sexta-feira, 2 de junho de 2017

Homem sob forte efeito de metanfetamina mata 12 vizinhos acreditando que eram zumbis

Atlanta, Geórgia | Um homem de 32 anos entrou em um frenesi de matança na noite passada, depois de passar 36 horas seguidas assistindo a Walkind Dead enquanto usava drogas.


De acordo com a polícia, Kevin Fogarty ficou tão intoxicado com a Cristal de Metanfetamina que ficou convencido de que seu apartamento estava cercado por zumbis.

Ele se equipou com um rifle de assalto, duas pistolas, uma machette e um martelo, antes de sair para "matar mortos-vivos".

"Ele estava andando pela rua gritando 'você não terá meus cérebros, bastardos!' E atirando em todos ", conta Barbara Barbara, de 47 anos, que testemunhou toda a cena.

Ele atirou um total de 31 pessoas antes de ficar sem balas, matando 12 e ferindo outras 19.

De acordo com o Major Paul Guerrucci do Departamento de Polícia de Atlanta, a feitiçaria do Sr. Fogarty foi causada por alucinações ligadas a uma combinação de drogas, falta de sono e observando muita televisão temática zumbi.

Walking Dead é uma série de televisão em que o mundo é invadido por zumbis e os sobreviventes lutam para se manterem vivos e se adaptarem a este cenário post-apocalíptico.

Grande parte da série ocorre dentro da área metropolitana de Atlanta e da paisagem circundante, um fato que parece ter alimentado a confusão do Sr. Fogarty.