quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Tags: ,

Cientistas criam o primeiro hibrido humano/porco e revolta crentes: ''Só Deus tem o poder de criar''

Os cientistas criaram o primeiro híbrido humano-porco em um estudo inovador que marca o primeiro passo no crescimento de órgãos humanos dentro de animais.



Chamada quimera, na mitologia grega, os embriões de porco-humanos foram criados no Instituto Salk para Estudos Biológicos em La Jolla, Califórnia e é o primeiro híbrido feito usando duas espécies grandes, distantemente relacionadas.

"O objetivo final é criar tecido ou órgãos funcionais e transplantáveis, mas estamos longe disso", disse Juan Carlos Izpisua Belmonte, que liderou o projeto. "Este é um primeiro passo importante."

Células-tronco humanas foram injetadas em embriões de porcos jovens, que foram então colocados em vacas suplentes. Dos mais de 2.000 embriões, apenas 186 se transformaram em quimeras - em grande parte de porco, com elementos humanos em 1 de 10.000 células.

Após 28 dias de gestação de 112 dias, os porcos-humanos foram removidos, porque os cientistas dizem que os embriões se desenvolveram o suficiente para estudar como as células se misturam "sem suscitar preocupações éticas sobre animais quiméricos maduros", disse Izpisua Belmonte. Milhares de religiosos ficaram chocados com os resultados e não estão satisfeitos com o avanço da ciência, isso segundo eles ''Só Deus tem o poder de criar e dar a vida'' Relata.
Como o período de gestação de um suíno de menos de quatro meses é muito mais curto do que o de um ser humano, as células das duas espécies desenvolvem-se a taxas diferentes, o que constitui um desafio para futuras experiências com quimeras.