quarta-feira, 9 de março de 2016

Tags:

''Cannahoney'' Apicultor Francês treina abelhas para produzirem mel a partir da maconha

Já imaginou que delícia lambuzar-se com um mel produzido a partir das flores da cannabis? Pois um apicultor francês não só pensou nisso, como domesticou suas abelhas para fazer mel canábico. Famoso pelo apelido de Nicolas Trainerbees, ele apelidou sua criação de cannahoney. As informações são do site: maryjuana.com.br





“Utilizo uma técnica de treinamento com a qual as abelhas coletam a resina da maconha e a utilizam na colmeia”, disse Nicolas à reportagem dos nossos parceiros da Dinafem.

A ideia de “treinar” as abelhas para fazer mel de maconha surgiu a partir de uma necessidade própria. Hiperativo desde a infância, Nicolas – que hoje tem 39 anos e também é artesão e serralheiro – encontrou na cannabis o alívio para os sintomas da doença. “Comecei a consumir antes de completar 10 anos de idade”, revelou o apicultor

Ciente dos benefícios de ambas substâncias – 0 mel e a maconha – o francês decidiu então juntar as duas paixões num produto inédito, cuja produção infelizmente ainda é restrita graças às restrições impostas à erva na ainda proibicionista França.

Embora muitos desacreditassem na possibilidade de extrair mel a partir da maconha, em pouco tempo de pesquisas Nicolas conseguiu demonstrar o contrário.

As primeiras amostras do mel de maconha surgiram em 2014, após a observação de que “as abelhas utilizam a resina como própolis e também para criar mel com os mesmos efeitos da cannabis”, afirma, ressaltando que o o gosto do produto “lembra flores frescas” e muda conforme a colheita em questão.

Até o momento, o apicultor possui trinta colmeias destinadas à fabricação do cannahoney. Já as plantas utilizadas no processo provém de “espaços públicos”, segundo a reportagem, e consistem em variedades criadas pelo próprio apicultor a partir de strains consagradas, como a California Orange.
Disposto a colocar seu produto no mercado e viver em paz num local onde possa cultivar livremente, Nicolas pretende se mudar para a legalizada Espanha muito em breve. Fonte:  maryjuana.com.br

Veja também: Menino autista ganha capacidade de falar depois de usar óleo de Cannabis por dois dias!