segunda-feira, 13 de junho de 2016

Tags: , , ,

Frankenstein: Cientista assusta equipe ao criar uma nova forma de vida a partir de células humanas!

A história de Frankenstein todos nós conhecemos, agora algo que parece ter saído de um filme de de ficção científica veio a tona: OSCAR, um organismo vivo construído a partir de células humanas. 

O protagonista é Cornelis Vlasman, um biólogo versátil que vem estudando a anos sobre manipulação genetica. Juntamente com algumas pessoas afins, portanto, ele começou a trabalhar num laboratório independente em que ele experimenta com materiais orgânicos, por iniciativa própria, com seus próprios recursos e sua própria equipe, as suas estranhas criaturas. Depois de muitos anos de trabalho duro, a equipe de Vlasman consegue criar uma nova vida a partir de células retiradas de seu próprio corpo. Sob sua supervisão o primeiro organismo vivo do mundo é construído: OSCAR. 

OSCAR é um protótipo (do tamanho de uma mão humana) que consiste em módulos de órgãos clicávéis crescidos a partir de células humanas. 

A EQUIPE DE VLASMAN CONSEGUE CRIAR UMA NOVA FORMA DE VIDA 

O que torna OSCAR especial é o processo de pensamento anterior ao organismo, o qual resume a isto: (humano) a vida pode ser considerado como um sistema fechado, mas quando é abordada como um sistema modular, pode conduzir a aplicações e soluções inovadoras.

Em um sistema fechado, as partes são concebidas de tal forma que elas só podem funcionar numa configuração específica, o que faz com que as reparações e adaptações sejam muito complexas. Um exemplo de um tal sistema é fechado foi o primeiro Macintosh da Apple feito em 1988. Em um sistema modular, módulos independentes - semelhantes a blocos de construção - compõem uma configuração transformável e, portanto, flexível. Em 2013, Dave Hakkens produziu um telefone modular que consiste em partes separadas que podem ser substituídas e melhoradas individualmente.

Confira o vídeo: 

 
Veja também: Alerta: Se tens essa planta em casa é bom ter muito cuidado, pois ela já matou mais de 64 mil pessoas no mundo!