segunda-feira, 16 de maio de 2016

Tags: ,

Evangélicos ficam revoltados: Papa Francisco diz que somente a Igreja Católica pode interpretar a Bíblia

O Papa Francisco disse pela primeira vez que o centro da fé cristã não é apenas um livro, a Bíblia, "mas a história da salvação e, acima de tudo, uma pessoa, Jesus Cristo" ...

Ele proferiu essas palavras em seu discurso aos membros da Pontifícia Comissão Bíblica, presidida por Dom Gerhard Ludwig Müller, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé (ex-Santo Ofício), que recebeu após a realização da assembléia plenária anual, cujo tema foi "Inspiração e verdade na Bíblia."

Mas, em seguida, o Bispo de Roma também se referiu à constituição dogmática "Dei Verbum" sobre a Revelação divina, aprovada pelo Concílio Vaticano II, e disse que tudo o que diz respeito à maneira de interpretar a Escritura está sujeito a última instância apenas o julgamento da Igreja Católica,

"NOS FOI DADO A RESPONSABILIDADE DE COMANDO DIVINA E DE MINISTÉRIO PARA PRESERVAR E INTERPRETAR A PALAVRA DE DEUS."


Ao mesmo tempo, Francisco salientou que este papel de juiz final, que na sua opinião tem a Igreja Católica na interpretação da Bíblia, deve ser olhado por todos como uma grande tradição e sob a orientação do Magistério Católica Romana .

Em suas próprias palavras, a Tradição,
"Com a ajuda do Espírito Santo e da orientação do Magistério, ele reconheceu os escritos canônicos como palavra dirigida por Deus ao seu povo e nunca deixou de meditar e descobrir suas riquezas inesgotáveis". Fonte: Acontecer cristão

Veja também: Apóstolo Valdemiro lança mais uma novidade: ''Duplo dízimo para alcançar a dupla honra''