quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Tags: , ,

Putin declara guerra contra George Soros e diz: ''Ele é uma ameaça ao mundo é procurado vivo ou morto''

Vladimir Putin declarou guerra contra o bilionário George Soros. No ano passado, Putin anunciou publicamente que Soros nunca seria autorizados a definir ou realizar negócios na Rússia. Novamente depois de sua especulação financeira prejudicial no país causou danos consideráveis à economia russa, quando o país estava em processo vulneráveis de se adaptar ao capitalismo . 


Agora, parece que Putin atingiu um pico ainda mais intenso quando ele declarou Soros uma "ameaça à segurança nacional russa" e pediu sua prisão. 

VLADIMIR PUTIN DECLARA GEORGE SOROS UMA "AMEAÇA À SEGURANÇA NACIONAL RUSSA" 

É provável que a intensificação da raiva russa contra Soros tem muito a ver com as alegações de que a sua organização tem vindo a realizar operações secretas destinadas a desestabilizar o país. Arquivos que vazaram surgiram a partir de sua Fundação Open Society falando explicitamente deste objectivo. Uma passagem particularmente reveladora diz; "Nossa inclinação é para se envolver em atividades e com atores que vão entender e combater e estimular os movimentos que defendem os valores tradicionais Russos ... Nós também estamos no negócio de canalizar dinheiro para outros países para fins políticos" 

A Fundação Open Society afirmou que o Putin era uma ameaça maior para a União Europeia do que Estado Islâmico e afirmou que os ataques aéreos da Rússia na Síria, que afectaram a população civil, foram projetados para forçar o povo sírio a fugir em massa e imigram em massa para Europa com refugiados desesperados. Se a Fundação Open Society tem provas para fazer estas afirmações sensacionais contra o Estado russo eles optaram por não compartilhá-lo... A Rússia não é o único país que tem demonstrado insatisfação com Soros nos últimos anos. O polêmico primeiro-ministro húngaro Viktor Orban também sugeriu que Soros e sua organização têm tentado influenciar as circunstâncias políticas em todo o mundo para seu próprio benefício financeiro. As demonstrações por esses dois líderes espelham as opiniões de escritores e jornalistas sobre o comportamento de Soros ao longo das décadas. Como Phil Butler disse uma vez; "George Soros tem um dedo na política mundial, ele é uma especie de Deus. Se há uma crise em nosso mundo, é uma aposta segura que ele teve uma mão nela. "


Veja também: Trump afirma: ''Irei reabrir a investigação sobre o 11 de setembro o povo merece saber a verdade''