quinta-feira, 26 de maio de 2016

Tags: , ,

Cientistas descobrem 125 genes no DNA humano que literalmente ameaçam as crenças sagradas da humanidade!

Muitas pessoas têm perguntado por séculos como a raça humana veio à existência.. Será que foi devido a evolução? O nosso planeta é responsável por tudo? Se sim, como é possível que exista tantas diferentes raças em nosso planeta? Numerosas perguntas levaram alguns pesquisadores a concluir que há uma possibilidade de que o homem antigo foi geneticamente modificado no passado distante.

Numerosos cientistas afirmam que a vida não é exclusiva da Terra. Há aqueles que acreditam que a vida estava presente em Marte no passado distante, devido a um mineral encontrado em meteoritos marcianos. No entanto, as experiências têm demonstrado que os aminoácidos poderiam ter chegado com impactos de cometas, o que sugere a vida poderia ser difundido em nosso sistema solar. No entanto, há outros pesquisadores que acreditam -devido às anomalias no DNA do ser humano que uma espécie muito mais avançada ajudaram a vida se iniciar em nosso planeta no passado distante. 

Será que os Astronautas antigos ajudaram a criar a civilização humana? 

Os pesquisadores ficaram chocados quando descobriram mais pistas de como a vida na Terra veio a existir. Pesquisadores da Universidade de Cambridge descobriram vestígios de 'DNA estranho' nos seres humanos -125 genes que literalmente ameaçam as crenças sagradas da ortodoxia moderna: teoria da evolução de Darwin. Explicações sobre a forma como a humanidade veio à existência são explicadas pela teoria do antigo astronauta que argumenta que no passado distante, seres extraterrestres extremamente avançados deram o pontapé inicial quando modificaram geneticamente o DNA de seres humanos primitivos.

 RH DO SANGUE NEGATIVO, MAIS UMA PROVA?

 De acordo com muitos autores, os antigos Anunnaki foram responsáveis ​​pelo (empurrãozinho) na criação da humanidade que acelerou o desenvolvimento de seres inteligentes da Terra. Uma das melhores peças de evidência que suporta a teoria de que a humanidade foi geneticamente manipulada no passado por uma raça de alienígenas inteligentes é o grupo de tipo de sangue Rh negativo. Os seres humanos têm possíveis quatro tipos de sangue gerais: A, B, AB e O; esta classificação é derivada, de acordo com os cientistas de proteínas que são encontradas na superfície de células que se destinam a combater as bactérias e os vírus no corpo humano . A grande maioria dos seres de humanos deste planeta têm estas proteínas que significa que são Rh positivo. Mas um grupo menor, o Negativo Rh não há estas proteínas. Então, como é que esta diferença crucial pode ser explicada cientificamente? E por que isso ainda existe? Ao longo dos anos, vários estudos científicos têm procurado uma resposta. De acordo com esta teoria científica, no passado distante, seres extraterrestres visitaram a Terra e criaram, através da "manipulação genética", o Rh negativo com a intenção de criar uma raça de "escravos" 




Veja também: Segundo pesquisadores este é o verdadeiro aspecto dos antigos Deuses Anunnakis