Ele foi diagnosticado pelos médicos com um tumor terminal mas, recusou a quimioterapia e até hoje está vivo!

Paul Kelly acredita firmemente que ele é a única pessoa viva diagnosticada com um tumor terminal como o seu e que ainda está vivo e sem qualquer tratamento ou cirurgia. Não é necessário que um médico assuma a influência de nossos alimentos, para o bem e para o mal, em nossa saúde.


Por um lado, a quantidade incalculável de substâncias químicas que contêm os alimentos de nossos alimentos hoje, é algo que não pode ser ignorado, os alimentos manufaturados e outros, nos fazem sofrer as doenças que escondem no presente.

ENTÃO, SE COMEMOS DE FORMA SAUDÁVEL, NÓS NOS PREOCUPAREMOS UM POUCO MAIS COM NOSSA SAÚDE E BEM-ESTAR.

Pablo, um homem de 27 anos, foi diagnosticado há dois anos com um tumor inoperável em seu cérebro, e sua condição era terminal.

A única solução possível foi a quimioterapia, disseram os médicos. Pablo escolheu mudar radicalmente sua dieta e não obter quimioterapia, a dieta focada em uma dieta com baixo teor de gordura, sem carboidratos, com freqüentes jejum e calorias restritas.

Sua única fonte de carboidratos tornou-se, na verdade, vegetais verdes. Paul parou de comer alimentos processados, açúcar refinado, raízes, amido, pães e cereais. Após cinco anos e cinco exames de tomografia computadorizada, seu tumor permanece estável, sem sinais de crescimento, e Paul ainda está vivo e bem, contra todas as expectativas médicas.

Ele acredita que ele é a única pessoa viva diagnosticada com tumor terminal, com acompanhamento periódico, mas sem tratamento ou cirurgia. É chamada de dieta cetogênica, e a teoria é que, ao reduzir a ingestão de carboidratos, seria possível cortar o "combustível" que o tumor precisa e causar a sua estabilização.

O próximo passo é para Paul, é claro, fazer o tumor diminuir ainda mais através da dieta. No entanto, é importante ter em mente que não há nenhuma prova científica desta teoria, e nenhuma organização ou instituição aprovou.

A recomendação dos médicos é firme: qualquer um pode fazer um tratamento alternativo, mas recomendar seguir os tratamentos tradicionais estabelecidos por lei. 


Ele foi diagnosticado pelos médicos com um tumor terminal mas, recusou a quimioterapia e até hoje está vivo! Ele foi diagnosticado pelos médicos com um tumor terminal mas, recusou a quimioterapia e até hoje está vivo! Reviewed by Adm on 10:46 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.