quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Tags: ,

Chocante: Cachalotes encontradas mortas na Alemanha estavam com estômagos cheios de plástico e peças de carro

Cachalotes são encontradas mortas na Alemanha com estômagos cheios de plástico e peças de carro.


Vinte e nove cachalotes foram encontrados encalhadas em praias ao redor do Mar do Norte, uma área que é muito rasa para a fauna marinha. Só foram divulgadas recentemente os detalhes da necropsia dos animais liberados. No entanto, os cientistas ficaram profundamente perturbados com o que encontraram no estômago dos animais.

De acordo com um comunicado de imprensa do Parque Nacional do Mar de Wadden em Schleswig-Holstein, muitas das baleias tinham o estômago cheio de restos de plástico, incluindo uma rede de pesca de 13 metros de comprimento, um pedaço de plástico de 70 centímetros de um carro e outras peças de lixo plástico.

Alguns sugerem que os itens na verdade eram alimentos, como lulas, que é seu principal alimento. Outros, porém, acreditam que grande parte é resultado do desrespeito chocante da humanidade para com a vida marinha, o que resultou em uma superabundância de plástico nos oceanos.

Robert Habeck, ministro do Meio Ambiente do estado de Schleswig-Holstein disse:
"Estes resultados mostram-nos como vai o comportamento da nossa sociedade. Animais inadvertidamente consumiram plásticos e resíduos de plástico , o que faz com que eles sofram e na pior das hipóteses, faz com que eles morram de fome com os estômagos cheios ".

Nicola Hodgkins da Whale and Dolphin Conservation repetiu essa afirmação. E declarou:

"Embora as grandes peças cause problemas óbvios e bloqueie o intestino, não devemos descartar os pedaços menores, que poderiam causar um problema mais crônico para todas as espécies de cetáceos."

Esta não é a primeira vez que uma cachalote foi encontrada morto com entranhas cheias de conteúdo não comestíveis . Em 2011, um jovem baleia foi encontrada morta boiando ao largo da ilha grega de Mykonos. Seu estômago estava tão distendida, que os biólogos pensavam que o animal tinham engolido uma lula gigante. No entanto, quando seus quatro estômagos foram dissecados, cerca de 100 sacos de plástico e outros pedaços de destroços foram encontrados.

Deve notar-se que o plástico não é o que matou as baleias jovens do sexo masculino. De acordo com a National Geographic , a maioria morreu de insuficiência cardíaca. Este foi um resultado por nadar de forma enganada no Mar do Norte, provavelmente em busca de lulas e depois não ser capaz de suportar seu próprio peso na água rasa. Como resultado, os seus órgãos internos entraram em colapso.

Independentemente disso, o fato de que muitos de seus estômagos estavam cheios de poluição é uma acusação horrível contra os seres humanos. Tal como foi relatado no passado, 80% do plástico que é descartado em terra acaba nos oceanos, onde é consumido por animais selvagens. O fato de que a humanidade - uma espécie com um cérebro menor do que uma baleia - é responsável por tal farsa é irônico e triste.

Até os seres humanos aprenderem o valor de viver de forma sustentável, respeitando todas as formas de vida, esses animais continuarão sofrendo...

Quais são seus pensamentos? Por favor compartilhe esta notícia! A fonte é a national geographic - http://www.ngenespanol.com/

Veja também: Cientistas anunciam: ''Um oceano 3 vezes maior que todos da superfície foi encontrado debaixo da terra''