da máquina e sua produção máxima, Veiga tinha um monte de trabalho a fazer. "Comecei a trabalhar neste dispositivo quase vinte anos atrás, a primeira patente registrada é de 1995, quando uma seca estava cruzando a Espanha eu resolvi trabalhar sobre isso. Com esta incrível invenção, as pessoas seriam capazes de superar a falta de água em extrema situações como as em campos de refugiados e as catástrofes naturais, tendo a água potável livre de impurezas. Ela também pode ser usada para gerar o abastecimento de água para consumo doméstico pequeno. 

É uma outra ideia revolucionária que definitivamente pode empurrar a humanidade para uma melhor qualidade de vida"

Leia também: Engenheiro paulista cria máquina capaz de produzir água a partir do ar

, ,

Físicos descobrem evidencias que o nosso universo é de fato um holograma

"Uma equipe de físicos forneceram o que foi descrito pela revista Nature como a "evidência mais clara até agora" que o nosso universo é um holograma. 

A nova pesquisa poderia ajudar a conciliar um estudo complexo e duradouro problema da física moderna: as aparentes incoerências entre os diferentes modelos do universo explicadas pela física quântica e a teoria da gravidade de Einstein. Os dois novos artigos científicos são o culminar de um trabalho de anos liderada por Yoshifumi Hyakutake, da Universidade de Ibaraki, no Japão, que apresentam cálculos hipotéticos das energias de buracos negros em universos diferentes . 




A idéia do universo existente como um "holograma" não se refere a uma ilusão de Matrix, mas a teoria de que as três dimensões que percebemos são, na verdade, uma "pintura" no horizonte cosmológico - a fronteira do universo conhecido. Se isso soa paradoxal, tente imaginar uma imagem holográfica que muda conforme você a move. Embora o quadro seja bidimensional, observá-lo a partir de diferentes localizações cria a ilusão de que é 3D. 

Este modelo do universo ajuda a explicar algumas inconsistências entre a relatividade geral (teoria de Einstein) e a física quântica. Embora o trabalho de Einstein sustente grande parte da física moderna, em certos extremos (como no meio de um buraco negro). O método tradicional de conciliar esses dois modelos veio de 1997, os trabalhos do físico teórico Juan Maldacena, cujas idéias são construídas sobre a teoria das cordas. Esta é uma das "teorias de tudo" mais bem respeitadas (Stephen Hawking é um fã) e postula que os objetos de vibrações unidimensionais conhecidos como "cordas" são as partículas elementares do universo. Maldacena congratulou-se com a nova pesquisa por Hyakutake e sua equipe, contando a revista Nature que os resultados são "uma forma interessante de testar muitas idéias na gravidade quântica e teoria das cordas." Leonard Susskind, um físico teórico considerado como um dos pais da teoria das cordas, acrescentou que o trabalho pela equipe japonesa é: "numericamente confirmado, talvez pela primeira vez, temos bastante certeza de que algo é verdade''.

Fonte: Nature

Leia também: Matrix: Nossa vida é uma simulação? Esses três cientistas demonstram que é possível

,

Cidade fantasma argentina ressurge das profundezas após 25 anos

Cidade fantasma ressurge após 25 anos sob a água: 






Epecuen, Argentina - Uma cidade fantasma que passou um quarto de século sob a água está vindo à tona para respirar novamente  ao sudoeste de Buenos Aires. 

Epecuen era um resort muito movimentado que ficava à beira de um grande lago, onde 20 mil turistas se hospedavam no local por temporada. Durante a era de ouro da Argentina, os mesmos trens que transportavam grãos para o exterior traziam os visitantes da capital para relaxar em banhos e balneários de água salgada do Epecuen  .

Estima-se que Epecuen foi o lar de 1.500 moradores, antes de começar a inundação em 10 de novembro de 1985. Após as fortes chuvas o lago Epecuen transbordou. Levou apenas 20 dias para a cidade submergir sob quase 10 metros de água, forçando todo mundo a se mudar.

Em seguida, uma tempestade particularmente pesada seguida de uma série de invernos chuvosos, o lago transbordou em 10 de novembro de 1985. Água rompeu um muro de contenção que acabou por invadir a cidade. As pessoas fugiram com o que podiam, e em poucos dias as suas casas ficaram submersas sob quase 33 metros de água salgada corrosiva. 

Agora, a água tem baixado expondo o que parece ser uma cena de um filme sobre o fim do mundo. A cidade não foi reconstruída, mas tornou-se um destino turístico  mais uma vez, para pessoas dispostas a dirigir pelo menos seis horas de Buenos Aires para chegar até aqui, ao longo 340 milhas de estradas estreitas.

As árvores são refletidas na água em Epecuen. Muitos moradores fugiram para Carhue nas proximidades, outra cidade à beira do lago, e criaram novos hotéis e spas, prometendo escapadelas relaxantes apresentando água salgada e lama faciais.

Um homem se recusou a deixar a aldeia. Pablo Novak, agora com 82 anos, ainda vive na periferia da cidade, acolhendo pessoas que vagueiam pelas ruas destruídas.

Confira as fotos:









, ,

Engenheiro paulista cria máquina capaz de produzir água a partir do ar

Se a água é formada por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio, para produzi-la bastaria conseguir os três elementos e uni-los?

 


A natureza não funciona bem assim, mas Pedro Ricardo Paulino, um engenheiro de Valinhos, localizada a 85 km de São Paulo, desenvolveu uma máquina capaz de produzir água a partir do ar.

Todo mundo sabe que água é um bem precioso, mas em tempos de crise isso pode ser sentido na pele. Com isso, mais do que nunca, a Waterair é um sucesso na região. Para funcionar, o sistema captura o ar ambiente, condensando as moléculas de água e passando-as por um filtro especial e por tratamento com raio ultravioleta.

A água produzida é tão pura que é usada até mesmo em tratamentos com hemodiálise. Para ser consumida, no entanto, ela passa por um segundo filtro, que adiciona os sais minerais necessários. Vale mencionar que, para não deixar o ar do ambiente completamente seco, a máquina para de funcionar quando detecta a umidade em menos de 10%.

Tudo o que você precisa para ter água em casa, então, é de ar e de uma tomada. Segundo o engenheiro, o gasto de energia elétrica para produzir mil litros de água na Waterair é de R$ 170 – a Sabesp distribui a mesma quantidade de água por R$ 7,25. No fim das contas, não se trata de uma alternativa exatamente barata ou ideal, devido ao gasto de energia, mas é uma solução para quem precisa de água potável em tempos de crise.

A Waterair é construída a partir de peças importadas e, devido à demanda ainda pequena, possui um custo elevado. Uma máquina que produz 30 litros de água por dia sai por R$ 7 mil, enquanto que o maior modelo, que faz até 5 mil litros por dia, custa R$ 350 mil.
Vale a pena conhecer essa invenção de mais um brasileiro criativo:
Todas as fotos © Folha de S. Paulo


quinta-feira, 27 de agosto de 2015

, ,

Rússia avisa: Se os EUA não contarem a verdade sobre os Extraterrestres, nós contaremos!

Uma denúncia extraordinária do Ministério dos Assuntos Exteriores da agenda do Primeiro Ministro Medvedev no Fórum Econômico Mundial (WEF) dos estados afirma que a Rússia irá avisar ao Presidente Obama que a “hora está chegando” para que o mundo saiba a verdade sobre os aliens, e se os Estados Unidos não participarem no anúncio, o Kremlin o fará por si próprio.





O Fórum é melhor conhecido por seu encontro anual em Davos, um resort nas montanha de Graubünden, a leste da região dos Alpes na Suíça. O encontro reúne alguns dos 2,500 grandes líderes de negócios, líderes políticos internacionais, intelectuais escolhidos e jornalistas para discutir sobre as questões urgentes acerca do mundo, incluindo saúde e o ambiente.

Ele [Medvedev] foi questionado por um repórter se “o presidente detém arquivos secretos quando ele recebe a maleta necessária para ativar o arsenal nuclear da Rússia”, Medvedev respondeu:

“Junto com a maleta sobre códigos nucleares, é dada pelo presidente do país uma pasta “top secret. Essa pasta, em seu conjunto, contém informações sobre os aliens que visitaram nosso planeta… Junto com isso, será dada uma denúncia do serviço especial absolutamente secreto de exercícios de controle acerca dos aliens no território do nosso país… Informações mais detalhadas sobre o tema você pode conseguir em um filme bem conhecido chamado MIB: Homens de Preto… eu não te contarei de que modo muitos deles estão entre nós porque causaria isso poderia causar pânico.

Fontes de notícias do Ocidente relatam a chocante resposta de Medvedev sobre aliens determinada de que ele estava “brincando” quando mencionou MIB, que foi suposto erradamente ter sido sobre o filme de comédia e aventura americano sobre dois agente secretos que combatem aliens nos Estados Unidos. Medvedev, contudo, não estava se referindo ao filme americano, mas estava, ao invés disso, se referindo ao famoso documentário russo Men In Black que detalha muitas anomalias de OVNIs e aliens.
Se alguém está “perdendo a cabeça” a respeito dos aliens, isto precisa ser apontado, certamente não é a Rússia, mas o Vaticano, que anunciou em Novembro de 2009 que estava se “preparando para uma revelação extraterrestre”.

Igualmente, e aparentemente, “perdendo a cabeça” estão os próprios oficiais do governo dos Estados Unidos, assim como o consultor anterior do Pentágono Timothy Good, e o autor de Above Top Secret: The Worldwide U.F.O. Cover-Up, que em Fevereiro de 2012 expôs que o antigo Presidente Dwight Eisenhower teve três encontros secretos com aliens, os quais foram em aparência ‘Nórdica’, em que um ‘Pacto’ foi assinado para manter esta agenda da Terra secreta.

Com a recente descoberta na cidade de Vladivostok, na Rússia, de 300 milhões de anos, de um OVNI como uma roda dentada , e cientistas, astronautas e usuários do YouTube relatando cada vez mais estranhos acontecimentos na Lua, a agência Espacial Europeia relatando sua descoberta de um antigo rio de 1,000 anos em Marte, e cientistas do Reino Unido e do Sri Lanka dizendo que eles agora tem “uma rocha sólida como prova de vida alienígena” depois de encontrarem uma alga fossilizada dentro de um meteorito, os únicos que viram para estar verdadeiramente “perdendo a cabeça” estão no Ocidente, especialmente americanos, propagandistas que por décadas tem escondido uma das mais importantes histórias em toda a história humana, a de que “nós não estamos sozinhos.”
Se Medvedev conseguirá convencer o regime de Obama a contar a verdade sobre OVNIs e aliens, na WEF essa semana, não é de nosso conhecimento.

 O que é de nosso conhecimento, entretanto, é que com ou sem os Estados Unidos, o Kremlin irá seguramente começar o processo sobre falar a respeito da verdade em torno do que já sabemos ser verdade.

O vídeo está aqui, ele tem uma opção de legenda em português do youtube, que não é excelente mas da pra entender.


Fonte: Dn

Veja também: Geólogo americano é morto após contar toda a verdade em palestra sobre Extraterrestres e nova ordem mundial

, ,

Índios Macuxi da Amazônia afirmam que a ''Terra oca'' realmente existe

Os índios Macuxi sabem da existência da Terra Oca há quase cem anos. Será que de fato a terra oca existe ou é mais outra incrível história do folclore?





E se clássico "Viagem ao Centro da Terra" de Júlio Verne fosse realmente verdade? E em algum lugar lá embaixo, todo um mundo novo estaria esperando para ser explorado, um lugar onde de alguma forma, os seres vivos habitam as profundezas do nosso planeta, um lugar que culturas e civilizações antigas sabiam que existia, ou ainda existe hoje. E se de fato isso for realmente verdade?

Os índios Macuxi são povos indígenas que vivem na Amazônia, no Brasil, Guiana e Venezuela. De acordo com suas lendas, eles são os descendentes dos filhos do Sol, o criador do Fogo e da doença e os protetores do "interior da Terra."

Suas lendas orais falam de uma entrada na Terra. Até o ano 1907, os Macuxies entraram em algum tipo de caverna, e viajaram de 13 a 15 dias até que chegaram ao interior. É ali, "no outro lado do mundo, no interior da Terra" é o lugar onde os gigantes vivem, criaturas que têm cerca de 3-4 metros de altura.

De acordo com os Macuxies a eles foi dada a tarefa de cuidar de fora a entrada para impedir que os estranhos entrem na "Terra oca." Lendas do povo Macuxi afirmam que aqueles que entram no caminho da caverna misteriosa, descem durante três dias escadarias gigantes. Após o terceiro dia, eles deixam para trás suas tochas, e continuar sua jornada ao centro da Terra, iluminado por luzes que já estavam presentes nas cavernas. Lanternas gigantes, do tamanho de uma melancia e brilhando como o sol.

Depois de 4 a 5 dias de viagem, aqueles dentro da caverna começam a perder peso e massa corporal, o que lhes permite se mover muito mais rápido. As lendas do povo Macuxi afirmam que 5 dias dentro das cavernas, eles começaram a ver enormes cavernas cujos limites não podiam serem vistos, e em uma das câmaras do sistema de cavernas, há quatro objetos "como o Sol", que são impossíveis de fixar o olha, cujo propósito é desconhecido para o povo Macuxi.

Existe um mundo dentro do nosso "mundo"?

No interior da Terra, há lugares onde as árvores com alimentos são capazes de crescer. Os Macuxi dizem que frutas como caju , carvalhos, mangas, bananas e algumas plantas menores podem ser encontradas durante 6-7 dias em sua jornada. Quanto mais o povo Macuxi desceu para o centro da Terra, maior áreas com vegetações apareciam. Mas nem todas as áreas são verdes e prósperas. O povo Macuxi dizem que alguns lugares são extremamente perigosos e devem ser evitados, como aqueles com pedras e riachos.

É possível que haja uma entrada para o interior da Terra apenas como lendas Macuxi sugere?

As tradições orais dos Macuxis continuam a dizer que depois de passar estas câmaras gigantes, tendo passado metade da viagem, eles precisam se mover com cuidado uma vez que o "ar" misterioso pode levar as pessoas a "voar ou flutuar" ao redor. Continuando sua jornada, eles iriam chegar a um lugar no interior da Terra, onde os gigantes viveram. Lá, os exploradores Macuxi iriam comer a comida dos gigantes, onde existem maçãs do tamanho de uma cabeça humana, uvas do tamanho de um punho humano, e peixes deliciosos e gigante foram capturados pelos gigantes e entregues ao Macuxis como presentes.

Após abastecer com comida oferecida pelos gigantes, os exploradores Macuxi voltaram "para casa", para o mundo "exterior", ajudados pelos gigantes do mundo interior.

O Macuxi disseram ser os "guardiões" do submundo, os protetores da entrada para o interior da Terra, e suas lendas falam de uma terra, no interior da terra, que está cheia de poderes e riquezas incríveis.

Esta lenda, claro, é considerada por muitos como apenas lenda, uma outra história dos antigos. Mas, para os Macuxi, a sua "lenda" é totalmente real e eles eram os protetores da entrada até exploradores britânicos chegarem na Amazônia em busca de ouro e diamantes, ao se aventurar nas cavernas, nunca voltaram novamente. Os Macuxis dizem que os gigantes acabaram punindo eles por não cumprir os seus deveres e as "lendas" dos gigantes desapareceram com os anos.
O que você acha? É possível que esta seja apenas mais uma lenda? Ou há algo mais nessa história toda? De acordo com muitas civilizações antigas e culturas ao redor do mundo a Terra Oca existe.  A existência de seres gigantes que habitam o nosso planeta é outro fato presente em dezenas de culturas antigas em todo o mundo, até mesmo presentes em textos religiosos, como a Bíblia.
É possível que as lendas Macuxi sejam reais? E que em algum lugar na Amazônia, uma entrada para o interior da Terra existiu no passado? Será que ainda existe?

Leia também: Terra oca: Cientistas fazem descoberta incrível - Existe um 'Sol interno' no centro da terra!