quinta-feira, 19 de abril de 2018

Oceanografo afirma que existem piramides e tecnologias desconhecidas no triangulo das bermudas

É esta a notícia que todos esperavam em relação ao Triângulo das Bermudas? De acordo com um oceanógrafo, a tecnologia que está escondida sob o oceano no Triângulo das Bermudas é um pouco menos comum e é muito provável que ela não tenha se originado na Terra.


Também conhecido como "Triângulo do Diabo", o Triângulo das Bermudas é formado por uma região na parte ocidental do Oceano Atlântico Norte e é definido por pontos nas Bermudas, na Flórida e em Porto Rico.

Estende-se a menos de mil milhas de cada lado. O triângulo não existe de acordo com a Marinha dos EUA. E o nome não é reconhecido pelo Conselho dos Estados Unidos. sobre os nomes geográficos.

É PROVA DE ATIVIDADE EXTRATERRESTRE?

Uma coisa é certa: durante o século passado, o Triângulo das Bermudas tem "engolido" navios e aviões desaparecidos e é culpado pela perda de centenas de vidas.

No centro do Triângulo das Bermudas, duas gigantescas pirâmides gigantes de um vitral espesso foram descobertas. A tecnologia que se encontra sob o vasto oceano é um mistério para a ciência moderna. As estruturas anômalas localizadas a uma profundidade de 2.000 metros foram identificadas pelo Dr. Meyer, um oceanógrafo alemão e sua equipe que usa equipamento de sonar.

HÁ RELATÓRIOS DESSAS PIRÂMIDES

A maioria deles era considerada uma fraude elaborada por céticos que atacavam impiedosamente qualquer informação sobre as pirâmides.

Diz-se que os oceanógrafos americanos encontraram as estruturas anômalas há mais de 20 anos e concluíram que a superfície das estruturas era plana, sugerindo que elas eram feitas de vidro ou algum tipo de cristal.

Dizem que as supostas pirâmides, que ninguém conseguiu fotografar, são três vezes maiores que a Grande Pirâmide de Gizé. Suponho que, no final, depende do leitor acreditar ou não, em tais misteriosas descobertas.