segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Padre pedófilo afirma que sua vitima foi engravidada divinamente pelo ''espirito santo''

Boston, MA | Um padre católico da área de Boston que é acusado de engravidar uma menina de 11 anos diz que não é responsável pela gravidez e que a criança nasceu do "Espírito Santo".


Os pais da menina de 11 anos acusam o padre Andrew Conaughey, 26, da Igreja Católica de Santo Agostinho de ter engravidado sua filha.

O padre Conaughey afirma em sua defesa que todo o evento é um milagre e nega qualquer envolvimento na gravidez.

O padre Conaughey também se recusou a contratar os serviços de um advogado profissional e se defendeu no tribunal, alegando que não era crime.

"Esta menina foi abençoada pelo Espírito Santo. É um milagre de Deus, não pode haver outra explicação ", disse ele ao juiz Harrison no tribunal.

"O Senhor abençoou esta jovem com sua Graça e todos devem comemorar o retorno do profeta", ele pediu em sua defesa.

O Departamento de Polícia de Boston atualmente detiveram o suspeito sobre várias acusações de abuso sexual contra menores depois que outras vítimas também foram contra o padre, de acordo com o comissário de polícia de Boston, William Evans
O Departamento de Polícia de Boston atualmente detiveram o suspeito sobre várias acusações de abuso sexual contra menores depois que outras vítimas também foram contra o padre, de acordo com o comissário de polícia de Boston, William Evans

Se o padre Conaughey for provado culpado das 26 acusações reportadas de abuso sexual contra menores de idade, ele pode cumprir uma pena de prisão de até duzentos e quinze anos de acordo com a lei estadual de Massachusetts admite peritos legais.