sexta-feira, 13 de maio de 2016

Tags:

Atenção: O tesouro pode estar em sua casa, moedas comemorativas de 1 Real podem valer até 700 R$

O que você faz com suas moedas? Passa adiante? Antes de se livrar delas preste atenção, pois você pode estar dando uma fortuna de presente para alguém. 

Exemplares raros como o feito para homenagear o cinquentenário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, cunhada em 1998 podem valer até R$ 200! Uma moeda de 5 centavos de 1999 que vale entre R$ 10 e R$ 35 ou seja: entre 200 e 700 vezes o seu valor de face. Segundo José Oswaldo Aranha, vice-presidente da Associação Brasileira de Numismática, o preço das moedas depende da sua raridade, tipo de cunhagem e estado de conservação. 

“Avaliamos se houve circulação daquele exemplar ou se ficou guardado.”     Segundo o Banco Central são produzidos 150 milhões de moedas de R$ 1. Mas, para o programa Olímpico a tiragem será de 20 milhões para cada um dos 16 tipos feitos para circulação, totalizando 320 milhões de moedas. Segundo José Oswaldo, a coleção atrai novos colecionadores para a numismática, principalmente jovens e crianças.

 “É novidade e acaba chamando a atenção.” Segundo ele, os álbuns que são produzidos para comportar as coleções também ajudam no aumento da procura por moedas, pois são separados em séries. “Para crianças é como se fossem álbuns de figurinhas, acabam atraindo.” Segundo Julio Cesar Vieira, sócio da Numismática Vieira, que atua no ramo há 70 anos, o que faz as moedas serem raras é a quantidade de peças que foram cunhadas. Foram cunhadas apenas 600 mil moedas com detalhes dos Direitos Humanos. 

“Para um país como o Brasil, isso não é nada, o que justifica o valor.” Julio Cesar afirma que as moedas da primeira família do real, impressas de 1994 a 1997 também são valiosas. “Pagamos 50 centavos pelas moedas de 1 centavo desta época.”

Veja o vídeo: