sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Tags: , ,

Uma das sociedades secretas mais antigas do mundo promete divulgar alguns de seus segredos ao mundo

Prestes a comemorar o seu 300º aniversário, a maçonaria britânica traça planos para melhorar sua imagem para acabar com mitos.

Por conta do seu carater fechado, sociedades deste tipo são ligadas a inúmeras teorias da conspiração, aos Illuminati, uma suposta Nova Ordem Mundial e por aí vai. As origens exatas da maçonaria são incertas, mas sua primeira grande loja abriu em 1717, no Reino Unido.

Agora, o assessor de imprensa Mike Baker, da Grande Loja Unida da Inglaterra (UGLE, da sigla em inglês), em Londres, conversou um pouco sobre essa disposição em tornar a maçonaria menos secreta. Como seria isso?

"Nós realmente proibimos política e religião no que fazemos por causa da nossa história e porque nós não gostaríamos de parecer motivados politicamente. Você sabe, as teorias de conspiração ao redor, com Bilderberg e coisas desse tipo."

Então, por que se juntar à maçonaria se não há nenhuma oportunidade de se intrometer na política? Mike diz que são tudo valores morais e éticos. Ele alega que os maçons fazem doações de caridade como parte de seu envolvimento com a comunidade. Como exemplo, cita que neste exato momento há um financiamento para a aquisição de uma segunda ambulância aérea em Londres.

Ser Supremo

Mike revela que um dos requisitos básicos da UGLE é que seus membros acreditem no Ser Supremo. "Assim como isso é, como uma força criativa". Ele acrescenta, rapidamente, que não há satanistas. É verdade que outras ordens da Maçonaria, como o Grande Oriente da França, aceitam ateus. Mas o UGLE tem sido firme na recusa de imitar o estilo francês. "As obrigações globais que temos são pura e simplesmente de ser uma boa pessoa e defender os nossos valores. É por isso que o Ser Supremo é importante para nós."
Aperto de mão

E sobre o famoso aperto de mão maçônico, é real? "Sim", diz Mike. "Eles não são nada realmente estranho ... Tudo o que eles são é uma forma de qualificação para você passar de uma fase para a próxima. Então, depois de sua iniciação, está dado outro sinal de reconhecimento ou aperto de mão, o que lhe permite passar para o próximo nível ... E na verdade é um pouco chato ".

Revelar todos os segredos não será tarefa fácil e, ao mesmo tempo, levanta uma questão: qual a graça de participar de uma sociedade secreta que não é mais secreta? Mike diz que boa parte dos documentos da UGLE estão disponíveis, mas o desafio é justamente abrir as portas o suficiente sem deixar escapar o fascínio. Será sem dúvida uma boa meta para o 400o. aniversário da maçonaria britânica. Via: History