segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Índios da amazônia afirmam que a terra oca é habitada por gigantes que vieram do espaço

E se o clássico "Jornada para o centro da Terra" de Jules Verne fosse realmente verdade? Os índios Makushi são indígenas que vivem na região amazônica do Brasil, Guiana e Venezuela. De acordo com suas lendas, eles são os descendentes dos filhos do Sol, o criador do fogo e as doenças e protetores do "interior da Terra".


Suas lendas orais falam de uma entrada na Terra. Em 1907, os Macuxies entraram em uma espécie de caverna e viajaram de 13 a 15 dias até chegarem ao interior. Está lá, "do outro lado do mundo interior da Terra" é onde vivem os gigantes, criaturas com cerca de 34 metros de altura.

DE ACORDO COM OS MACUXIES

Foi-lhes atribuído a tarefa de proteger a entrada para impedir que estranhos entre no "chão oco". As lendas do Makushi dizem que aqueles que entram no caminho da misteriosa caverna devem descer por três escadas gigantes de três dias.

Após o terceiro dia, eles ficam atrás das tochas e continuam a jornada em direção ao centro da Terra, iluminados pelas luzes que já estavam presentes nas cavernas, lâmpadas gigantes, o tamanho de uma melancia e brilhante como o sol. Após 45 dias de viagem, aqueles dentro da caverna começam a perder peso e massa corporal, o que lhes permite mover-se muito mais rápido.

As pessoas de Makushi dizem que alguns lugares são extremamente perigosos e devem ser evitados, como aqueles com rochas e córregos. Pode haver uma entrada na Terra, como sugerem as lendas de Makushi? Continuando sua jornada, eles chegaram a um lugar dentro da Terra, onde os gigantes vivem.

Ali, os exploradores de Makushi comeram os alimentos dos gigantes, onde há maçãs do tamanho de uma cabeça humana, uvas do tamanho de um punho humano e peixes deliciosos, que os gigantes pegaram e entregaram ao Makushi como um presente. Depois de armazenar a comida oferecida pelos gigantes, os exploradores retornaram "para casa" ao mundo "externo", auxiliado pelos gigantes.