quinta-feira, 2 de junho de 2016

Tags:

Putin chama bilionário de ''barata'' em transmissão ao vivo na TV e obriga ele a reabrir fábrica que ia deixar milhares de desempregados

Você não irá querer perder esta: Diante das câmeras, em uma transmissão ao vivo, Putin chama os homens mais poderosos da Rússia de "baratas" e os obriga a não fechar uma fábrica, para que milhares de trabalhadores não perca seus empregos ... conluio da publicidade? 

Talvez, mas, novamente eu não acho que um bilionário orgulhoso estaria disposto a ser feito de tolo ao vivo. Você pode imaginar um político brasileiro fazendo isso? Estes dias, tornou-se do conhecimento comum que os políticos trabalham para corporações e grandes bancos. Eles aprovam leis ou distribuem subsídios dos contribuintes que beneficiam essas empresas super-ricas em troca de dinheiro de suborno. É um grande negócio que é executado nas costas do povo, como você e eu. Então, quando você vê um político falar para as pessoas que os bancos corruptos e grandes corporações controlam o povo, parece ser agradável ouvir aquilo... Infelizmente, como a maioria de vocês esperam, o político que estamos falando não é um brasileiro, é um russo, Vladimir Putin. 

Quando você ouvir como este homem franco está em suas entrevistas e fala abertamente sobre geopolítica, operações secretas, etc. (que é o exato oposto de políticos brasileiros que tentam esconder essas coisas do público porque nós para eles somos estúpidos) você tem que tirar o chapéu para o cara. De fato, Putin tem um índice de aprovação de mais de 80% em relação os patéticos 40% de Obama nos Eua. Especialmente quando esta é suposta a ser a "terra dos livres". Neste vídeo, observe Putin forçando um oligarca bilionário a reabrir uma fábrica depois de várias centenas de pessoas protestaram contra o fechamento dela, porque era a única fábrica e, portanto, resultaria em grande desemprego. Em vez de escrever as pessoas fora, e encontrar alguma fraude política para o justificar, ou explicar por que ele não poderia fazê-lo, como praticamente todos os políticos fazem, Putin partiu imediatamente forçando a fábrica reiniciar.

Veja o vídeo: 



Veja também: Putin relata aos seus mais altos funcionários: ''Eu vi com meus olhos a rainha Elizabeth mudar de forma''