quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Tags: , ,

Homem das cavernas é encontrado congelado no Nepal e deixa crentes revoltados com confirmação da teoria da evolução

Pokhara | Um grupo de montanhistas em uma expedição nas montanhas do Himalaia, acabaram tropeçando em um complexo de cavernas que vieram à tona recentemente após uma série de avalanches violentas da região.
 


Dentro de uma das cavernas, a equipe de alpinistas norueguesa e sueca, encontraram os restos de um homem humanoide da era paleolítica.

De acordo com a análise primária do esqueleto, parece que os ossos pertencem a um Homo habilis adulto , que acredita ter vivido de aproximadamente 2,33 a 1,44 milhões de anos atrás, durante o período Pleistoceno. Outros testes e análises serão feitas para determinar a natureza exata dos restos mortais, sua idade e causa individual de morte. Uma lança de pedra bruta e alguns objetos de couro, gravemente danificados também foram recuperados no local e estão actualmente a ser estudados.

Segundo alguns especialistas, este poderia ser, de longe, o sinal mais antigo da vida humana já encontrada na região, datando possivelmente de milhões de anos. Outros parecem acreditar que o homem fazia parte de um pequeno grupo que sobreviveu a extinção da maioria de sua espécie. Quaisquer que sejam os resultados dos testes de datação por carbono, isso abre uma nova interpretação inteira de pontos de vista geralmente aceitas da colonização do planeta pela espécie humana. De acordo com as teorias mais aceitas sobre o assunto,  Não acredita-se que o homo habilis possa ter viajado tão longe da África e vivido em tais climas hostis.

Os restos mortais do homem parecem estar extremamente bem preservados, considerando sua idade, um milagre devido à temperatura muito constante e extremamente fria da área, que teria mantido seu corpo constantemente coberto de gelo por milênios. Eles foram descobertos em uma grande caverna, parte de um complexo de pelo menos 65 cavernas de vários tamanhos, que poderiam ter sido um assentamento pré-histórico. Uma busca minuciosa do local poderia revelar muito mais artefatos e possivelmente outros restos humanos e animais, mas, infelizmente, a hostilidade das condições climáticas e do afastamento de sua localização certamente irá colocar um monte de problemas logísticos e de organização para a preparação de uma expedição científica . Via: https://muckrack.com

Veja também: Enquanto reformava uma casa no Egito alguém encontrou essas antigas moedas misteriosas que parecem provar a existência de ETS