quarta-feira, 9 de março de 2016

Tags:

Misteriosos sons vindo de dentro de antigas tigelas tibetanas fazem água flutuar!

Uma pesquisa experimental sobre dinâmica de fluidos com tigelas tibetanas mostrou o comportamento acústico do som gerado pelos objetos, que podem fazer com que gotas de água levitem. As informações são do site: epochtimes.com.br





As tigelas são originárias de rituais Himalaios Tibetanos do século V e geralmente são feitas de bronze. Elas produzem um som quando um bastão é friccionado ao redor da tigela.

Dois cientistas da Université de Liège, na Bélgica, e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) encheram as tigelas com água e filmaram os padrões vibracionais que surgem. A câmera de alta velocidade mostrou como as ondas na superfície são formadas, criando gotas de água que saltam pelo líquido.

As ondulações formam no interior do líquido um receptáculo de vibração. A superfície torna-se instável uma vez que a frequência de vibração se eleva acima do valor crítico, gerando gotículas que se rompem na superfície.

“Nosso estudo indica que a gotas podem levitar sobre a superfície do fluido, induzido-as a saltar ou pular sobre toda a superfície do líquido”, escreveram os autores no resumo do estudo.

O estudo permitiu aos pesquisadores entenderem como um líquido interage com materiais sólidos, o que é útil em engenharia, por exemplo, na carga de vento sobre pontes.

“Embora nosso sistema represente um exemplo de interações líquido-sólido, foi motivado mais por curiosidade do que pelas aplicações em engenharia”, disse o autor sênior John Bush no MIT, em um comunicado de imprensa.

“Estamos satisfeitos com os resultados da nossa pesquisa. Sentimos que elucidou a física básica do sistema. No entanto, podemos encontrar surpresas adicionais, alterando a tigela ou propriedades dos líquidos.”

Estas descobertas podem ter aplicações de geração de gota em injetores de combustível e sprays de perfume, e foram publicados na revista “Nonlinearity” em 2011. 

Veja o vídeo: 



Veja também: Misterioso ruido nos céus ''Trombetas do apocalipse'' deixam moradores de Minas Gerais apavorados