sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Tags: , ,

Geólogos australianos se surpreendem ao descobrir meteorito mais antigo que a terra


Uma equipe de geólogos australianos descobriu um meteorito que, segundo eles, teria 4,5 bilhões de anos e teria chegado até a Terra vindo de mais longe que Marte. Os pesquisadores conseguiram encontrá-lo poucas horas antes de uma forte tempestade, que poderia ter levado o objeto para muito longe. As informações são do site Oglobo.




De acordo com os geólogos, que são da Universidade Curtin, o meteorito pesa 1,7 quilo e entrou na atmosfera da Terra no final de novembro. Desde então, a equipe estava trabalhando para encontrá-lo, e, na véspera do ano novo, conseguiu rastreá-lo, descobrindo que ele se encontrava na região conhecida como o Outback australiano — uma grande área desértica no interior do país.

O meteorito estava em um local remoto no Lago Eyre, onde o geólogo Phil Bland, professor e líder da equipe, cavou com as próprias mãos e conseguiu retirá-lo, enquanto uma tempestade se aproximava.

O meteorito foi encontrado na região desértica do interior da Austrália - 

— Foi um esforço incrível — disse Bland em um comunicado da universidade para a imprensa.

Acredita-se que o meteorito tenha se criado no início da formação do sistema solar, sendo "mais velho do que a própria Terra", conforme afirmou Bland, de acordo com a "ABC News" australiana. O pesquisador estima que a rocha tenha vindo de além da órbita de Marte.

O meteorito é o primeiro a ser recuperado com a ajuda da "Desert Fireball Network", uma nova rede científica que reúne 32 observatórios na Austrália.

— Essa recuperação será a primeira de muitas — espera Bland. — Cada um desses meteoritos nos dará uma janela única para a formação do sistema solar.

Veja abaixo o vídeo que mostra o momento em que Phil Bland encontrou o meteorito.