terça-feira, 19 de abril de 2016

Tags:

Especialistas recomendam: Dieta famosa nos EUA além de emagrecer, tem o poder de curar o câncer!

Esta dieta está a fazer um enorme sucesso nos Estados Unidos e em vários países, porque além de emagrecer ela ainda cura e previne o cancro!

Alguns praticantes dizem que, além de emagrecer, ela tem a capacidade até de curar o cancro. Pois para eles, esta dieta elimina gorduras e “mata” o cancro de fome.
Como assim? Vamos explicar.

A dieta retira do cardápio todos os alimentos com carboidratos, como pão, arroz e batata.
Normalmente, o organismo utiliza o açúcar oriundo dos carboidratos para produzir energia.
Mas, sem carboidratos, a gordura passa a ser a fonte de energia e o corpo entra num processo chamado de cetose porque passa a queimar a gordura que utiliza como fonte de energia.

Esta dieta é de alto consumo de gorduras e muito baixo de carboidratos.
Elas produzem no nosso organismo um constante estado de cetose (ketosis), no qual o organismo usa a gordura ou os “corpos cetónicos ou ácidos graxos” (cetonas) como fonte de energia em vez da glicose (açúcar).

O termo cetose originou o nome da dieta: cetogénica.

Foi para emagrecer que as pessoas começaram a fazer esta dieta. Mas ao longo da prática alguns resultados surpreendentes aconteceram.
Pessoas se curaram do cancro e melhoraram de outras doenças, como Alzheimer e epilepsia.

Nos Estados Unidos, há vários casos de curas com esta dieta. Alguns desses foram levados para a TV e foram reportagens de grande repercussão.
Veja no vídeo abaixo um testemunho de cura do cancro graças a esta dieta.
Depois, continuaremos com mais informações.

Mas, especificamente no caso de cancro, porque esta dieta funcionaria?
A lógica é que o açúcar alimenta as células cancerígenas.
E, com a eliminação dos carboidratos (que é o que a dieta cetogénica faz), o corpo fica totalmente sem açúcar, provocando a “morte do cancro”.
E como as pessoas que praticam a dieta cetogênica se alimentam?
Como dissemos, elas retiram os carboidratos, para que o nosso corpo fique totalmente a zero de açúcar.

Assim, são proibidos todos os cereais (como aveia, arroz, trigo e milho), feijão, grão-de-bico, lentilha, ervilha, amendoim, frutas (todos os tipos), açúcares, massa, pão, batata, aipim, beterraba, cenoura, leite, mel, bolacha, álcool.

Os alimentos permitidos na dieta cetogénica são as carnes (naturais; nada de embutidos como salsicha e mortadela); os peixes e os frutos do mar; o ovo; o azeite, o óleo, a manteiga, a maionese, o creme de leite e queijos em geral; castanha-do-pará, nozes e amêndoas; algumas verduras e legumes (repolho, alface, tomate, couve-flor, couve, brócolis, pimenta, cebola, pepino, abobrinha, quiabo, nabo, rabanete, acelga, jiló, salsão, chicória, escarola, palmito, berinjela, azeitona, pimentão, rúcula e salsa); gelatina sem açúcar; chás sem açúcar.

Por ser uma dieta extremamente restritiva, a pessoa deve fazê-la acompanhada de médico ou nutricionista. Via: Muito fixe.pt

Veja também: Cura sagrada: A planta que a Bíblia e Alcorão afirma curar TUDO, menos a morte!