Cientistas fazem descoberta revolucionária que nos deixa mais perto da IMORTALIDADE

Os cientistas deram, recentemente, um avanço importante na história da criopreservação: congelaram e recuperaram, depois de um longo período, o cérebro de um coelho.


Para isso, pesquisadores do centro 21st Century Medicine utilizaram uma técnica revolucionária chamada criopreservação aldeído-estabilizada, pela qual é injetado um composto químico no sistema vascular do cérebro, que permite conversar os tecidos a temperaturas de -135ºC. 

Pela primeira vez, em um procedimento dessa natureza, as sinapses, as membranas celulares e as estruturas intracelulares não foram danificadas. Os cientistas conseguiram demonstrar que todas as regiões do cérebro que se associam à aprendizagem e à memória resistiram intactas ao processo de congelamento e conservação. 

A descoberta valeu o reconhecimento da Fundação de Preservação Cerebral, que premiou os pesquisadores por seu trabalho notável. Kenneth Hayworth, neurocientista júri do concurso, disse: “Esse resultado responde diretamente às críticas céticas e científicas contra a criogenia, segundo as quais é impossível conservar o delicado circuito sináptico do cérebro”. Fonte: History

Veja também: Cientistas dizem que a vida como conhecemos pode ter suas origens em outro lugar do cosmos

Cientistas fazem descoberta revolucionária que nos deixa mais perto da IMORTALIDADE Cientistas fazem descoberta revolucionária que nos deixa mais perto da IMORTALIDADE Reviewed by Adm on 14:20 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.