segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Emocionante: Cão cai em canal, começa a se afogar e é salvo logo em seguida por grupo de golfinhos

Os golfinhos sempre foram admirados por sua forma majestosa e seu estilo único de nadar. No entanto, há muito mais para além disso. Eles são animais muito inteligentes, capazes de se relacionar de uma maneira muito íntima. 


Hoje vamos conhecer um grupo de golfinhos que provaram ter muita compaixão, quando perceberam que um cão estava se afogando.

Quando um Doberman caiu no canal em Marco Island, na Flórida, não havia humanos por perto para o resgatar. Ninguém sabia que ele havia caído e o filhote estava com pouca sorte. Por sorte, alguém veio em sua ajuda!

Os seres que o ajudaram não eram seres humanos, mas sim golfinhos. Os golfinhos perceberam que o cachorrinho salpicava a água e nadaram mais perto para investigar. Eles rapidamente perceberam que algo não estava certo.

O cachorro estava preso no canal e a parede que separava a água da terra era muito alta para o Doberman escalar. O pobre animal começou a perder a esperança e entrou em pânico… Os golfinhos podem não ter braços ou pernas, mas eles encontraram uma maneira de ajudar o cachorro.

Eles nadaram em seu redor fazendo o máximo de ruído possível. “Na verdade, eles fizeram tanto barulho que algumas pessoas que moravam nas proximidades os ouviram e decidiram investigar.”, informa Snackay. “Então eles notaram o cão preso na água do canal.” Os bombeiros correram para a cena e tiraram o cachorro da água. Ele estava bastante assustado, mas bem saúde!

Se não tivesse sido por esses golfinhos, o cachorro provavelmente não teria sobrevivido. Os bombeiros estimaram que o cão estava lá preso por cerca de 15 horas. Mas o cão foi forte e com a ajuda dos golfinhos ele acabou por resistir!

Essa história é um lembrete de que os seres humanos não são os únicos seres inteligentes do planeta, pois os animais também são capazes de criar fortes laços e desenvolver respostas emocionais.

Cão cai no canal e começa a se afogar

Assista ao vídeo abaixo, em inglês, para ficar a conhecer um pouco mais sobre esse resgate emocionante: